Liga da Justiça: Geoff Johns fala sobre a mudança de tom do filme e confirma – Joe Manganiello será o Exterminador no filme solo do Batman

O Exterminador no vídeo do Twitter.

O Exterminador no vídeo do Twitter.

Em uma entrevista ao The Wall Street Journal, o escritor de quadrinhos e diretor da DC Films, Geoff Johns, falou sobre a mudança de tom de Liga da Justiça, filme sobre o supergrupo de heróis da editora DC Comics, que reúne Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Flash, Ciborgue e Aquaman, levados ao cinema pela Warner Bros. . E aproveitou a oportunidade para confirmar que o vilão Exterminador (Deathstroke) – que teve um vídeo publicado no Twitter recentemente (veja aqui)- será realmente vivido pelo ator Joe Manganiello e será o vilão do filme solo do Batman. 

Como o leitor do HQRock já deve saber, Joe Manganiello (de Magic Mike e True Blood) já é vinculado ao personagem Exterminador há muito tempo, pois foi rumorizado para aparecer ainda em Esquadrão Suicida (veja aqui). Quando o ator Ben Affleck postou no Twitter o que parecia ser um teste de câmera do vilão em movimento, todo mundo supos que era Manganiello debaixo da máscara e estavam certos!

Joe Manganiello e Slade Wilson nos quadrinhos.

Joe Manganiello e Slade Wilson em um game.

O vilão, porém, talvez faça apenas uma aparição-relâmpago em Liga da Justiça – talvez uma cena pós-créditos – pois segundo revela Geoff Johns ao The Wall Street Journal, o Exterminador será o vilão do filme solo do Batman, que será estrelado e dirigido por Ben Affleck (que ganhou o Oscar de Melhor Diretor por Argo), que também escreve o filme do homem-morcego ao lado do próprio Johns, mas não tem uma data oficial de estreia.

Nos quadrinhos, o Exterminador foi criado por Marv Wolfman e George Perez em New Teen Titans 02, de 1980, a série que reformulou os Novos Titãs, grupo de heróis adolescentes liderados pelo Robin. Na trama, ele é o ex-coronel Slade Wilson que sofreu um experimento científico que lhe permite usar 90% do cérebro, o que o torna uma máquina de matar quase infalível. Nos dias de hoje, o Exterminador é um dos maiores vilões do Universo DC, já tendo derrotado, sozinho, a poderosa Liga da Justiça.

Quanto à Liga da Justiça propriamente dito, Geoff Johns falou sobre a mudança de tom do filme.

Erroneamente, no passado, eu acho que o estúdio [Warner Bros.] tinha dito: “oh, os filmes da DC são raivosos e sombrios e é isto que os faz diferentes”. Aquilo não poderia ser mais errado. [O mundo da DC] É um ponto de vista esperançoso e otimista. Até o Batman tem lampejos disso nele. Se não pensasse assim, que faria um amanhã melhor, ele pararia.

Neste ponto, o site do jornal adiciona que Liga da Justiça explorará Batman arrependido da postura extrema que teve em Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, com um cavaleiro das trevas raivoso e obcecado, torturando criminosos e determinado a matar o Superman. Johns também falou sobre ficar desapontado com as críticas em relação aos filmes e achar uma pena, tendo em vista a importância desses ícones para a cultura pop.

Teremos um Batman menos extremo em Liga da Justiça.

Teremos um Batman menos extremo em Liga da Justiça.

Por fim, o escritor também falou como ele e Jon Berg, seu parceiro na direção da DC Films, divisão da empresa encarregada pelos filmes, sobre atenuar o tom de Liga da Justiça, em comparação com o clima pesado, violento e sombrio de Superman – O Homem de Aço e Batman vs. Superman – A Origem da Justiça. Todos os três filmes são dirigidos por Zack Snyder. Johns e Berg trabalharam ao lado do roteirista Chris Terrio (de Argo e A Origem da Justiça) para “acelerar a história para chegar na esperança e no otimismo um pouco rápido”.

Por fim, Johns revela que os planos de fazer dois filmes da Liga da Justiça de uma vez para lançá-los em 2017 e 2019 foram definitivamente abandonados. Segundo ele, o estúdio quer lançar o primeiro e, então, avaliar o resultado e o que funciona para seguir adiante com a sequência. É uma jogada acertada, tendo em vista a dificuldade da Warner/DC em lançar um filme sobre seus super-heróis que agrade público e crítica depois das recepções frias e ruins de O Homem de Aço, Batman vs Superman e Esquadrão Suicida.

Isto tem uma implicação óbvia: a data de lançamento de Liga da Justiça 2 será lançada para – pelo menos – 2020, o que irá modificar o cronograma de filmes da DC. Quem ocupará a vaga de 2019? E quem ocupará as duas datas misteriosas já anunciadas sem um filme vinculado?

***

Liga da Justiça mostrará o Batman reunindo os superseres que ele descobriu a existência em Batman vs Superman – A Origem da Justiça,que estreou há pouco: ele próprio,Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Aquaman e Ciborgue. Alguns outros personagens vão aparecer, como Mera (a esposa do Aquaman). A trama mostrará os heróis se unindo para combater a invasão à Terra por forças advindas do planeta Apokólips, que estão atrás de três Caixas Maternas – artefatos cósmicos de grande poder e tecnologia – deixadas na Terra milênios atrás e distribuídas entre três raças: a humana, os atlantes e as Amazonas. Embora se esperasse que Darkseid, o maior vilão da DC Comics nos quadrinhos, fosse a ameaça principal, os anúncios até agora dão a entender que o vilão do filme será Steppenwolf (ou Lobo da Estepe), o sobrinho daquele. É provável que Lex Luthor faça alguma participação especial.

Justice League tem roteiro de Chris Terrio (de A Origem da Justiça e ganhador do Oscar por Argo) e será dirigido por Zack Snyder, trazendo Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Henry Cavill (Superman/Clark Kent),  Jason Momoa (Orin/Aquaman), Ezra Miller (Barry Allen/The Flash), Ray Fisher (Victor Stone/ Ciborgue), Amy Adams (Lois Lane), J.K. Simmons (Comissário Jim Gordon), Amber Heard (Mera) e Willem Dafoe (Vulko). Ele serve como sequência de Superman – O Homem de Aço e de Batman vs Superman – A Origem da Justiça. As filmagens já estão ocorrendo em Londres, na Inglaterra. O lançamento será em 23 de novembro de 2017

A Liga da Justiça foi criada por Gardner Fox e Mike Sekowski, em 1960, reunindo heróis previamente criados. Formado pelos maiores heróis da DC Comics – Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Flash, Arqueiro Verde, Aquaman etc. – a equipe sempre teve destaque em sua cronologia. Desde o reboot cronológico e editorial da DC em 2011, a revista Justice League é uma das de maior sucesso do mercado de quadrinhos atuais.

About hqrock - Irapuan Peixoto

Doutor em Sociologia, professor universitário, músico e escritor amador. Nascido em 1979, já via quadrinhos antes de aprender a ler. Coleciona revistas desde 1990. É roqueiro de nascença. Toca em bandas de vez em quando, mas está gravando um disco com suas composições.

Posted on 08/09/2016, in Batman, DC Comics, Filmes, Liga da Justiça. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: