star-wars-os-ultimos-jedi-logoIsso foi confuso e algo triste. Poucos dias após o irmão da atriz Carrie Fisher – que faleceu vítima de um ataque cardíaco em dezembro último – ter dito que sua irmã estará presente em Star Wars – Episódio IX, o último capítulo da saga principal, que será lançado em 2019; a presidente da LucasFilm, Kathleen Kennedy, veio à público dizer que não: o vindouro Star Wars – Os Últimos Jedi (o Episódio VIII) será a última vez que veremos a General Leia Organa, já que a personagem não estará no ainda sem título Episódio IX.

star-wars-force-awakens-leia-in-the-base
Carrie Fisher como Leia Organa em O Despertar da Força.

Enquanto participava do programa de TV Good Morning America, Kennedy disse claramente:

Ele [Todd Fisher, irmão de Carrie] provavelmente se confundiu porque nos terminamos tudo no [Episódio] VIII e Carrie está absolutamente fenomenal no filme. Estamos felizes que fomos hábeis para completar as filmagens no verão. Infelizmente, Carrie faleceu, então, no momento em que estávamos bem no comecinho com o Episódio IX em nossos pensamentos… Nós não tínhamos escrito o roteiro ainda, mas nos reagrupamos e começamos de novo em janeiro. Então, infelizmente, Carrie não estará no IX, mas nós veremos um monte dela no VIII, o que é ótimo.

Aparentemente, a LucasFilm já havia providenciado um tipo de “fim de arco” para Leia em Os Últimos Jedi, de modo que ela não aparecerá no capítulo final que vem depois desse. Os detalhes de como será isso, só saberemos em dezembro, quando o novo filme estrear. Será que Leia irá morrer em Os Últimos Jedi?

Enquanto isso, tudo o que temos é o primeiro trailer de Os Últimos Jedi, que foi lançado ontem e mostra Leia como “a luz” dentro do contexto do filme, enquanto o filho dela, Kyle Ren, são as trevas. Tal descrição aparece em meio a uma “visão” de Rey durante seu treinamento Jedi com o mestre Luke Skywalker, irmão de Leia. É Luke – o herói da Trilogia Clássica – quem narra o vídeo, pedindo que Rey respire, se concentre, pergunta o que ela vê – daí a resposta – e depois diz que há muito mais. No fim, misteriosamente, Luke aparece na penumbra, saindo de uma caverna, e dizendo: “É hora dos Jedi acabarem”. 

O que significa tudo isso?

Em O Despertar da Força, descobrimos que Luke tentou treinar uma nova geração de Jedi, mas tudo foi por água abaixo quando Kyle Ren se corrompeu – influenciado pela memória de seu falecido avô, Darth Vader, e pela presença do ainda totalmente misterioso Supremo Líder Snoke – e terminou por matar a maioria dos aprendizes. Talvez os sobreviventes tenham seguido o decaído nos também misteriosos Cavaleiros de Ren, algo que não ficou claro no filme.

No trailer, há uma cena de alguém de capuz, muito provavelmente Luke, se ajoelhando diante de um prédio em chamas ao lado do robô R2D2. Vimos um vislumbre dessa cena em O Despertar da Força, com Luke pondo sua mão metálica sobre a cúpula do droide. A cena deve ser o lugar de treino dos Jedi destruído por Ren.

Luke dizer que “é o fim dos Jedi” pode significar muita coisa. Uma delas pode ser que, como Luke e Rey são os últimos Jedi, o mestre não quer que a ordem siga em frente. Também pode significar que Luke não quer seguir o mesmo caminho e está criando, com Rey uma outra coisa que não sejam os Jedi. Uma nova categoria de usuários da Força, algo que seria explorado em filmes futuros fora do eixo principal da saga.

star wars the last jedi fisrt poster
O belíssimo primeiro poster de Os Últimos Jedi.

Isso faz algum sentido, já que o uso da Força é baseado na luz e nas trevas e é preciso buscar o equilíbrio. Os Jedi são a luz, usam a Força para o bem; os Sith são as trevas, usam a Força para o mal. Os primeiros se baseiam em princípios de bondade, paz interior e prosperidade; os segundos, sucumbem à inveja, raiva, medo e desejo de poder. A grande “lenda” da Força diz que, de tempos em tempos, um Escolhido surge para trazer o equilíbrio à Força. Os Jedi acreditavam que Anakin Skywalker (o pai de Luke) seria o Escolhido, mas o jovem caiu ao Lado Negro da Força e se tornou Darth Vader. Embora no fim Vader tenha matado o Imperador e ajudado Luke a destruir o Império, não está claro se Anakin cumpriu seu papel. Seria Luke o escolhido? Ou a própria Rey? Talvez Luke tenha tomado a missão de trazer o equilíbrio como sua, assumindo o papel do pai, e isso signifique criar um novo tipo de usuário da Força – Rey – que não é nem Jedi, nem Sith; mas irá usar a Força de modo mais equilibrado.

Será isso?

O que você acha?

Anúncios