suicide-squad movie harley quinn in the bathroom
Harley Quinn de Margot Robbie terá um filme solo.

Ontem o HQRock divulgou que Aquaman foi adiado de outubro para dezembro de 2018. Mas tem um outro problema muito maior para os filmes da DC Comics e Warner Bros.: naquele ano, o estúdio só terá este único lançamento dentro da franquia da DC, enquanto em 2016 e 2017 foram e serão dois filmes em cada (Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida, Mulher-Maravilha e Liga da Justiça, respectivamente). Segundo Justin Kroll, repórter da Variety, a Warner quer mudar isso imediatamente e acelerar a produção de algum filme para lançar no meio de 2018.

Aparentemente, o estúdio contava como certa a probabilidade de lançar The Batman em 2018, mas as notícias recentes (veja aqui) tornaram isso impossível. Então, o jeito é acelerar os vários projetos que estão em pré-produção para um lançamento naquele ano. E eles têm que correr, pois tendo em vista os efeitos especiais, é preciso que este novo filme comece suas filmagens este ano (por volta pelo menos de agosto) para conseguir um lançamento no meio de 2018. Quais os candidatos?

Segundo Koll: Gotham City Sirens, The Flash, Green Lantern Corps, Suicide Squad 2 e até Dark Universe (o longevo projeto iniciado por Guillermo Del Toro para adaptar a Liga da Justiça Sombria, grupo de personagens místicos da DC encabeçado por John Constantine e o Monstro do Pântano).

De todos esses, aquele que tem as condições mais favoráveis a um lançamento em 2018 seria Gotham City’s Sirens (As Serias de Gotham), porque já tem diretor e roteirista, na figura de David Ayer (de Esquadrão Suicida), bem como uma protagonista clara, a Arlequina vivida por Margot Robbie. Claro, tudo depende de Ayer terminar seu roteiro e ficar pronto para filmar, assim como Robbie estar com a agenda livre para embarcar na aventura.

Se não for o caso, as coisas ficam um pouco mais difíceis para a Warner. The Flash tem elenco e parte do roteiro, mas não tem diretor. Que saibamos, Tropa dos Lanternas Verdes não tem nada. Esquadrão Suicida 2 também é apenas uma ideia e o estúdio ainda está desenvolvendo o primeiro roteiro para ir atrás de um diretor, embora queira Mel Gibson para comandar o projeto. Uma última oportunidade, talvez, fosse pegar o roteiro pronto de Guillermo Del Toro e filmar Dark Universe,  que já tem confirmado o diretor Doug Liman, partindo do zero com os atores, pois selecionaria apenas aqueles que pudessem filmar no apertado prazo que têm disponíveis.

Devemos saber mais sobre isso em breve.

Qual é a sua aposta? Qual desses será o escolhido?

[Atualizado: Segundo o site Meet the Movie Press, o roteirista David S. Goyer (de O Homem de Aço) está não apenas escrevendo o roteiro de Tropa dos Lanternas Verdes, como também está cotado para dirigir o filme. Ele já tem experiências na cadeira de diretor, com Blade – Trinity e episódios de séries de TV, como Flashfoward e Da Vince’s Demons. 

O mesmo site também diz que a busca por um diretor para Esquadrão Suicida 2 tem um plano B caso Mel Gibson não aceite a oferta: seria Jaume-Collet Serra, que dirigiu vários dos filmes de ação de Liam Neeson. Fim da Atualização].

Advertisements