Os Novos Titãs de Wolfman e Perez
Os Novos Titãs de Wolfman e Perez: Asa Noturna (ex-Robin), Ravena, Jericó, Estrelar, Mutano, Moça-Maravilha e Ciborgue.

Já há algum tempo roda nos corredores da emissora TNT o projeto de uma série de TV com os Novos Titãs, equipe de heróis jovens ou adolescentes da editora DC Comics. Infelizmente, o projeto foi definitivamente arquivado, segundo informou o próprio presidente do canal, Kevin Reilly, que assumiu o cargo há pouco tempo, em uma conferência com a imprensa em Pasadena, na Califórnia, noticia o The Hollywood Reporter. Reilly afirmou que esse não é o tipo de projeto em que a emissora quer investir.

O projeto, que nunca chegou à fase de ter um piloto liberado para produção, seria produzido e escrito por Akiva Goldman (de Eu Sou a Lenda) e teria uma equipe formada por Asa Noturna, Ravena, Estrelar, Oráculo (Barbara Gordon), Rapina e Columba. Uma versão mais adolescente do time está atualmente em exibição como um desenho animado chamado Teen Titans.

Existe uma mínima chance de um outro canal assumir o projeto. Com o CW já lotado de séries da DC Comics (Arrow, Flash, Legends of Tomorrow), o canal CBS (que exibe Supergirl) poderia se interessar, ou outro como o Sy-Fy.

Também há a possibilidade dos Novos Titãs terminarem no cinema. Um de seus principais nomes nas HQs, o Ciborgue, tem um filme agendado para 2020 pela Warner Bros., dentro do mesmo universo de Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, que estreia em dois meses. Vários rumores apontam que a DC Comics irá trocar o filme solo do personagem por uma versão cinematográfica dos Novos Titãs. (Veja aqui).

A primeira versão dos Teen Titans surgiu em 1964 reunindo apenas “parceiros mirins” dos quadrinhos da DC Comics, com Robin, Moça-Maravilha, Kid Flash e Aqualad. De pouca expressão na época, o grupo ganhou uma versão mais séria em 1980, The New Teen Titans (traduzida no Brasil apenas como Os Novos Titãs), criados por Marv Wolfman e George Perez, reunindo Robin (que logo virou Asa Noturna), Ravena, Estrelar, Mutano, Ciborgue e Kid Flash. Ao longo dos anos 1980, a revista do grupo foi o maior sucesso de vendas da DC, batendo heróis tradicionais, como Superman e Batman.

Advertisements