Steve Trevor e Diana numa floresta.
Steve Trevor e Diana numa floresta.

A revista francesa Studio Ciné Live irá publicar uma grande matéria sobre o filme da Mulher-Maravilha e o site (também francês) Les Toiles Heroiques divulgou antecipadamente parte do material. Além de algumas imagens de bastidores do filme, temos uma declaração do ator Chris Pine, que faz o piloto Steve Trevor, interesse romântico da heroína, e um informe que finalmente confirma o deus da guerra Ares como o vilão do filme. Também dá alguns outros detalhes da trama.

À revista, Pine disse:

Eu faço um piloto [Steve Trevor] que trabalha para os aliados e espiona os alemães sem o conhecimento deles. Meu personagem rouba um caderno cheio de fórmulas científicas em uma base otomana [referente ao Império Otomano que existia até a declaração da I Guerra, em 1914], rouba um avião, mas é derrubado no mar aberto.

Pelos trailers sabemos que o avião cai perto da Ilha Paraíso – ou Themyscira – e o soldado é resgatado por Diana em pessoa.

Além disso, há um trecho da revista que confirma que Ares, o deus da guerra grego é mesmo o vilão, como se estipulava desde que o filme começou a ser realizado:

Por trás dessas fórmulas científicas há um gás letal que pode aniquilar toda a humanidade. Acontece que esse é o objetivo de Ares, o deus da guerra. Ele tem ciúmes da humanidade, que é uma criação de seu pai, o falecido Zeus: as Amazonas e Zeus se rebelaram contra Ares e Zeus morreu nas mãos de seu filho.

Ares, deus da guerra nos quadrinhos. Vilão confirmado.
Ares, deus da guerra nos quadrinhos. Vilão confirmado.

Até agora, todo mundo presumia que Ares – e a bruxa Circe – seriam os vilões do filme que o deus da guerra seria o papel de Danny Houston, mas isto agora parece uma confirmação. Aparentemente, o McGuffin do filme (o elemento que move a trama para frente, geralmente um objeto desejado – segundo a definição dada por Alfred Hitchcok e seguida por muitos outros cineastas, como Steven Spielberg) será o tal caderno com as fórmulas científicas e o gás resultante. Os trailers divulgados inclusive mostram uma cena de uma máscara de gás sendo derretida dentro de um invólucro cheio de gás.

Também já se falou no passado de outro McGuffin, que seria uma espada especial a qual seria perseguida por Ares. Coincidência ou não, já foi revelado dias atrás que a Mulher-Maravilha irá se apossar da Espada Mata-Deuses em Themyscira e nos trailers vemos o personagem de Danny Houston – vestido como um general alemão – usando uma espada em combate contra a princesa amazona.

Diana saca a Espada Mata-Deuses.
Diana saca a Espada Mata-Deuses.

Por fim, é importante salientar que nas HQs pós-2011 da DC Comics foi revelado que Diana, a Mulher-Maravilha, é na verdade, uma filha de Zeus com a rainha das Amazonas, Hipólita. Isso faz dela irmã de Ares.

Wonder-Woman tem direção de Patty Jenkins (de Monster). O elenco traz: Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Chris Pine (Steve Trevor), Connie Nielsen (Rainha Hipólita), Robin Wright (General Antíope); além de Saïd Taghmaoui, Danny Huston, David Thewlis, Ewen BremnerElena AnayaLucy Davis, nenhum dos quais com papeis confirmados. As filmagens já terminaram e passaram por Inglaterra, Itália e outros países. A data de estreia está marcada para 02 de junho de 2017.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

 

Advertisements