Guns N' Roses: de volta em Los Angeles.
Guns N’ Roses: de volta em Los Angeles.

A banda norteamericana Guns N’ Roses reuniu sua formação clássica ontem em Los Angeles, pela primeira vez em 23 anos! O grupo se reuniu no bar Troubadour, um dos mais prestigiados recintos do jet set da cidade e o mesmo lugar onde deram o impulso para sua carreira nos anos 1980. A banda reuniu o vocalista Axl Rose (o único que se mantinha no grupo desde o retorno da banda há alguns anos), o guitarrista Slash e o baixista Duffy McKagan, com apoio de Dizzy Reed e Melisa Reese nos teclados, Richard Fortus na guitarra base e Frank Ferrer na bateria.

O set list do show contou com 15 canções, mais duas no bis. O curioso é que além das composições clássicas da banda – Sweet child o’mine, My michelle, Welcome to the jungle, You could be mine, Paradise city – e os covers de sucesso que gravaram – Live and let die (de Paul McCartney) e Knockin’ on heaven’s door (de Bob Dylan) – o repertório trouxe a faixa-título do álbum Chinese Democracy que Axl Rose lançou em nome da banda em 2008, sendo, portanto, a primeira vez que Slash e McKagan a tocam.

Axl Rose e...
Axl Rose e…

Algumas centenas de pessoas acompanharam o show, incluindo centenas de convidados especiais (Jim Carrey, Nicolas Cage, Lenny Kravitz e David Arquette entre eles) e 250 fãs que pagaram 10 dólares pelo ingresso.Este concerto é o pontapé inicial da turnê “de volta” que a banda faz em 2016. Já há 20 cidades dos EUA previstas na excursão, que também deve ir ao Canadá e ao México, assim como na América do Sul.

O Guns N’ Roses se formou em Los Angeles em 1985, fruto da união dos membros de duas outras bandas: The Hollywood Rose e L.A. Guns. Após algumas trocas de membros, a banda encontrou uma formação fixa em 1986: com Axl Rose (vocais), Slash (guitarra solo), Izzy Stradlin (guitarra base), Duffy McKagan (baixo) e Steve Adler (bateria), que estreou no Troubador Bar. Em seguida, lançaram o primeiro EP Live Like a Suicide, que fez algum barulho na cena alternativa.

... Slash: juntos de novo.
… Slash: juntos de novo.

Em 1987, o primeiro álbum foi lançado: Appetive for Destruction e foi bastante elogiado pela crítica, embora tenha vendido apenas razoavelmente. O single Welcome to the jungle insistiu nas rádios e na MTV e foi ganhando cada vez mais exposição até atingir os primeiros lugares das paradas, sendo seguido pelo segundo compacto, Sweet child o’mine, que foi um sucesso estrondoso, levando o LP ao primeiro lugar das paradas. Foi a primeira vez que o álbum de estreia de uma banda de hard rock chegou ao primeiro lugar das paradas dos EUA.

Rapidamente, o Guns N’ Roses se tornou a banda mais popular do planeta, o que só foi consolidado pelo segundo álbum: GNR Lies, de 1988, que trouxe as canções do EP mais algumas composições novas, especialmente, a balada Patience, sucesso no mundo todo. O sucesso “subiu a cabeça” da banda, que adotou um comportamento de superstars e promoveram brigas, confusões, destruição de hotéis e consumo exagerado de drogas.

A banda no auge do sucesso.
A banda no auge do sucesso.

Como primeira consequência, o baterista Adler foi demitido e substituído por Matt Sorum, advindo do The Cult. Em seguida, o tecladista Dizzy Reed foi admitido como membro oficial da banda. A nova formação estreou nos álbuns Use Your Illusion I e II, lançados em 1991, que trouxe uma enxurrada e hits, como November rain e Don’t cry. Seguiu-se uma turnê monumental com 192 shows em 32 países ao longo de 26 meses.

No meio disso, a banda lançou o álbum The Spaghetti Incident?, em 1993, com covers, como Live and let die e Knockin’ on heaven’s door, que não fez o sucesso esperado. O grupo continuou em turnê, agora ao lado do Metallica, e lançou outro cover em 1994: Sympathy for the devil, dos Rolling Stones, que saiu na trilha sonora do filme Entrevista com o Vampiro. Contudo, as relações entre os membros do grupo estavam muito ruins.

Em 1995, Slash faz um lobby para o grupo voltar à sonoridade mais hard do primeiro álbum e compõe uma série de canções no estilo, que são todas rejeitadas por Axl. Então, o guitarrista lança um projeto paralelo chamado Slash Snakepit, com o álbum It’s Five O’Clock Somewhere, o que irritou profundamente o vocalista. Slash é oficialmente demitido em 1996, com Duffy McKagan e Matt Sorum seguindo o mesmo caminho em 1997.

Aos trancos e barrancos e mudando de membros o tempo inteiro, Axl Rose manteve o nome da banda na ativa, tocando no Rock In Rio III, em 2000, e lançando o álbum Chinese Democracy, em 2008, que foi destruído pela crítica pela má qualidade.

Enquanto Rose descia a ladeira, Slash, McKagan e Sorum se uniram ao guitarrista base Dave Kushner e ao vocalista Scott Weiland (ex-Stone Temple Pilots) e formaram o Velvet Revolver, que foi uma das bandas mais incendiárias dos anos 2000, estreando com o explosivo álbum Contraband, de 2004, que foi um enorme sucesso. 

Não há informações de quais os planos do Guns N’Roses pós-turnê. Gravarão um novo álbum? Terão o mesmo brilho de outrora? Seguirão o caminho do Chinese Democracy?

Advertisements