Capitão América: estátua comemorativa.
Capitão América: estátua comemorativa.

Foi anunciado hoje, no jornal USA Today, que o Capitão América, o personagem das histórias em quadrinhos da Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney Pictures, ganhará uma estátua de bronze de seis metros de altura no distrito do Brooklyn, na cidade de Nova York, nos EUA.

A estátua – que pesa uma tonelada e teve design do Comicave Studios em parceria com artistas da própria Marvel – será apresentada ao público dentro de algumas semanas, na Comic-Con de San Diego, na Califórnia, e depois, cruzará o país, para ser alocada fixamente no Prospect Park, no Brooklyn, e inaugurada em uma cerimônia especial no dia 10 de agosto. O evento é parte das comemorações dos 75 anos de publicação do personagem (completados no ano passado).

Esboço da estátua.
Esboço da estátua.

É um ótimo momento para celebrar: Capitão América – Guerra Civil é o filme de maior sucesso do ano e o personagem está em alta desde que começou a ser interpretado nos cinemas por Chris Evans, em 2011, um ator talentoso e carismático. Inclusive, a estátua traz a frase “I’m just a kid from Brooklyn”, que é dita em Capitão América – O Primeiro Vingador, quando é afrontado pelo vilão Caveira Vermelha.

Nas HQs e nos filmes, Steve Rogers nasceu no Brooklyn, numa família pobre, crescendo magro e doente, mas conseguiu ser voluntário para um experimento científico que transformou seu corpo no ápice da raça humana. Mesmo se tornando um dos maiores heróis do Universo Marvel, nunca perdeu o contato com suas raízes, e permanece morando no mesmo distrito até hoje.

Leia a Resenha Crítica do HQRock sobre Capitão América – Guerra Civil, clicando aqui.

Saiba tudo sobre o Capitão América nas histórias em quadrinhos neste post especial do HQRock, publicado em 2011 e atualizado em 2015.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após muitos anos sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Anúncios