Superman versus Batman: batalhas nos quadrinhos.
Superman versus Batman: batalhas nos quadrinhos.

Está chegando Batman vs Superman – A Origem da Justiça, sequência de Superman – O Homem de Aço, o reinício da franquia cinematográfica da Warner Bros. sobre o personagem da DC Comics, que colocará o homem-morcego contra o último filho de Krypton, resultando no primeiro encontro cinematográfico dos dois mais icônicos de todos os super-heróis. E para comemorar, o HQRock traz um post especial com os maiores confrontos, as maiores batalhas entre Batman e Superman em sua mídia original: as histórias em quadrinhos.

Opostos em sua natureza, usando métodos diferentes, representando a luz e as sombras, o cavaleiro das trevas e o homem de aço podem até ser amigos, mas vivem se desentendendo, portanto, possuem diversas brigas em sua história.

Começo de uma amizade

A revista "World Finest": aventuras de Batman e Superman juntos.
A revista “World Finest”: aventuras de Batman e Superman juntos.

Inicialmente, apesar de dividirem a mesma editora e até uma revista, Batman e Superman não “se conheciam” e, portanto, não tinham encontros. Criados em 1938 e 1939, Superman e Batman não compartilhavam um mesmo universo no início de suas trajetórias. Cada um vivia suas aventuras pessoais sem nenhum tipo de menção ao outro.

Curiosamente, em 1941 foi lançada a revista World Finest, que trazia aventuras de vários personagens da DC Comics e, apesar do homem de aço e do homem-morcego compartilharem a maioria das capas, não se encontravam no seu interior, apenas vivendo aventuras isoladas. Isso só mudou em Superman 76, de 1952, quando os personagens se encontraram pela primeira vez e descobriram a identidade secreta um do outro. Dois anos depois, em 1954, World Finest passou a apresentar aventuras da dupla em conjunto, agindo como amigos parceiros no combate ao crime.

Durante 30 anos, a ideia geral era a de que Batman e Superman eram grandes amigos, mas com a reformulação cronológica da DC Comics, em 1985, por meio da maxissérie Crise nas Infinitas Terras, se adotou a premissa de que os dois eram mais rivais do que amigos, tendo em vista as metodologias de combate totalmente distintas: a sombra e a luz. A partir de então, se tornou relativamente comum colocar os dois personagens para brigar pelos mais variados distintos. Veja alguns dos principais!

As Batalhas

A luta entre Batman e Superman é um dos pontos altos da história clássica de Frank MIller.
A luta entre Batman e Superman é um dos pontos altos da história clássica de Frank MIller.

01 – BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS

Por Frank Miller (texto e arte) na minissérie The Dark Knight Returns (1986).

Vencedor: Batman.

Frank Miller ajudou a dar a largada da Era Sombria dos Quadrinhos com a minissérie O Cavaleiro das Trevas, com uma visão distópica do mundo (e de Gotham City) e um Batman quase idoso voltando à ativa para tentar por um pouco de ordem no caos. Na trama, a volta do homem-morcego mexe com o status quo e o Governo dos EUA, dominado por uma gestão fascista, solicita ao Superman para deter seu antigo colega.

A batalha entre os dois, já no final da minissérie, é furiosa e violenta, e estabeleceu o parâmetro que deveria ser seguido pelos confrontos posteriores. Na história, Batman usa uma armadura tecnológica para ter alguma vantagem sobre o Superman, além de contar com a kryptonita para enfraquecê-lo. É exatamente esta batalha que serve de inspiração para o filme Batman vs Superman – A Origem da Justiça, mimetizando, inclusive, a armadura do cruzado embuçado.

Batman é o vencedor “moral” da luta, já que não há um desfecho que não podemos contar para evitar spoilers. Procure ler, vale muito à pena. E não custa lembrar: O Cavaleiro das Trevas também já foi adaptado como um desenho animado em longametragem em duas partes, disponível em home video, que é muito bom.

A batalha na arte de Jim Lee.
A batalha na arte de Jim Lee.

02 – BATMAN – SILÊNCIO

Por Jeph Loeb (texto) e Jim Lee (arte) em meio ao arco Hush e publicado em Batman 612 (2003).

Vencedor: Batman.

Silêncio é uma saga que se estende por 12 capítulos, com o homem-morcego numa corrida acirrada para deter os planos de um misterioso novo vilão com o nome da história. Silêncio usa vários dos inimigos do cavaleiro das trevas contra ele e, neste capítulo específico, a Hera Venenosa consegue dominar a mente do Superman para usá-lo contra o Batman. Mas o maior detetive do mundo é um cara precavido: usando um anel de kryptonita antes pertencente a Lex Luthor, o homem-morcego consegue alguma vantagem na luta e termina por vencer usando um artifício baixo, típico dele: faz sua aliada Mulher-Gato lançar Lois Lane de cima de um edifício. A amada em perigo termina por vencer o domínio mental e tudo volta ao normal.

Não é um combate longo e nem tão espetacular, mas vale pela bela arte de Jim Lee retratando o confronto.

A nova origem da Liga da Justiça começa com a batalha dos dois.
A nova origem da Liga da Justiça começa com a batalha dos dois.

03 – LIGA DA JUSTIÇA – OS NOVOS 52

Por Geoff Johns (texto) e Jim Lee (arte) em meio ao arco Origins e publicado em Justice League 01 e 02 (2011).

Vencedor: Superman.

A DC Comics realizou um reboot cronológico em 2011, chamado Os Novos 52, e recontou a origem de seus personagens em versões mais modernas. Coube à revista da Liga da Justiça mostrar como ocorreu o primeiro encontro entre o Batman e o Superman nesta versão e, claro, os dois saem na porrada. Na trama, os super-heróis como Superman, Flash e Lanterna Verde acabaram de surgir e a mídia e a população os encara com desconfiança e medo. Batman é um pouco mais experiente do que todos os demais e já está em ação há algum tempo, embora tomado como uma lenda urbana. Mas o surgimento de um misterioso alienígena em Gotham City põe o cavaleiro das trevas em seu encalço. O Lanterna Verde – um patrulheiro intergalático – também vai e os dois se encontram para, em seguida, encontrarem o Superman, ainda um jovem impulsivo.

Desconfiado, o homem de aço parte com violência contra o Batman, que usa vários artefatos tecnológicos para tentar detê-lo. Contudo, sem estar realmente preparado para tal confronto, o cavaleiro das trevas é subjugado. Porém, no fim, todos se unem para impedir a invasão do vilão Darkseid, fazendo surgir a Liga da Justiça.

Esta trama deve inspirar o filme Liga da Justiça – Parte 1 que chega aos cinemas em 2017 e também tem elementos presentes em A Origem da Justiça, como o fato do Batman ser um herói com mais experiência do que o Superman e os demais.

A Foice e o Martelo: reinterpretação radical.
A Foice e o Martelo: reinterpretação radical.

04 – SUPERMAN – A FOICE E O MARTELO

Por Mark Millar (texto) e Dave Johnson (arte) na minissérie Superman: Red Son (2006).

Vencedor: Batman.

Esta história é parte dos contos “imaginários” da DC Comics, ou seja, versões fora do cânone de seus heróis. A Foice e o Martelo imagina a nave do bebê Kal-El caindo na União Soviética e não nos EUA, com o Superman se tornando um lacaio do ditador Stalin, enquanto Batman é um opositor do sistema. O homem de aço transforma a URSS em uma utopia sem crimes, sob o preço de um sistema autoritário ao extremo. O cavaleiro das trevas joga sujo para conseguir lutar com o oponente, sequestrando a Mulher-Maravilha e construindo um ambiente artificial com luzes vermelhas que imitam a atmosfera de Krypton, minando os poderes do Superman.

Batman vence a batalha propriamente dita, mas não a guerra. A minissérie tem uma trama adulta muito boa e uma bela arte e vale à pena conferir a interessante interpretação apresentada.

Darkseid? Não, o Batman!
Darkseid? Não, o Batman!

05 – SUPERMAN – FIM DA IDENTIDADE

Por Gail Simone e Greg Rucka (texto) e John Byrne e outros (arte) em Action Comics 829 e Adventures of Superman 642 (2005).

Vencedor: Superman.

Este é o caso de uma batalha “sem querer”. Manipulado pelo ex-aliado convertido em vilão Maxwell Lord, Superman tem a mente dominado de um modo que passa a imaginar coisas, assim, Lord o faz pensar que Batman é o vilão Darkseid. Sabendo Darkseid ser um oponente extremamente poderoso, o homem de aço parte com violência contra Batman, que usa de todos os seus conhecimentos e habilidades para escapar do ataque, porém, sem sucesso. O cavaleiro das trevas é quase morto pelo amigo que só cessa o ataque quando a Mulher-Maravilha mata o vilão.

Batman só não morre por causa da tecnologia alienígena da base da Liga da Justiça e tal evento foi tão traumático que pôs fim à equipe por um ano, na cronologia pré-Os Novos 52.

Batman drogado pelo Espantalho.
Batman drogado pelo Espantalho. Arte de David Finch.

06 – BATMAN – TERROR DO ESPANTALHO

Por Paul Jenkins (texto) e David Finch (texto e arte) no arco Terror of tha Scarecrow e publicada em Batman: The Dark Knight 05 (2011).

Vencedor: Superman.

Outro caso de dominação com a trama bastante similar à anterior, mas de modo invertido. Batman é drogado pelo vilão Espantalho com uma toxina que elimina o medo e conduz à euforia (seria cocaína?) e o herói se torna paranoico e violento. Quando o Superman vem ajudar, o cavaleiro das trevas ataca violentamente o amigo, mas o homem de aço mais durão de Os Novos 52 simplesmente dá uma surra no Batman, cuja violência dos golpes o faz voltar ao normal, embora fique bastante ferido.

Batman (Homem de Kryptonita) versus Superman.
Batman (Homem de Kryptonita) versus Superman.

07 – SUPERMAN & BATMAN: VINGANÇA MÁXIMA

Por Jeph Loeb (texto) e Ed McGuinness (arte) em Superman & Batman 23 (2005).

Vencedor: Superman.

Esta batalha também é por dominação. Dessa vez, Batman tem seu corpo e mente dominados pelo Homem de Kryptonita, que possui a habilidade de enfraquecer o Superman. Os dois saem em batalha e o homem de aço é quase derrotado pela habilidade do cavaleiro das trevas, mas o Superman consegue enganar o vilão e aprisioná-lo, fazendo-o deixar o corpo do Batman.

Rápido confronto vindo do futuro.
Rápido confronto vindo do futuro.

08 – SUPERMAN & BATMAN: OS MELHORES DO MUNDO

Por Jeph Loeb (texto) e Ed McGuinness (arte) em Superman & Batman 02 (2003).

Vencedor: Superman.

Esta batalha ficou bastante conhecida entre os fãs de quadrinhos, mas é totalmente sem pé nem cabeça. Na trama, um asteroide de kryptonita se aproxima fatalmente da Terra e Batman e Superman se unem para criar um plano de impedir a colisão, mas um versão do futuro do Superman aparece na batcaverna disposto a impedi-los (porque a ação dos heróis causaria um grande mal). O Superman do futuro não alisa: em vez de conversar com seus pares, sai na porrada contra sua versão mais jovem e o derrota facilmente; Batman tenta impedi-lo também sem sucesso e está prestes a ser morto quando o homem de aço do presente usa kryptonita contra seu “eu” futuro.

Depois, a dupla percebe o erro que causaria a desgraça do futuro e muda os planos.

Inimigos entre nós.
Inimigos entre nós.

09 – SUPERMAN & BATMAN: INIMIGOS ENTRE NÓS

Por Mark Verheiden (texto) e Ethan Van Sciver, Matthew Clark e Joe Benitez (arte) em Superman & Batman 28 a 33 (2006 e 2007).

Vencedor: Superman.

Outro caso de dominação mental. Um misterioso cristal faz com que todos os alienígenas que vivem na Terra criem pensamentos malignos e passem a querer escravizar a humanidade, o que inclui o Superman. Batman vai de encontro ao cristal para resolver a situação e termina sendo também afetado por ele. Assim, após Lois Lane conseguir fazer o homem de aço voltar ao normal, este tem que ir ao confronto do cavaleiro das trevas, que está maligno e com superforça. A luta fica um pouco mais equilibrada, mas ainda assim, Superman vence a batalha, Batman volta ao normal e a dupla se une para deter o responsável por tudo: Despero, um dos maiores inimigos da Liga da Justiça.

Debate moral.
Debate moral.

10 – SUPERMAN – O HOMEM DE AÇO

Por John Byrne (texto e arte) na minissérie The Man of Steel (1986).

Vencedor: Batman.

Antes de Os Novos 52, a cronologia válida da DC era aquela criada por Crise nas Infinitas Terras (1985). Nesta realidade, o primeiro encontro de Batman e Superman se dá em Gotham City, quando o homem de aço vai atrás de uma criminosa chamada Magpie e aproveita para encarar o misterioso homem-morcego que, aos seus olhos, é um fora da lei. Mas Batman está preparado: seu capuz é forrado com chumbo que impede o homem de aço de ver por trás da máscara; e Batman lhe diz que está protegido por um campo de força que, se for rompido pelo Superman, irá explodir uma bomba e matar um inocente. Superman acredita no blefe e os dois derrotam Magpie.

Ao fim, decide deixar Batman em paz, ao perceber que ele está do lado dos mocinhos, embora utilize métodos que ache questionáveis. Nesta cronologia, demoraria algum tempo até os dois se tornarem amigos, pois sua relação era mais de inimizade. Não chega a ser uma batalha, mas apenas um encontro.

E aí, qual é o seu favorito?

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938, estreando na revista Action Comics 01, e desde então é publicado pela DC Comics.

Batman foi criado pelo cartunista Bob Kane e o roteirista Bill Finger, estreando na revista Detective Comics 27, de 1939 e desde então é publicado pela DC Comics.

 

 

Anúncios