Pink Floyd: David Gilmour se apresenta em Pompeia depois de 45 anos

David Gilmour: volta a Pompeia.

David Gilmour: volta a Pompeia.

O guitarrista britânico David Gilmour se apresentou nas duas últimas noites no sítio histórico do Anfiteatro de Pompeia, na Itália, voltando ao local 45 anos depois de ter feito um célebre concerto com o Pink Floyd nas ruínas da cidade romana destruída pelo Vulcão Vespúcio, no ano 79. As apresentações foram gravadas para serem lançadas em um DVD em breve.

Gilmour era membro do Pink Floyd quando a banda realizou um concerto ao vivo, sem plateia, nas ruínas do Anfiteatro de Pompeia em 1971, evento que foi filmado e lançado como um célebre filme no ano seguinte: Live at Pompeii, dirigido por Adrian Maben. O efeito da música psicodélica do quarteto juntamente com as imagens arrebatadora da cidade e suas ruínas, bem como os poços de lava fervente, resultaram em uma experiência fantástica.

david gilmour at pompeii 2016

O show de Gilmour em meio às ruínas de Pompeia.

Agora, 45 anos depois, Gilmour está de volta ao local para apresentar um concerto da turnê de promoção de seu mais recente álbum solo, Rattle That Lock, lançado ano passado. O guitarrista fez uma turnê europeia totalmente focada em sítios arqueológicos, como o Circo Máximus em Roma, mas a grande cereja do bolo foi Pompeia.

O set list das noites dos dias 07 e 08 de julho foi a seguinte (segundo informação do site Whiplash):

5 A.M.
Rattle That Lock
Faces of Stone
What Do You Want from Me
The Blue
The Great Gig in the Sky
A Boat Lies Waiting
Wish You Were Here
Money
In Any Tongue
High Hopes
One of These Days
Shine On You Crazy Diamond (Parts I-V)
Fat Old Sun
Coming Back to Life
On an Island
The Girl in the Yellow Dress
Today
Sorrow
Run Like Hell
Time
Breathe (Reprise)
Comfortably Numb

Qualquer fã antenado do Pink Floyd irá logo atentar à ausência de Echoes, cuja a interpretação em Pompeia, em 1972, ficou lendária. Mas a ausência é justificável: há alguns anos, Gilmour declarou que não tocaria mais Echoes ao vivo, porque não faria sentido apresentá-la sem Richard Wright, o tecladista da banda.

Na versão original da canção, Wright e Gilmour fazem um belo dueto vocal. Após ser executada esporadicamente nas últimas turnês do Pink Floyd, Echoes ganhou uma última redenção em 2006 e 2007, quando Gilmour apresentou a faixa na turnê de seu disco solo anterior, On an Island. Na ocasião, Richard Wright serviu como músico acompanhante tanto no disco quanto na turnê e os dois repetiram o dueto. Mas Wright morreu de câncer em 2008.

Além da ausência de Echoes, o repertório da noite repete somente uma canção dentre aquelas executadas em Pompeia há 45 anos: a instrumental One of these days. No mais, o set lista traz clássicos do Pink Floyd (Time, Confortably numb, Wish you were here), alguns números obscuros (Fat old sun), representantes da fase tardia da banda (High hopes, Coming back to life), faixas da carreira solo de Gilmour, tanto do disco anterior (On an island) quanto do novo (Rattle that lock, Today), e pelo menos uma surpresa: The great gig in the sky, canção de autoria de Richard Wright, presente no álbum Darkside of the Moon, do Pink Floyd, de 1973.

A turnê de David Gilmour passou pelo Brasil no ano passado e apresentou um repertório bastante similar, com muita beleza e show repleto de emoção. Ver tudo isso emoldurado nas ruínas iluminadas de Pompeia deve ser estonteante. De novo!

***

David Gilmour nasceu no bairro de Grantchester, na cidade de Cambridge, na Inglaterra, em 1946, e conheceu Syd Barrett e Roger Waters ainda na adolescência. Estes dois formariam, em Londres, em 1965, a banda Pink Floyd. Após estourarem com um disco de sucesso, Barrett apresentou problemas mentais e Gilmour terminou substituindo o amigo na banda a partir de 1968. A partir de então, Gilmour se transformou na voz, guitarra e no rosto da banda, enquanto Waters era a grande força criativa nas composições. Depois de anos como uma das mais importantes bandas do underground do Reino Unido, o Pink Floyd estourou para o sucesso mundial em 1973, com o álbum Darkside of the Moon.

Com o passar dos anos, a tensão entre Waters e Gilmour foi aumentando até Waters abandonar o grupo em 1985. Gilmour comandou a última encarnação do Pink Floyd até 1996, quando encerraram as atividades. Depois disso, ocorreram apenas algumas reuniões rápidas e o lançamento do álbum The Endless River, em 2014, formado a partir de sessões de gravação dos anos 1990.

Gilmour segue em carreira solo atualmente.

About hqrock - Irapuan Peixoto

Doutor em Sociologia, professor universitário, músico e escritor amador. Nascido em 1979, já via quadrinhos antes de aprender a ler. Coleciona revistas desde 1990. É roqueiro de nascença. Toca em bandas de vez em quando, mas está gravando um disco com suas composições.

Posted on 09/07/2016, in Pink Floyd, Rock Clássico, Show, Vídeos. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: