Raio Negro: Herói da DC Comics ganhará série de TV

Raio Negro terá série de TV.

Raio Negro terá série de TV.

O site Deadline Hollywood noticiou que a DC Comics irá produzir outro programa de TV, agora focado no herói Raio Negro (Black Lightning, no original). Atualmente, a editora e empresa multimídia mantém um verdadeiro universo na telinha, com os programas Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e Supergirl, todas integradas entre si, e exibidos no canal The CW, pertencente ao conglomerado Time-Warner da qual também faz parte a própria DC Entertainment.

Black Lightning será um drama com episódios de 1h de duração, com produção executiva de Greg Berlanti, qe já é o responsável por todos os outros programas citados; que o fará ao lado de Mara Brock e Salim Akil (de Being Mary Jane e The Game). Berlanti afirmou que está em busca de financiamento e de contrato de emissão, o que significa que o programa não será necessariamente exibido pelo The CW e poderá ir ao ar em outra emissora. Vale citar o caso de Supergirl, que estreou na CBS e isto não impediu que fosse produzido um crossover com o Flash (do CW), enquanto que a segunda temporada daquele programa será exibido no CW.

Caso seja concretizado o programa sobre o Raio Negro, a DC Comics terá o feito inédito de cinco programas integrados em um mesmo universo ficcional.

O visual original dos anos 1970.

O visual original dos anos 1970.

O Raio Negro foi criado por Tony Isabella e Trevor Von Eeden em Black Lightning 01, de 1977, e foi o primeiro super-herói afrodescendente importante criado pela DC Comics.

Na época, havia grande cobrança à DC Comics pela ausência de personagens afrodescendentes. Na verdade, o único herói afrodescendente da editora era o Lanterna Verde John Stewart, que sequer era um herói ativo e não tinha histórias publicadas. Enquanto isso, a concorrente Marvel Comics tinha criado seu primeiro super-herói negro em 1966, com o Pantera Negra, e depois, o primeiro afrodescendente, com o Falcão, em 1969, que se tornou parceiro do Capitão América e, em 1971, passou a integrar o título da revista deste – que virou Captain America & The Falcon – sendo o primeiro personagem negro a ter o nome no título de uma revista. Pouco tempo depois, surgiu a revista Luke Cage, The Power-Man, em 1972, que virou o primeiro negro a ter uma revista própria.

Enquanto isso, a DC Comics não tinha nada. Já no fim da década, os editores decidiram criar um personagem daquele tipo e numa revista própria. Tony Isabella já havia escrito Luke Cage na Marvel e foi convidado para a empreitada, lançou a revista e escreveu os 10 primeiros números. Depois de sua saída, foi substituído pelo escritor-sensação Dennis O’Neil, que criou a fornada seguinte de histórias. Contudo, a revista foi cancelada no número 11 (com a primeira edição de O’Neil) por causa da chamada DC Implosion, um processo de quase-falência da editora, que motivou grandes mudanças editoriais. Porém, as demais histórias de O’Neil terminaram sendo publicadas em outras revistas dali adiante, como World’s Finest, Detective Comics e Justice League of America, revista da Liga da Justiça. Na última aventura, ele é convidado a ingressar no time, mas nega.

Raio Negro na arte de ED Benes.

Raio Negro na arte de ED Benes.

Após algum tempo sem aparecer, em 1983, o personagem foi reaproveitado como um dos membros dos Renegados (The Outsiders), uma equipe de jovens super-heróis lideradas pelo Batman em oposição à Liga da Justiça.
Após uma década de aparições apenas pontuais, Raio Negro retornou com sua primeira revista própria, publicada a partir de 1995, novamente com roteiro de Tony Isabella e desenhos de Eddy Newell, que teve 12 edições publicadas. Em seguida, ele se tornou um membro efetivo da Liga da Justiça na famosa fase escrita por Brad Meltzer e desenhada pelo brasileiro Ed Benes, a partir de 2007.

Não há nada sobre elenco ou trama da série de TV, que só deve ser exibida em setembro de 2017.

About hqrock - Irapuan Peixoto

Doutor em Sociologia, professor universitário, músico e escritor amador. Nascido em 1979, já via quadrinhos antes de aprender a ler. Coleciona revistas desde 1990. É roqueiro de nascença. Toca em bandas de vez em quando, mas está gravando um disco com suas composições.

Posted on 02/09/2016, in DC Comics, Desenhistas, Escritores, Revistas, TV. Bookmark the permalink. 1 Comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: