A capa do EP: primeiras gravações inéditas!
A capa do EP: primeiras gravações inéditas!

O Pink Floyd, uma das mais importantes bandas de rock da história, surpreendeu o mundo ao lançarem discretamente na Black Friday do Record Store Day, na Grã-Bretanha, um EP (compacto duplo) com seis canções que são as primeiras gravações realizadas pela banda, em 1965, dois anos antes do grupo alçar a fama como um dos maiores expoentes do Psicodelismo britânico. O disquinho foi lançado à moda antiga: dois compactos em vinil de 7 polegadas e o título é justamente 1965: Their Firsts Recordings.

O lançamento foi surpresa e muita gente (inclusive este que vos escreve) pensou se tratar de um material pirata, mas o Pink Floyd confirmou que o EP é um lançamento oficial na última terça-feira.

1965: Their Firsts Recordings foi gravado como uma demo da banda ainda em seus estágios bem iniciais, quando o grupo sequer se chamava Pink Floyd ainda e usava nomes como Sigma 6 (eram um sexteto) ou Abdabs. A sonoridade ainda é um R&B bastante herdeiro dos Rolling Stones e muito distante do psicodelismo e do rock progressivo pelo qual o grupo seria famoso no futuro. O grupo também era um pouco diferente: além do quarteto original – Syd Barrett (vocais e guitarra), Roger Waters (backing vocais e baixo), Richard Wright (teclados) e Nick Mason (bateria) – havia ainda um segundo guitarrista na figura de Rado Klose e a participação da vocalista Juliette Gale, que em pouco tempo seria a esposa de Wright.

O Pink Floyd embrionário de 1965: Waters, Barrett, Mason, Klose e Wright.
O Pink Floyd embrionário de 1965: Waters, Barrett, Mason, Klose e Wright.

As faixas do disco são as seguintes (com seus respectivos compositores):

  1. Lucy Leave (Syd Barrett) – a mais conhecida dessas canções, já há algum tempo circula pela pirataria;
  2. Double O’Bo (Syd Barrett);
  3. Remember Me (Syd Barrett);
  4. Walk with Me, Sydney (Roger Waters) – esta canção é cantada por Juliette Gale, que chegou a ser vocalista oficial do grupo por um tempo;
  5. Buttlefly (Syd Barrett)
  6. I’m a King Bee (Slim Harpo).

É interessante notar que este registro traz não somente as primeiras composições de Syd Barrett, como também a primeira de Roger Waters, que se tornou o líder do grupo após a partida do primeiro.

o Pink Floyd na época de seu estouro, em 1967: Barrett, Mason, Wright e Waters.
o Pink Floyd na época de seu estouro, em 1967: Barrett, Mason, Wright e Waters.

1965: Their Firsts Recordings foi lançado como uma edição especial de apenas mil cópias. O tradicional colaborador, Andy Jackson (do Tube Mastering), foi o responsável pela masterização das fitas originais, ao lado de Ray Staff (do AIR Studios). A capa é de autoria da empresa Hipgnosis, que criou a maioria dos álbuns originais do grupo e foi baseada numa fotografia do diretor daquela, Aubrey Powell, que também está com o grupo desde o início. Em comunicado oficial, o Pink Floyd garantiu que o EP terá algum tipo de lançamento físico ao grande público antes do fim do próximo ano.

O Pink Floyd surgiu em Londres, em 1965, a partir da união de dois amigos de infância (Barrett e Waters) vindos da cidade de Cambridge. O grupo se tornou um dos maiores exponentes do Movimento Psicodélico com seu primeiro disco, em 1967. Era formado por Syd Barrett (vocais e guitarra), Roger Waters (baixo e vocais), Richard Wright (teclados e vocais) e Nick Mason (bateria), mas após pouco tempo, Barrett desenvolveu sérios problemas mentais, fruto da combinação de esquizofrenia e abuso de drogas como o LSD e foi afastado do grupo. Foi substituído por David Gilmour, em 1968, que também era um velho conhecido de Cambrigde.

Sem Barrett, Roger Waters se consolidou como o líder inconteste do Pink Floyd, além de seu principal compositor, mesmo que os vocais fossem realizados em sua maioria por David Gilmour. Permanecendo no circuito alternativo por alguns anos, o Pink Floyd se tornou uma das bandas de maior sucesso do mundo em 1973, com o lançamento do álbum Darkside of the Moon. A carreira de sucesso prosseguiu ao longo dos anos 1970, com discos como Wish You Were Here (1975) e The Wall (1979). Após uma série de brigas e crises, Roger Waters deixou a banda em 1985, mas Gilmour, Wright e Mason continuaram com a banda sem ele até 1996. Depois disso, ocorreram apenas algumas reuniões rápidas e o lançamento do álbum The Endless River, ano passado, formado a partir de sessões de gravação dos anos 1990.

Anúncios