The Doors: banda icônica dos anos 1960.
The Doors: banda icônica dos anos 1960.

No dia 04 de janeiro se comemorou os 50 anos de lançamento do primeiro álbum da lendária banda norteamericana The Doors, uma das mais importantes e influentes do rock dos anos 1960. A data foi comemorada em Los Angeles, cidade natal da banda, com um show especial e a oficialização daquela data como “O Dia do The Doors”, no calendário da ensolarada cidade do estado da Califórnia. E para deixar os fãs ainda mais felizes, foi anunciado também o relançamento do disco em uma edição comemorativa, cheia de pequenas surpresas.

Em seu contexto original, o disco de estreia do grupo causou uma grande sensação, com a mistura explosiva de uma sonoridade única, misturando rock, jazz, blues e a brasileira bossa nova com letras de caráter lírico, sombrio, profundo, xamanico e hedonista. Tal combinação permitiu à banda transição fácil entre as paradas de sucesso (o álbum foi ao 1º lugar das paradas) e o apresso dos intelectuais. A figura polêmica e anárquica de Jim Morrison à frente do conjunto rendeu um dos mitos e ícones da década de 1960 e mais um a morrer jovem de overdose.

The Doors, o álbum, será lançado em uma edição especial com 3 CDs e um LP. Os discos trarão o álbum original remasterizado, a versão mixada em mono, um disco ao vivo e o LP com a versão em mono lançado pela primeira vez no formato. O Box-set é produzido pela gravadora Rhino, que detém os direitos da banda.

Mas a cereja do bolo é mesmo o disco ao vivo com um concerto inédito do The Doors, gravado no clube The Matrix, em San Francisco, em 07 de março de 1967, como parte da turnê de divulgação do álbum. Assim, o concerto traz o disco quase inteiro tocado ao vivo, inclusive na mesma ordem das faixas! O set list do disco ao vivo é o seguinte:

1- Break On Through (To The Other Side)
2- Soul Kitchen
3- The Crystal Ship
4- Twentieth Century Fox
5- Alabama Song (Whisky Bar)
6- Light My Fire
7- Back Door Man
8- The End

"The Doors" o álbum de estreia.
“The Doors” o álbum de estreia.

Como os concertos eram um ponto altíssimo da carreira do The Doors, é sempre bom ouvir novas gravações do formato. Ainda mais no início da carreira, quando o grupo estava em plena forma. A banda teve um outro disco ao vivo lançado no ano passado (veja aqui).

A banda The Doors foi uma das mais importantes do rock nos anos 1960 e deixou uma grande influência por causa de sua sonoridade cheia de improvisação e longas sessões instrumentais, pautadas por pitadas de blues, jazz e bossa nova; além de letras profundas e sombrias Era formado por: Jim Morrison (vocal), Ray Manzareck (teclados), Robbie Krieger (guitarra) e John Densmore (bateria), com todos contribuindo na composição, mas a maioria das letras a cargo de Morrison. O grupo lançou originalmente seis álbuns, entre 1967 e 1971, todos com grande sucesso, mas o vocalista Jim Morrison morreu vítima de uma parada cardíaca, enquanto estava em Paris, em 03 de julho de 1971, aos 27 anos. A banda ainda lançou dois álbuns sem ele, mas a recepção nula destes trabalhos levou ao fim do grupo, em 1973.

 

Advertisements