Chang-Chi: agora na TV?
Chang-Chi: agora na TV?

Dias atrás foi revelado que o ator Finn Jones (de Games of Thrones) será o protagonista de Punho de Ferro, série de TV a ser exibida pelo canal de internet Netflix, em parceria com a Marvel Television e o ABC Studios, adaptando o personagem da Marvel Comics. A revelação causou algum impacto entre os fãs da Marvel, porque havia a esperança por parte de alguns que, apesar de ser caucasiano nas HQs, a versão televisiva do personagem pudesse ser oriental na TV. Agora, surgem rumores divulgados pelo site Comic Book Movies, de que haverá sim um personagem oriental no programa: Shang-Chi, o Mestre do Kung Fu.

Shang-Chi foi um popular personagem da Marvel Comics dos anos 1970, quando a editora investiu um segmento de artes marciais. Foi criado pelo escritor Steve Englehart e o desenhista Jim Starlin, estreando em Special Marvel Edition 15, de 1973, uma revista que publicava reedições de histórias clássicas. Bem-recebido pelo público, o personagem foi publicado por três edições seguidas e, então, a revista mudou de título para The Hands of Shang-Chi: Master of Kung Fu, continuando a numeração e fazendo bastante sucesso.

Mestre do Kung Fu: sucesso nos anos 1970. Arte de Paul Gulacy.
Mestre do Kung Fu: sucesso nos anos 1970. Arte de Paul Gulacy.

A Marvel tinha adquirido os direitos do personagem Fu Manchu, um vilão chinês da literatura pulp criado por Sax Rhomer, e criou a trama a partir daí, com Shang-Chi sendo um filho desconhecido de Fu Manchu e o herói tendo o pai como o seu maior inimigo. Em vista do sucesso de Bruce Lee no cinema e a onda de filmes de artes marciais dos anos 1970, The Hands of Shang-Chi se tornou um grande sucesso. Englehart e Starlin saíram no número 22 e foram substituídos por Doug Moench e Paul Gulacy que levaram a revista a outro patamar e a um sucesso ainda maior. A temporada dessa dupla, até o número 51, foi o apogeu do personagem.

Após a saída de Gulacy, Moench continuou trabalhando com outros desenhistas, como Jim Craig, Mike Zeck e Gene Day, que morreu após terminar a edição 120. Nesse momento, apesar da boa recepção da crítica, a revista ia mal de vendas e mudou a periodicidade de mensal para bimestral. Por fim, The Hands of Shang-Chi foi cancelada na edição 125, de 1983. Vale lembrar que, no fim dos anos 1970, essas aventuras foram publicadas no Brasil pela editora Bloch em um título próprio chamado O Mestre do Kung Fu, que trazia, justamente, também histórias do Punho de Ferro. A editora Abril também publicou o personagem na revista Heróis da TV até encerrar as tramas originais.

Punho de Ferro.
Punho de Ferro.

Após o cancelamento de sua revista, Shang-Chi passou um longo período desaparecido das revistas da Marvel e, mais tarde, voltou em algumas ocasiões, mas nunca com o brilho ou popularidade do passado.

O que é interessante notar, voltando ao Universo Marvel na TV, é como seu leque de personagens está sendo ampliado. Demolidor Temporada 2 irá introduzir o Justiceiro e Elektra, enquanto Punho de Ferro trará Shang-Chi. Quem mais pode aparecer por aí?

Iron Fist, a série de TV, terá produção executiva de Scott Buck (de Dexter e Six Foot Under).

O Punho de Ferro foi criado por Roy Thomas e Gil Kane na revista Marvel Premiere 15, de 1974. O personagem foi bem aceito e teve aventuras nas revistas subsequentes até ganhar uma revista própria, Iron Fist, no ano seguinte, sob a responsabilidade da dupla Chris Claremont e John Byrne, dupla de criadores em começo de carreira que, em pouco tempo, se tornariam duas das maiores estrelas dos quadrinhos em todos os tempos. O Punho de Ferro era um dos principais personagens da seção de artes marciais da Marvel, e mesmo com o cancelamento de sua revista em 1977, prosseguiu sendo publicado na revista Power Man and Iron Fist, dividindo lugar com Luke Cage, numa revista bastante popular na época. Mesmo não sendo conhecido do grande público, o personagem continuou sendo um coadjuvante nas publicações da Marvel e se tornou membro dos Novos Vingadores após os eventos da Guerra Civil, em 2007.

Advertisements