Esquadrão Suicida: Will Smith revela vários spoilers do filme

Will Smith no centro com o Pistoleiro: vilão meio mocinho?

Will Smith no centro com o Pistoleiro: vilão meio mocinho?

Em uma entrevista concedida por meia da visita aos sets de gravação, o site Omelete conseguiu uma série de spoilers da boca do ator Will Smith sobre Esquadrão Suicida, filme que adaptará as aventuras do grupo de vilões forçados a trabalhar para o Governo dos EUA em troca da redução de pena, publicado nas revistas da DC Comics e levado aos cinemas pela Warner Bros. dentro do mesmo universo ficcional de Batman e Superman. Ao tentar explicar qual é o papel do Pistoleiro na trama, o ator acabou falando um pouco demais.

Este artigo tem bastante spoilers. Portanto, se não quer saber muito sobre a trama do filme, não siga adiante. Você foi avisado!

Veja o que o ator disse:

Vamos para Midway City em uma missão que apenas Flagg sabe o que é. Precisamos resgatar um alvo valioso. Mas não sabemos de nada, não sabemos o que está acontecendo. E temos explosivos de nanotecnologia que foram injetados na base das nossas cabeças. Um de nós testou a teoria no começo do filme e não deu certo. Todos sabemos que funciona. Nessa cena chegamos ao ponto de troca e descobrimos que esse alvo valioso é Amanda Waller.

Estamos no telhado e do nada todos os nossos explosivos ficam verdes, o que quer dizer que estamos livres, e não sabemos o porquê. E no helicóptero que deveria resgatar Amanda Waller, viramos e vemos que o Coringa está lá e ele sequestrou o cientista que criou os explosivos. Agora estamos todos no telhado, com os explosivos desligados, pensando: “o que devemos fazer? Podemos matar todo mundo”. Então o Coringa resgata Arlequina, ela entra no helicóptero e eles estão prontos para fugir. Amanda Waller vem até mim e diz: “Eu lhe darei a sua liberdade e a sua filha se você colocar uma bala na cabeça dela”. Então, se matar Arlequina, estou livre.

A fala do ator confirma uma impressão que o HQRock já tinha: de que o Pistoleiro de Will Smith vai ser o “vilão-herói” do filme, aquele busca (e deve encontrar!) redenção. Isso simplesmente porque o ator nunca interpreta vilões, sempre é o mocinho boa pinta. É uma pena mesmo. Floyd Lawson é um personagem dúbio nos quadrinhos, mas não parece ser esse direcionamento que o filme dá para ele, mas sim, do típico “errei no passado, mas agora, quero me redimir e virar um mocinho”. Veremos.

Slipknot: baixa já no início.

Slipknot: baixa já no início.

Outro ponto interessante é a informação que o ator dar logo no início: de que um dos membros do Esquadrão Suicida testa a “teoria” de que estão com explosivos implantados no pescoço que os matarão se se rebelarem. Está muito claro que este é o Spliknot, que está no filme, mas nunca aparece nas imagens promocionais nem nos trailers.

O Coringa será o verdadeiro vilão da história.

O Coringa será o verdadeiro vilão da história.

Por fim, Smith também deixa claro que o Coringa será o grande oponente no fim do filme. Aparentemente, o confronto com o tal do vilão conhecido apenas como O Adversário – algum tipo de deus antigo com poderes mágicos (e que deve se aliar ou cooptar Magia) – servirá apenas para dar um start na trama. Enquanto a Força-Tarefa X é formada para combater essa ameaça, o Coringa fica sabendo que a Arlequina foi cooptada pelo Governo dos EUA e deve fugir do Asilo de Arkham e ir ao encalce dela. Sua missão é reaver sua influência sobre a assassina.

Quando isso acontecer, já no Terceiro Ato do filme, o vilão irá desativar os explosivos que mantêm a Força-Tarefa X “na linha” e entra em cena a grande questão: os criminosos irão matar todo mundo e fugir ou vão tentar algum tipo de redenção? O que dará drama – e tentará desenvolver a empatia do telespectador – é que, até ali, terá sido construída uma química e uma “paquera” forte entre a Arlequina e o Pistoleiro, daí o dilema da qual fala Will Smith ser maior ainda. Ele gosta dela. Vai matá-la para reaver sua liberdade e sua filha?

Pistoleiro e Arlequina vão desenvolver uma relação especial.

Pistoleiro e Arlequina vão desenvolver uma relação especial.

Eu apostaria num meio-termo. O Pistoleiro irá tentar regatar a Arlequina, mas sem matá-la. Rick Flagg e Katana são heróis irão auxiliá-lo nessa tarefa. Algum outro membro do Esquadrão também irá tentar se redimir? O Capitão Bumerangue, talvez… O Crocodilo acho difícil… Diablo é mostrado desde o início como alguém hesitante, talvez aceite a redenção de bom grado. (A imagem que abre esse post mostra o time sem o Crocodilo, talvez seja a resposta que estamos procurando).

Enfim, o fim do filme deve mostrar Coringa e Arlequina (numa função dúbia, sem sombra de dúvidas) contra Flagg, Katana e o Pistoleiro. E é possível que, no fim, Arlequina traia o Coringa para garantir que “os mocinhos” vençam no final.

***

Em Esquadrão Suicida, após os eventos de Superman – O Homem de Aço e Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, o Governo dos EUA decide criar a Força-Tarefa X, uma operação secreta que envolve colocar supercriminosos em missões suicidas, em troca de diminuições de penas, contra ameaças impossíveis de combater. A ideia é da durona Amanda Waller, que põe como líder de campo o coronel Rick Flagg, que seleciona um time com alguns dos mais habilidosos criminosos: Pistoleiro, Arlequina, Capitão Bumerangue, El Diablo, Crocodilo, Slipknot, e a heroína Katana. Aparentemente, a primeira missão do Esquadrão Suicida será deter a ameaça da arqueóloga June Moon, que foi possuída por uma força mística maligna, conhecida apenas como Magia. Enquanto isso, o Coringa elabora um plano de retomar o controle sobre Arlequina, sua ex-amante. O Batman fará uma participação especial.

Suicide Squad, o filme, é escrito e dirigido por David Ayer e o elenco traz: Jared Leto (Coringa), Will Smith (Floyd Lawson/Pistoleiro), Viola Davis (Amanda Waller), Margot Robbie (Harleen Quinzel/ Arlequina), Joel Kinnaman (Rick Flagg Jr.), Jai Courtney (George “Digger” Harkness/Bumerangue), Cara Delevingne (June Moon/Magia),   Jay Hernandez (Chato Santana/ El Diablo), Adam Beach (Christopher Weiss/ Slipknot), Karen Fukuhara (Tatsu Yamashiro/ Katana), Adewale Akinnuoye-Agbaje (Waylon Jones/ Crocodilo), Scott Eastwood (Tenente QG Edwards), Ed Harris (Rick Flagg Sr.),  Jim Parrak (capanga), Common(papel não-revelado), Ike Barinholtz (Capitão Griggs), com participação especial de Ben Aflleck (Batman) e talvez de Jesse Eisenberg (Lex Luthor). As gravações ocorreram em Toronto, no Canadá. A estreia será em 05 de agosto de 2016.

Chegou a existir um time com o nome de Esquadrão Suicida na DC Comics em 1959, contudo, a encarnação mais famosa da equipe foi criada pelo roteirista John Ostrander (com desenhos de John Byrne) para a edição 03 da minissérie Legends, em 1987. Em seguida, o grupo ganhou até revista própria, sendo desde então, uma parte importante do Universo DC. Em live action, o grupo já apareceu nas séries de TV SmallvilleArrow.

About hqrock - Irapuan Peixoto

Doutor em Sociologia, professor universitário, músico e escritor amador. Nascido em 1979, já via quadrinhos antes de aprender a ler. Coleciona revistas desde 1990. É roqueiro de nascença. Toca em bandas de vez em quando, mas está gravando um disco com suas composições.

Posted on 16/07/2016, in DC Comics, Esquadrão Suicida, Filmes. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: