Mulher-Maravilha: sinopse revelada.
Mulher-Maravilha: sinopse revelada.

Já se encerraram as filmagens de Mulher-Maravilha, filme que adaptará a mais icônica das super-heroínas, publicada nas revistas da DC Comics e levada aos cinemas pela Warner Bros., e apenas algumas imagens dos sets e algumas outras oficiais vieram à tona, com o filme ainda envolto em mistérios. Após a personagem ser um dos grandes destaques de Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, há grande expectativa no filme sobre a princesa amazona. Enquanto esquentam a ansiedade pelas revelações que devem vir na San Diego Comic-Con, em breve, a Warner revelou pela primeira vez, a sinopse oficial do longametragem:

O filme da Mulher-Maravilha chega aos cinemas no mundo todo no próximo verão [no hemisfério norte], quando Gal Gadot retornará como a personagem-título na aventura épica de ação da diretora Patty Jenkins. Antes de ser a Mulher-Maravilha, ela era Diana, a princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira indomável. Crescendo numa protegida Ilha Paraíso, quando um piloto americano cai em suas praias e conta sobre o maciço conflito que abala o mundo exterior, Diana deixa sua casa, convencida de que pode parar a ameaça. Lutando ao lado do homem na guerra para acabar com todas as guerras, Diana irá descobrir o tamanho de seus poderes… e seu verdadeiro destino.

A ambientação do filme na I Guerra Mundial.
A ambientação do filme na I Guerra Mundial.

A sinopse não é muito reveladora, mas pelo menos deixa mais clara qual é a lógica da escolha da Warner/DC pelo período da I Guerra Mundial. O que o texto deixa claro é que – sendo esse o primeiro grande conflito mundial da humanidade desde a antiguidade (no passado houveram outros de magnitude proporcional) – há a possibilidade de envolver as Amazonas e sua mitologia. Primeiro, porque é este o exato momento em que se torna impossível manter uma ilha escondida do restante do mundo (por causa da tecnologia, especialmente, a aviação); segundo, e mais importante, porque o contexto da I Guerra pode envolver uma trama mitológica por trás.

Nos quadrinhos, um dos maiores inimigos de Diana é Ares, o Deus da Guerra, e muito provavelmente, o filme o colocará como o responsável pela emergência do conflito, que será uma forma dele aumentar seus poderes.

Ficam ainda muitas dúvidas sobre o filme: qual será a abordagem aos deuses gregos? Na concorrente Marvel, os deuses nórdicos – raça ao qual pertence Thor – são alienígenas que mantêm contato com a Terra há muito tempo. E como serão os gregos da DC? Aliens ou uma raça secreta vivendo no planeta?

Chris Pine no set da I Guerra.
Chris Pine no set da I Guerra.

Outro ponto confuso é o papel de Chris Pine: Steve Trevor é um personagem apenas do passado? (Imagens do set o mostram na I Guerra). Ou estará também no presente? Serão dois papeis interpretados pelo ator? Aparentemente, uma pequena parte do filme será em nosso presente, mas com que propósito?

Esperamos ter algumas respostas em breve…

Por fim, outra revelação curiosa do anúncio da Warner são os créditos do filme. Até então, sabíamos que o texto era de autoria de Jason Fuchs, que fez o roteiro de Pan. Não é mais o caso. Seu nome sequer aparece nos créditos! O release diz que Wonder-Woman tem roteiro de Allan Heinberg e Geoff Johns, a partir de uma história de Zack Snyder e Allan Heinberg.

Embora o nome de Geoff Johns não seja realmente uma surpresa – ele é o Diretor Criativo da DC Entertainment e agora o principal responsável pela DC Films; além de um aclamado escritor de HQs, responsável pela fase mais recente da Liga da Justiça – é surpreendente a participação de Zack Snyder, o diretor de A Origem da Justiça, como alguém que elaborou a premissa da história. Snyder já está dirigindo o filme da Liga da Justiça – que tem a Mulher-Maravilha, claro – enquanto Johns está escrevendo o filme solo do Batman ao lado do diretor-ator Ben Affleck. 

***

Wonder-Woman tem direção de Patty Jenkins (de Monster). O elenco traz: Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Chris Pine (Steve Trevor), Connie Nielsen (Rainha Hipólita), Robin Wright (General Antíope),; além de Saïd Taghmaoui, Danny Huston, David Thewlis, Ewen BremnerElena AnayaLucy Davis, nenhum dos quais com papeis confirmados. As filmagens já terminaram e passaram por Inglaterra, Itália e outros países. A data de estreia está marcada para 02 de junho de 2017.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Advertisements