Syd Barrett em 1967: maior herói da era psicodélica.
Syd Barrett em 1967: maior herói da era psicodélica.

Meses atrás noticiamos que a cidade de Cambridge, na Inglaterra, iria homenagear o cantor e compositor Syd Barrett, fundador e primeiro líder da lendária banda Pink Floyd (clique aqui para ler), por meio de um monumento. Barrett e outros dois membros seminais da banda – Roger Waters e David Gilmour – são naturais da cidade.

Segundo anunciou o jornal Cambridge News, o Conselho Municipal decidiu qual dos projetos apresentados de monumento foi escolhido para ser executado: uma roda de bicicleta, numa analogia à canção Bike que Barrett gravou com o Pink Floyd no primeiro álbum da banda The Piper at the Gate of Dawn, de 1967. O monumento será criado pelos artistas plásticos Clare Palmier e Spadge Hopkins, com financiamento de 10 mil Libras advindos do Cambridge Live, instituição de entretenimento da cidade, e será erguido no Corn ExChange, espaço que coincidentemente abrigou o último concerto no qual o músico se apresentou, em 1972.

Ouça Bike com o Pink Floyd abaixo:

Roger “Syd” Barrett nasceu em Cambridge, em 1946, e conheceu Roger Waters e David Gilmour na infância e adolescência, respectivamente. Os três estudaram juntos e faziam parte de um grupinho de adolescentes que gostavam de rock e tocavam violão. Barrett e Waters combinaram de montar uma banda no futuro e, de fato, se reencontraram em Londres – onde estudavam Belas Artes e Arquitetura, respectivamente – em 1964 e montaram uma banda que teria vários nomes, mas terminaria conhecida por Pink Floyd no ano seguinte. Com sonoridade R&B no início, o grupo evoluiu para um rock psicodélico cheio de efeitos sonoros, improvisações, barulho e longas passagens instrumentais, fazendo bastante sucesso no circuito alternativo da capital britânica. O renome levou a uma procura de gravadoras pelo conjunto, até assinarem com a EMI (a gravadora dos Beatles), que lançou seus primeiros singles e álbum em 1967, fazendo bastante sucesso.

O Pink Floyd na época de seu estouro, em 1967: Barrett, Mason, Wright e Waters.
O Pink Floyd na época de seu estouro, em 1967: Barrett, Mason, Wright e Waters.

A exposição pública, contudo, fez mal a Barrett, que abusava demais de drogas psicotrópicas, especialmente do LSD. O compositor terminou adotando um comportamento selvagem, irracional, errático e imprevisível, num caminho rumo à loucura. Terminou expulso da banda em 1968, e substituído pelo amigo David Gilmour, que se tornou não apenas o guitarrista, mas o principal vocalista do Pink Floyd. Sem Barrett, a banda retornou ao circuito alternativo, mas continuou frequentando as paradas de sucesso nos anos seguintes, até que estourou internacionalmente em 1973, com o álbum Darkside of the Moon, que se tornou um dos mais famosos da história do rock. Daí para frente, o Pink Floyd se transformou numa das principais e mais influentes bandas de rock do planeta.

Enquanto isso, Syd Barrett investiu em uma carreira solo, na qual lançou dois álbuns – ambos produzidos por David Gilmour – lançados em 1970, Madcap Laughts e Barrett, repletos de canções não-tradicionais, mas incrivelmente boas e impactantes. Contudo, a loucura do músico o impediu de se comunicar com o grande público e ir adiante na carreira. Ele terminou regressando a Cambridge e teve uma última incursão no mundo musical em 1972, quando montou a banda The Allstars, com amigos da cidade e fez suas últimas apresentações ao vivo.

A loucura e o exílio totalmente longe dos holofotes transformaram Barrett em uma das mais lendárias e misteriosas figuras do rock, sendo adorado pelas gerações seguintes como uma figura cult. Vivendo uma vida comum em sua cidade-natal, o ex-músico terminou morrendo de câncer em 2006.

Sem Barrett, o Pink Floyd prosseguiu a carreira de sucesso ao longo dos anos 1970, com discos como Wish You Were Here (1975) e The Wall (1979). Após uma série de brigas e crises, Roger Waters deixou a banda em 1985, mas Gilmour, Wright e Mason continuaram com a banda sem ele até 1996. Depois disso, ocorreram apenas algumas reuniões rápidas e o lançamento do álbum The Endless River, ano passado, formado a partir de sessões de gravação dos anos 1990.

Advertisements