Enquanto ainda estão ocorrendo em Londres, as refilmagens de Liga da Justiça são prato cheio para notícias e rumores. Depois da informação de ontem de que as novas cenas filmadas pelo novo diretor Joss Whedon estão mudando o tom do filme para algo mais ameno e menos sombrio; uma nova notícia do Slash Films acrescenta algo interessante: segundo suas fontes, as regravações estão mudando o final do filme.

O site diz que, ainda inspirado no tempo em que Liga da Justiça teria o subtítulo Parte 1 (e seria filmado ambos os filmes ao mesmo) – ideia que foi abandonada após a recepção dúbia de Batman vs Superman – A Origem da JustiçaZack Snyder criou um final em aberto que servia para formar um gancho com a sequência. No caso, o filme terminaria com a chegada de Darkseid à Terra e ele seria o grande vilão do segundo longametragem.

Agora, o estúdio decidiu tomar outro rumo e o novo diretor Joss Whedon está fazendo com que Liga da Justiça tenha uma história fechada, de modo que funcione como um filme em si mesmo. Isso deixa até a possibilidade de Darkseid sequer ser usado em uma sequência, com a DC Comics escolhendo outro oponente, dependendo da recepção do filme.

O site também diz que uma das cenas criadas para fechar a história do filme envolve a atriz Robin Wright, reprisando o papel de Rainha Hipólita contando a origem do vilão Steppenwolf (ou Lobo da Estepe).

Dá forma como ficará o filme, Steppenwolf será o único vilão e Darkseid uma ameaça que nunca chega, diz o site. Mais uma vez, o HQRock expressa a opinião de que a DC Films errou em colocar Steppenwolf como oponente e deveria ter jogado as fichas em Darkseid desde o início. Agora, com um filme todo para Steppenwolf, fazer uma sequência com Darkseid se torna quase inviável, em vista do risco de ficar “mais do mesmo” no cinema. E como a esperança é a última que morre: ainda sonhamos com a possibilidade de Steppenwolf ser apenas um embuste do estúdio para não entregar que a verdadeira ameaça do filme é mesmo Darkseid, cuja aparição estaria sendo guardada em segredo.

Por fim, em outra notícia associada, afirma-se que o primeiro corte de Liga da Justiça foi considerado inassistível pelos executivos da Warner Bros., o que teria sido o principal motivo das refilmagens.

Será que Liga da Justiça estava tão ruim assim? Joss Whedon conseguirá consertar isso tudo ou o resultado será um Frankstein?

Anúncios