Supergrupo para comemorar 60 anos de rock no Brasil.
Supergrupo para comemorar 60 anos de rock no Brasil: Pitty, Ribeiro, Vianna, Toller, Barone e Reis.

O festival itinerante Nivea Viva decidiu comemorar os 60 anos do rock no Brasil, contando a partir das primeiras gravações do gênero no país, a partir de artistas tão díspares como Carlos Imperial e Caubi Peixoto. Para celebrar, ocorrerá o Nivea Viva Rock Brasil, com uma turnê com um supergrupo de roqueiros brasileiros: os membros do Paralamas do Sucesso, Nando Reis, Paula Toller e Pitty, que tocará clássicos do rock de todas as décadas. Serão sete shows em sete capitais brasileiras: Porto Alegre (03/04), Rio de Janeiro (10/04), Fortaleza (15/05), Salvador (22/05), Brasília (05/06) e São Paulo (26/06).

Segundo o release oficial, os artistas tocarão canções de todas as décadas comemoradas, num repertório que deve incluir composições de Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Mutantes, Raul Seixas, Rita Lee; além de vários representantes da década de 1980 (quando o rock brasileiro se transformou no principal gênero musical do país, com artistas como Legião Urbana, Titãs, Barão Vermelho e alguns membros do supergrupo), sem esquecer as décadas mais recentes.

A cantora baiana Pitty adiantou que os tempos mais recentes do rock serão representados por composições de Chico Science & Nação Zumbi, Raimundos, Charlie Brown Jr. e Los Hermanos. A direção do musical será de Liminha, que foi produtor de muitos dos grandes artistas da década de 1980 (como Lulu Santos e Titãs), além de ter sido baixista dos Mutantes nos anos 1960 e 1970.

Os concertos do Nivea Viva Rock Brasil serão gratuitos.

O festival Nivea Viva ocorre desde 2012 com temas que mudam ano a ano.

Os Paralamas do Sucesso (Herbert Vianna: vocais e guitarra; Bi Ribeiro: baixo; e João Barone: bateria) se formaram no município de Seropédica, no Rio de Janeiro, em 1977, a partir de Vianna e Ribeiro, que eram egressos da “turma de Brasília” (que gerou várias bandas de rock) por terem morado na capital do país quando crianças e adolescentes. Os primeiros anos da banda eram mais diversão e brincadeiras, mas o grupo se profissionalizou em 1981, alcançando o primeiro sucesso em 1983 com a canção Vital e sua moto, que puxou o primeiro álbum do grupo: Cinema Mudo, no mesmo ano, ainda mesclando a temática comédia do início, mas com algumas letras mais sérias. A sonoridade do grupo inovava ao misturar o rock e o reggae na mesma linha dos britânicos The Police. O sucesso e a qualidade do grupo cresceram com o passar dos anos, na medida em que se tornaram uma das principais bandas brasileiras, incorporavam mais sonoridade latina (com sopros e teclados) e faziam sucesso também em países da América Latina. Os Paralamas seguem ativos até hoje.

Paula Toller lançou sua carreira em 1982 como vocalista da banda Kid Abelha e os Abóboras Selvagens, que mais tarde reduziria seu nome. O sucesso veio absoluto logo no início, com o álbum Pintura Íntima, de 1983. Apesar de alguns períodos de baixa a partir dos anos 1990, o Kid Abelha continuou uma banda popular. Toller iniciou uma carreira solo paralela em 1998 e o último álbum da banda foi Pega Vida, de 2005. O fim oficial do grupo foi anunciado em 2015 numa entrevista à revista Quem.

Nando Reis foi um dos fundadores da banda Titãs, que se formou em São Paulo em 1982 por alunos do colégio Equipe. O grupo lançou o primeiro álbum homônimo em 1984 e fez sucesso com a canção Sonífera ilha, porém, o segundo disco, no ano seguinte, não emplacou, de modo que a banda só se firmou mesmo com Cabeça Dinossauro, em 1987, onde adotam um rock mais pesado e com letras mais críticas. Nando Reis sempre foi um dos principais compositores e cantores dos Titãs, além de baixista, mas lançou seu primeiro álbum solo em 1994, com 12 de janeiro, que passou quase despercebido do grande público. Ao mesmo tempo, suas composições começaram a fazer sucesso com outros artistas, como Marisa Monte e Cássia Eller, o que criou uma situação desconfortável com a banda. Para Quando o Arco-Íris Encontrar o Pote de Ouro, de 2000, fez um grande sucesso e rendeu vários hits, num momento em que o artista começou a fazer mais sucesso do que a banda que fazia parte. Por fim, Reis deixou os Titãs em 2002 e prosseguiu como um dos compositores mais populares da música brasileira das últimas décadas.

Pitty é uma cantora baiana que começou a carreira no circuito alternativo de rock de Salvador, integrando bandas como Shes e Inkoma, a partir de 1997, mas estourou com seu primeiro álbum solo, Admirável Chip Novo, de 2003, transformando-se numa das artistas mais populares do rock do início do século XXI.

Anúncios