Após muita expectativa, finalmente foi divulgado oficialmente o primeiro trailer de Capitão América – Guerra Civil, sequência de Capitão América 2 – O Soldado Invernal e fecho da trilogia das aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney Company. O vídeo foi exibido no programa de TV, com participação de Robert Downey Jr. e Chris Evans e, depois, disponibilizado na internet. Veja abaixo:

O primeiro poster oficial.
O primeiro poster oficial.

O vídeo é exatamente como aqueles que já descrevemos em algumas ocasiões – veja aqui – quando foi exibido na Comic-Con e em um evento na Ásia. Mostra a ambientação geral da trama e a eclosão do conflito entre Capitão América e Homem de Ferro que dará origem à guerra civil entre os heróis. No vídeo há dois motivos para o confronto: o controle dos superpoderosos por agências externas (como a ONU) e o Soldado Invernal, que recobra a consciência, mas continua perseguido pelos crimes do passado, quando sofreu uma lavagem cerebral.

Podemos ver lutas (no estilo realista dos irmãos Russo) e bons diálogos. Tudo parece muito promissor. Não há espaço para piadinhas dessa vez, substituídas por um clima mais sombrio e dramático. (Embora isso não significa que o filme será realmente assim, pode ser só um teste). Também não há nenhuma menção ao Barão Zemo (o vilão real da história), que provavelmente está sendo resguardado. E mesmo Ossos Cruzados (o vilão físico) faz apenas uma rápida aparição, sem muito destaque. O vídeo foca no confronto entre os dois heróis, inclusive, com algumas cenas inéditas em relação às exibições anteriores, como a luta do Capitão América e Soldado Invernal contra o Homem de Ferro.

Heróis em guerra.
Heróis em guerra.

Civil War foi publicada como um minissérie em sete partes, entre 2006 e 2007, com roteiro de Mark Millar e arte de Steve McNiven, sendo a história da Marvel mais importante daquela década, mudando o status quo dos personagens por anos.

No filme, uma tragédia fará o Governo dos EUA baixar uma lei que exige o controle dos superhumanos, abrindo um debate acirrado entre o Homem de Ferro (que defenderá a lei) e o Capitão América (que julgará que ela fere dos os direitos civis). O Homem-Aranha terá uma participação importante no filme como alguém que fica dividido entre as duas facções. Além de Tony Stark assumir um papel quase vilanesco, também teremos como vilões o Barão Zemo e Ossos Cruzados. Os personagens dos filmes do Capitão – Soldado Invernal, Falcão, Sharon Carter – e dos outros filmes da Marvel – Viúva Negra, Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate, Visão, Máquina de Combate e o estreante Pantera Negra – participarão do filme e se dividirão entre as duas facções. Guerra Civil também servirá de “abre-alas” para Vingadores – Guerra Infinita Parte 1 e Parte 2, que estreiam em 2018 e 2019, respectivamente.

Captain America – Civil War tem direção dos irmãos Joe Anthony Russo e roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeelyO elenco tem Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Robert Downey Jr.(Tony Stark/ Homem de Ferro), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra),  Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados) Daniel Brühl (Barão Zemo), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), Jeremy Renner (Clint Barton/ Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/ Feiticeira Escarlate), Paul Bettany (Visão), Paul Rudd (Scott Lang/ Homem-Formiga), Don Cheadle (Coronel Jim Rhodes/ Máquina de Combate), Chadwick Boseman (T’Challa/ Pantera Negra), William Hurt (General Thaddeus Ross), Martin Freeman (papel não-revelado), com participação especial de Tom Holland (Peter Parker/ Homem-Aranha) e Hayley Atwell (Peggy Carter). O longametragem é o primeiro da Fase 3 do Universo Marvel nos Cinemas. As filmagens já encerraram e a estreia será em 06 de maio de 2016.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Advertisements