Flash: sem diretor.
Flash: sem diretor.

O site The Hollywood Reporter revelou uma notícia preocupante: The Flash, filme que irá adaptar o herói velocista da DC Comics, levado aos cinemas pela Warner Bros., perdeu seu diretor, Seth Grahame-Smith.

Grahame-Smith também escreveu o roteiro do filme, a partir de uma premissa de Phil Lord e Christopher Miller. Contudo, The Flash seria a estreia do escritor na cadeira de direção. Aparentemente, o estúdio tem a intenção de manter o texto. Talvez tendo em vista as questões que serão explicadas abaixo, a Warner esteja receosa de deixar um trabalho tão estratégico nas mãos de alguém inexperiente. (Podiam ter pensado isso antes de contratá-lo, não?). O Flash é um personagem bastante popular entre os fãs da DC e tem grande potencial para atingir o grande público, como fica claro na série de TV do personagem atualmente em exibição e que faz bastante sucesso.

O diretor alegou “diferenças criativas” para sair do barco, mas os rumores que correm são bem mais profundos: segundo o site, a Warner está bastante preocupada com a recepção de Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, que foi longe de unânime. Com isso, algumas mudanças estão ocorrendo. O filme da Liga da Justiça já está sendo filmado em Londres e, aparentemente, há grandes brigas e disputas entre o diretor Zack Snyder e o estúdio, que quer garantias de que este próximo filme será um sucesso.

E tudo deve piorar: o sucesso esmagador de Capitão América – Guerra Civil, da concorrente Marvel Comics, (e que também traz uma briga entre dois super-heróis) fará a Warner perceber ainda mais que há algo errado em seu universo.

Fiquem atentos às próximas semanas.

The Flash, o filme, estreia nos cinemas em 16 de março de 2018, mas o personagem estreia de modo integral nos cinemas em Liga da Justiça – Parte 1, que já está sendo filmado e estreia em 2017. Barry Allen é vivido por Ezra Miller. 

O Flash foi criado por Gardner Fox e Harry Lampert, aparecendo em Flash Comics 01, de 1940. Em sua primeira versão era o universitário Jay Garrick. Após ser cancelado, o Flash ganhou uma segunda e mais famosa versão em 1956, estreando na revista Showcase 04, reformulado por Robert Kanigher e Carmine Infantino, sendo considerado o marco zero da Era de Prata dos Quadrinhos. Na trama, este novo Flash era o policial forense Barry Allen, que ganha seus poderes em um acidente de laboratório. Este Flash também foi membro fundador da Liga da Justiça, em 1960. Outras versões do Flash surgiram desde então, como Wally West, mas é Barry Allen o mais querido dos fãs e titular oficial do cargo.

 

Anúncios