Os personagens de toda a saga.
Os personagens de toda a saga.

[Atualização: Este post foi publicado originalmente às vésperas de Star Wars – O Despertar da Força, em 2015. Agora, o HQRock atualiza o Dossiê, incluindo as produções posteriores. Divirta-se!]

Uma nova era está para começar. O lançamento de Star Wars – O Despertar da Força, em breve, marcará o momento em que a saga espacial mais famosa de todos os tempos terá um reinício. Toda uma nova geração irá experimentar a emoção de entrar em contato com o universo criado pelo diretor George Lucas e se apaixonar por personagens e conceitos especiais. Para celebrar esse momento, o HQRock traz este post especial em que comentamos todos os filmes da saga de Star Wars ou Guerra nas Estrelas, como a velha guarda ainda gosta de se referir aos filmes e àquele universo.

Então, pegue seu Sabre de Luz, embarque na nave Millenium Falcon, desvie do Cruzador Imperial, e siga direto à Estrela da Morte para viver uma aventura espacial como nenhuma outra.

Poster do primeiro filme.
Poster do primeiro filme.

Há muito, muito tempo, em uma galáxia distante…

Este tema acima aparece antes de todos os filmes da saga, demarcando o tempo e o espaço em que se passa a saga. Como todos sabem, existem duas trilogias de filmes, comandadas por George Lucas. A primeira, chamada de Clássica, iniciou com o lançamento de Guerra nas Estrelas, em 1977, que foi um dos maiores sucessos de bilheteria da história do cinema, revolucionou o cinema pop, criou a noção de blockbuster, foi indicado a 11 Oscars e ganhou seis, além de outros dois prêmios especiais extra por suas inovações técnicas. Dois anos depois, o longametragem voltou aos cinemas, numa inovadora campanha de marketing para preparar terreno para a sequência que viria a seguir, e foi rebatizado de Star Wars – Episódio IV: Uma Nova Esperança, deixando claro que se tratava de uma saga bem maior.

Depois do sucesso dos Episódios V e VI, George Lucas ficou envolvido apenas com outros projetos e até acalentou a ideia de gravar os primeiros episódios da saga, mas depois, desiludido com a indústria de cinema, desistiu. Porém, 15 anos depois do fim da saga, o diretor voltou atrás e iniciou a produção da Nova Trilogia, com os Episódios I, II e III, que fizeram bastante sucesso, mas não foram tão bem recebidos pela crítica e pelos fãs. Talvez um dos problemas tenha sido que, agora, Lucas tenha resolvido dirigir ele mesmo todos os três filmes, enquanto que na Trilogia Clássica dirigiu apenas o primeiro, entregando os outros dois a diretores mais experientes e competentes, ao mesmo tempo em que Lucas comandava a produção, o roteiro e outras coisas.

George Lucas: o criador da saga.
George Lucas: o criador da saga.

O pano de fundo da saga é o seguinte: a política intergaláctica se organiza em torno do Senado Galático, no qual os representantes de cada sistema planetário associado discutem e votam as leis. No passado (os Episódios I, II e III), tínhamos a República Galática, na qual o Senado era o órgão supremo e a paz era mantida pela Ordem de Cavaleiros Jedi. Mas, depois da instabilidade causada por uma guerra civil chamada Guerra Clônicas, um golpe de Estado comandado pelo Senador Palpatine, e seu braço direito Darth Vader, destruiu a Ordem, matou quase todos os Jedi e instituiu o Império Galático, na qual Palpatine é o Imperador e o Senado cumpre um papel mais figurativo e simbólico, já que aquele reina com mão de ferro. Então, emerge a Aliança Rebelde que, após duas décadas de batalhas, ganha o reforço do último dos cavaleiros Jedi, o jovem Luke Skywalker, que liderará um ataque final ao Império (Episódios IV, V e VI).

Os Jedi são guerreiros pacíficos e serenos que têm acesso à Força, um tipo de campo de força que está ao redor de todas as coisas vivas e mantém a galáxia unida, nas palavras de Obi-Wan Kenobi, um dos maiores Jedi da história. Os Jedi têm poderes especiais, de telecinese (movem objetos com a força da mente) e certa clarividência (antecipar perigos, captar os sentimentos alheios e até prever o futuro de modo meio impreciso). Há ainda um nível de telepatia, pois captam empatia (podem “sentir” as coisas, saber se alguém está mentindo) e podem controlar a mente de “pessoas fracas” fazendo-as obedecerem a comandos simples. A Força também amplia as habilidades humanas, conferindo mais força, rapidez e agilidade aos seus usuários.

Entretanto, também existe o Lado Negro da Força, que são as energias negativas. Os Jedi que se deixam levar pelas emoções, amor, ódio, raiva e medo, são consumidos pelo Lado Negro e se tornam até mais poderosos, contudo, se tornam malignos. São os Lordes Negros de Sith. Assim como os Jedi existem em duplas – o Mestre e o Discípulo (ou padwan) – os Sith também estão sempre em dupla. Quando a saga inicia, no Episódio I, os Sith estão considerados extintos há mais de um século e assistimos a ascensão deles na figura de Darth Vader. Quando do Episódio IV, os Jedi estão praticamente extintos.star wars banner darth vader and the battle

Agora que você leitor tem as informações principais, vamos ao filmes propriamente ditos. Vamos apresentá-los na ordem em que foram filmados, já que estamos falando dos filmes. Se o leitor quiser acompanhar a história de modo linear, basta ir aos episódios I, II e III primeiro e depois voltar para os IV, V e VI.

Mas ATENÇÃO: as descrições abaixo contêm GRANDES SPOILERS dos filmes. Se você não os assistiu e/ou não quer saber dos grandes mistérios e surpresas da trama, por favor, não leia. Você foi avisado!

Episódio IV:

UMA NOVA ESPERANÇA, 1977

Dirigido e escrito por George Lucas.

Elenco: Mark Hamil (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Princesa Leia), Alec Guiness (Obi-Wan Kenobi), Peter Cushing (Grande Moff Tarkin), David Prowse (físico de Darth Vader), James Earl Jones (voz de Darth Vader), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Peter Mayhew (Chewbacca), Dennis Lawson (piloto Wedge Antilles), Garrick Hagon (Biggs Darklighter), Phil Brown (Owen Lars), Shelagh Fraser (Beru Lars).

O trio de protagonistas: Luke Skywalker, Leia Morgana e Han Solo.
O trio de protagonistas: Luke Skywalker, Leia Organa e Han Solo.

O filme (assim como todos os outros) se inicia com um letreiro que situa o expectador no contexto da história. O texto nos informa que, algum tempo antes, República Galática foi destituída e substituída pelo tirânico Império Galático, que mantém o poder sob punho férreo. Contra eles, emergiu a Aliança Rebelde, que busca desesperadamente uma maneira de restituir a democracia no cosmos. Mas o Império deu um passo adiante ao criar a Estrela da Morte, uma colossal estação espacial capaz de destruir um planeta inteiro. Numa ação quase suicida, a Aliança Rebelde conseguiu as plantas da Estrela da Morte e as entregou à senadora (princesa) Leia Organa, que secretamente é uma aliada da rebelião.

Alec Guiness como Obi-Wan Kenobi.
Alec Guiness como Obi-Wan Kenobi.

O Império, então, coloca seu mais poderoso operativo, o comandante Darth Vader, para por às mãos na princesa Leia e nos planos e, ao mesmo tempo, exterminar a Aliança definitivamente. Mas tudo pode mudar quando um jovem fazendeiro chamado Luke Skywalker decide se unir à rebelião, apadrinhado pelo velho cavaleiro Jedi Obi-Wan Kenobi.

Antes de ser capturada por Darth Vader, a princesa Leia consegue esconder um comunicado destinado a Obi-Wan Kenobi dentro do androide R2-D2, que juntamente ao droide diplomático C-3PO, são enviados ao planeta desértico de Tatooine. Lá, os robôs são comprados por Luke Skywalker e seus tios Owen e Beru Lars. Ao descobrir a mensagem escondida, Luke logo associa o nome de Obi-Wan a um velho ermitão que vive isolado no deserto.

Han Solo, Obi-Wan, Luke e Chewbacca à bordo da Millenium Falcon.
Han Solo, Obi-Wan, Luke e Chewbacca à bordo da Millenium Falcon.

As forças imperiais chegam ao planeta em busca dos robôs e chacinam toda a família e os habitantes da vila de Skywalker, que não tem outra opção a não ser seguir Kenobi, que revela ser um antigo Cavaleiro Jedi, assim como fora o pai de Luke: Anakin Skywalker, que foi um Jedi e um grande piloto, mas foi morto por Darth Vader, um aprendiz de Kenobi. Vader é um Sith, um lorde negro, um daqueles Jedi que sucumbiram ao Lado Negro da Força. O próprio Vader caçou e matou a maioria dos Jedi, 20 anos antes, de modo que restam apenas alguns bem poucos pela galáxia. Por ter a Força forte dentro de si, Luke é praticamente o último dos Jedi e a última esperança contra o Império.

Vader aprisiona Leia.
Vader aprisiona Leia.

Enquanto aplica um treinamento Jedi rápido em Luke, Obi-Wan vai ao porto de Mos Eisley em busca de uma nave para levá-los a Aldeeran e encontram o contrabandista Han Solo e seu amigo, o wookie Chewbacca, que são donos da nave Millenium Falcon. Perseguidos pelas forças imperiais, a trupe consegue fugir, mas o planeta procurado não existe mais, de modo que terminam às portas da Estrela da Morte e são capturados. Lá dentro, entram em confronto e Obi-Wan é obrigado a confrontar seu velho discípulo, Darth Vader. Mas ao perceber que Luke e Han conseguiram resgatar Leia, Kenobi se deixa matar por Vader.

Leia comanda Luke e Han a se unirem a uma base secreta da Aliança Rebelde em uma das luas do planeta Yavin e de lá tomam parte em um ataque suicida para destruir a mortífera superarma do Império. Porém, por meio da Força, o espírito de Obi-Wan é capaz de se comunicar com Luke e guia o rapaz a usar seus dons. No espaço, a nave de Luke é confrontada diretamente pela de Vader, mas o jovem consegue tirar o vilão de curso e, usando a força, atingir o único ponto fraco da estação, destruindo a Estrela da Morte.

Episódio V:

O IMPÉRIO CONTRA-ATACA, 1980

Dirigido por Irvin Kershner. História de George Lucas, roteiro por Leigh Brackett e Lawrence Kasdan.

Elenco: Mark Hamil (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Princesa Leia), Billie Dee Williams (Lando Calrissian), David Prowse (físico de Darth Vader), James Earl Jones (voz de Darth Vader), Alec Guiness (Obi-Wan Kenobi), Franz Oz (Mestre Yoda), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Peter Mayhew (Chewbacca), Dennis Lawson (piloto Wedge Antilles), Jeremy Bulloch (Boba Fett), Clive Revill (voz do Imperador Palpatine).

Vader, Lando e Boba Fett.
Vader, Lando e Boba Fett.

A sequência do filme acerta no que o anterior fez e ainda vai mais longe. O Império Contra-Ataca é mais épico e mais sombrio do que seu antecessor.

Três anos após a destruição da Estrela da Morte, o Império caça impiedosamente a Aliança Rebelde. Escondidos no planeta gélido de Hoth, os rebeldes são surpreendidos por um ataque surpresa e Luke Skywalker precisa liderar outra batalha contra a mortífera armada imperial. Ao mesmo tempo, se negando a lutar, Han Solo conduz a Princesa Leia em segurança para fora do planeta. Vencida a batalha, Luke decide seguir os conselhos do “espírito” de Obi-Wan Kenobi para seguir ao Sistema Dagobah e encontrar o último dos mestres Jedi: Yoda. Luke continua seu treinamento Jedi e precisa encarar os riscos de ser seduzido pelo Lado Negro da Força, tenta descobrir mais sobre seu pai e a forma como Darth Vader o matou.

Luke em seu treinamento Jedi com Yoda.
Luke em seu treinamento Jedi com Yoda.

Enquanto isso, o Imperador Palpatine faz sua primeira aparição (ele foi apenas citado no primeiro filme) em uma projeção de holograma, conversando com Vader sobre a importância de capturar o jovem Skywalker. Também temos um pequeno vislumbre do lorde negro de Sith sem seu capacete: Darth Vader aparece dentro de um tipo de câmera reabilitadora, de costas (e careca com a cabeça toda machucada) enquanto seu capacete é colocado automaticamente. Visando capturar Luke, Vader contrata o caçador de recompensas Boba Fett e outros para encontrar os líderes rebeldes. Leia e Han vão ao encontro de um velho “amigo” deste: Lando Calrissian, que agora, comanda uma mineradora em uma cidade flutuante no planeta Bespin.

Porém, munido de informações, Darth Vader chega antes e força Lando a trair seu ex-companheiro. Presos em uma armadilha, Leia e Han se desesperam ao perceber que servem apenas de isca para atrair Luke à própria morte! Vader decide congelar Solo em carbonita para enviá-lo ao gangster Jabba the Hut, a quem o caçador de recompensas deve dinheiro. O lorde negro quer testar o procedimento para aplicá-lo no jovem Skywalker para “dá-lo de presente” ao Imperador.

Luke interrompe seu treinamento de novo e vai ao encalço de seus colegas, mesmo sabendo que está indo para uma armadilha e que terá que enfrentar Vader. Com a chegada de Skywalker, Lando tenta se redimir e consegue com que Leia, Chewbacca e os robôs sejam libertados e escapem, mas Luke não sabe disso e vai direto ao encontro de Darth Vader.

Darth Vader revela o grande segredo.
Darth Vader revela o grande segredo.

O filme apresenta, então, um dos maiores momentos em toda a saga: a épica batalha entre Luke e Vader, o Jedi e o Sith, cada um munido de seu sabre de luz. Mas Vader tenta seduzir Luke a abraçar o Lado Negro e ajudá-lo a derrubar o Imperador Palpatine. Vendo que o jovem Jedi não se entrega, Vader decide encerrar a batalha: decepa a mão direita de Luke e o deixa encurralado na beira de um abismo mecânico com uma queda infinita abaixo da cidade flutuante. Querendo trazer Luke para seu lado, Vader apela para sua última cartada e revela o grande segredo: ele é seu pai, o velho Anakin Skywalker!

O Império Contra-Ataca é um clássico e talvez o melhor filme de toda a saga. Seu maior defeito, contudo, é deixar a trama de Han Solo, congelado em carbonita, inacabada; deixando uma ponta para o episódio seguinte. A trama, porém, se aprofunda na mitologia Jedi e introduz o Mestre Yoda, dando mais sentido e mais força à saga. E mesmo com a revelação de Vader, ainda sobra algum mistério, quando Yoda diz ao espírito de Obi-Wan: “Outro há”.

Episódio IV:

O RETORNO DE JEDI, 1983

Dirigido por Richard Marquand. História de George Lucas, roteiro de Lawrence Kasdan.

Elenco: Mark Hamil (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Princesa Leia), Billie Dee Williams (Lando Calrissian), David Prowse (físico de Darth Vader), James Earl Jones (voz de Darth Vader), Alec Guiness (Obi-Wan Kenobi), Franz Oz (Mestre Yoda), Ian McDiarmid (Imperador Palpatine), Sebastian Shaw (Anakin Skywalker), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Peter Mayhew (Chewbacca), Dennis Lawson (piloto Wedge Antilles), Jeremy Bulloch (Boba Fett), Michael Pennington (Moff Jerjerrod), Kenneth Colley (Almirante Piett), Warwick Davis (Wicket, o Ework), Larry Ward (voz de Jabba the Hut).

Luke feito prisioneiro por Vader.
Luke feito prisioneiro por Vader.

Dos três filmes da Trilogia Clássica, talvez O Retorno de Jedi seja o mais fraco. Não é um filme ruim, longe disso, mas tem um desenvolvimento lento, talvez pela total inexperiência do diretor Marquand com cenas de ação. A subtrama dos Eworks também enche o filme de “fofura” e retira muito do ambiente sombrio instituído no episódio anterior. O final também ficou um pouco apressado, com a batalha final entre Luke Skywalker, Darth Vader e o Imperador Palpatine, mas ainda assim, é um longa que se segura e faz jus à saga clássica.

Cerca de um ano após os eventos do filme anterior, Luke Skywalker, Leia Organa e Lando Calrissian vão em uma arriscada missão até Tatooine para libertar Han Solo, ainda congelado em carbonita e servindo como um tipo de troféu na sala do contrabandista-mor Jabba the Hut. Enquanto Leia e Lando se infiltram no palácio de Jabba e falham em libertar o amigo, Luke decide entrar pela porta da frente e confrontar Jabba diretamente, mas seus poderes Jedi de controle da mente não funcionam no asqueroso criminoso. Capturados, Leia e Luke são condenados à morte para serem devorados por um terrível monstro gigante no deserto. Os rebeldes conseguem, ainda assim, libertar Han Solo e na batalha que segue terminam matando o caçador de recompensas Bobba Fett, enquanto Leia estrangula Jabba pessoalmente.

Leia feita escrava de Jabba the Hut.
Leia feita escrava de Jabba the Hut.

Com o sucesso da missão, Luke retorna ao sistema Dagobah para terminar seu treinamento Jedi com o Mestre Yoda, mas ao chegar lá, encontra o velho mestre às portas da morte. Yoda diz que o treinamento de Luke já está encerrado e que ele já é um Jedi e confirma que Darth Vader é na verdade Anakin Skywalker e que ele e Obi-Wan Kenobi guardaram o segredo para protegê-lo. Yoda também afirma que ele tem um irmão gêmeo, e Luke imediatamente percebe que é Leia. Após a morte de Yoda, o espírito de Obi-Wan também confirma tudo e diz que é destino de Luke enfrentar seu pai novamente e destruir o Império.

Enquanto isso, a Aliança Rebelde descobre que o Império está construindo uma nova Estrela da Morte e que o Imperador Palpatine está no interior dela pessoalmente. A base é protegida por um campo de força gerado na lua de Endor e a os rebeldes decidem ir até lá para desligar o campo e destruir a nova base. Han Solo e Leia Organa lideram a missão e quase são derrotados, mas encontram aliados nos nativos do planeta, uma raça de ursinhos inteligentes chamados Eworks. Luke se une aos seus colegas e conta a Leia toda a verdade sobre eles dois, Anakim e Vader. Han pensa que os dois tem um caso, mas Leia também conta a verdade a ele, esclarecendo tudo. Noutra batalha contra as forças imperiais, Luke é capturado e se deixa levar, sabendo que o entregarão pessoalmente às mãos de Darth Vader.

Anakin Skywalker se revela...
Anakin Skywalker se revela…

Na Estrela da Morte, Vader leva Luke à presença do Imperador Palpatine, que convida o jovem Skywalker a aceitar o Lado Negro da Força. Recusando-se a ceder, Luke se liberta e trava outra batalha com Vader, que tenta novamente convencê-lo. Melhor preparado dessa vez, Luke vence a batalha e também decepa a mão de Vader. Mas em seguida, é atacado por Palpatine que é um Sith tão poderoso que pode disparar raios pelas mãos. Na iminência de ver seu filho perdido morrer, Vader reage e termina matando o Imperador, ao lançá-lo diretamente no reator de energia que supre a gigantesca estação orbital. Entretanto, o violento confronto com Palpatine, que descarrega uma quantidade imensa de raios sobre seu corpo mecânico, põe Vader à porta da morte. Vader pede que Luke tire seu capacete e vemos o rosto de Anakin Skywalker pela primeira vez, envelhecido e completamente machucado. Ele pede perdão por seus pecados, se diz orgulhoso do filho e morre.

Ao mesmo tempo, a Aliança Rebelde trava violenta batalha contra as forças imperiais em duas frentes: uma em Endor, tentando destruir o campo de força (com Leia e Han) e outra no espaço contra as naves (com Lando). Han e Leia conseguem desligar o campo de força, enquanto, guiando a Millenium Falcon, Lando adentra a Estrela da Morte e atinge seu reator, causando um efeito cascata de explosão. Luke por pouco consegue escapar, levando o corpo de seu pai em um pequena nave e fazendo um ritual de cremação solitário em Endor.

Por toda a galáxia, povos comemoram a queda do Império, enquanto Luke vê os espíritos de Obi-Wan, Yoda e Anakin juntos.

Episódio I

A AMEAÇA FANTASMA, 1999

Dirigido e escrito por George Lucas.

Elenco: Lian Neeson (Qui-Gon Jinn), Ewan McGregor (Obi-Wan Kenobi), Natalie Portman (Padmé Amidala), Jake Lloyd (Anakin Skywalker), Ian McDiarmid (Senador Palpatine), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Pernilla August (Shmi Skywalker), Franz Oz (Yoda), Samuel L. Jackson (Mance Windu), Ahmed Best (Jar Jar Binks), Ray Park (Darth Maul), Terence Stamp (Chanceller Finis Vallorum), Keira Knightley (Sabé), Sirlas Carson (Nute Gunray).

A rainha Amidala.
A rainha Amidala.

Determinado a contar o início de toda a história, Lucas lança a Nova Trilogia 22 anos após o começo da outra. Dessa vez, os efeitos especiais estão mais avançados. Infelizmente, A Ameaça Fantasma é o mais fraco de todos os filmes da franquia se compromete a mostrar as origens de Anakin Skywalker.

Na trama, 30 anos antes do Episódio IV, uma guerra civil está prestes a eclodir em meio à República Galática, quando a Confederação de Comércio abre disputa aberta contra o poderoso planeta Naboo. O mestre Jedi Qui-Gon Jinn e seu padwan (aprendiz), o jovem Obi-Wan Kenobi, são enviados para interceder diplomaticamente na disputa, mas não conseguem impedir a violência da Confederação, que é influenciada por um misterioso Lorde Sith chamado Darth Sidious.

Resgatando a rainha Padmé Amidala, os Jedi têm sua nave avariada e se deslocam ao desértico planeta de Tatooine, onde encontram uma criança de nove anos de idade chamada Anakin Skywalker. Jinn percebe que o jovem carrega a Força extremamente forte dentro de si e fica compelido a levá-lo para treinamento na Ordem Jedi. Aproveitando que Anakin irá concorrer em uma famosa corrida de naves no deserto, Qui-Gon compra a liberdade do jovem, mas não consegue o mesmo pela mãe dele, Shmi.

Obi-Wan, RD-D2, Anakin e Qui-Gon.
Obi-Wan, RD-D2, Anakin e Qui-Gon.

Jinn, Kenobi, Amidala e Skywalker partem, então, rumo a Coruscant, a capital da República, onde o Conselho Jedi nega o treinamento, afirmando que Anakin é velho demais para iniciar o treinamento e traz uma sentimentos conflitantes dentro de si. Qui-Gon decide, assim, treinar o menino por conta própria. Ao mesmo tempo, Amidala vai ao Senado da Galáxia e busca aliança com o Senador Palpatine para resolver a crise em Naboo.

Os Jedi contra Darth Maul.
Os Jedi contra Darth Maul.

De volta a Naboo, Padmé recorre ao povo rival dos Gungan para aliar-se ao seu e combater o exército de androides da Confederação, eclodindo uma guerra. Anakin usa seus enormes conhecimentos em eletrônica para desativar os droides, enquanto Obi-Wan e Qui-Gon combatem Darth Maul, finalmente comprovando que os Sith não estão extintos como se pensava. Jinn é morto e pede a Kenobi que complete o treinamento de Anakin.

Unificado pela primeira vez, Naboo vence a batalha contra a Confederação ao mesmo tempo em que o aliado de Padmé, Palpatine, é conduzido ao cargo de Chanceler Supremo do Senado para resolver a crise com a Confederação.

A Ameaça Fantasma foi um sucesso enorme de bilheteria, mas frustrou os fãs e a crítica com sua história “cheia de fofura” em torno da criança Skywalker, do alívio cômico exagerado de Jar Jar Binks e de um desenvolvimento lento. Apesar disso, a subtrama política que dá base à história é interessantíssima, de modo que se Lucas tivesse cedido o texto para um escritor mais habilidoso e a direção a alguém mais ágil teria criado um grande clássico.

Episódio II

O ATAQUE DOS CLONES, 2002.

Dirigido por George Lucas. Escrito por George Lucas e Jonathan Hales.

Elenco: Ewan McGregor (Obi-Wan Kenobi), Natalie Portman (Padmé Amidala), Hayden Christensen (Anakin Skywalker), Ian McDiarmid (Senador Palpatine), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Pernilla August (Shmi Skywalker), Franz Oz (Yoda), Samuel L. Jackson (Mance Windu), Christopher Lee (Conde Dooku), Temuera Morrison (Jango Fett, Comandante Cody e os clones), Ahmed Best (Jar Jar Binks), Sirlas Carson (Nute Gunray), Jimmy Smits (Senador Bail Organa), Jack Thompson (Cliegg Lars), Joel Edgerton (Owen Lars), Bonnie Piesse (Beru Whitesun).

Padmé e Anakin: romance.
Padmé e Anakin: romance.

O Ataque dos Clones fez sucesso, mas devido à má recepção do anterior, é o filme da saga com a menor bilheteria até agora. Contudo, é um filme melhor do que o Episódio I, mais ágil e com uma trama mais interessante.

Passaram dez anos desde A Ameaça Fantasma e, agora, Anakin Skywalker é um jovem Jedi padwan treinado por Obi-Wan Kenobi, e a República enfrenta um movimento separatista liderado pelo ex-mestre Jedi Conde Dooku, aliado à Confederação de Comércio e, secretamente, ao Lorde Sith Darth Sidious.

Na capital da República, Coruscant, a agora Senadora Padmé Amidala chega para a votação da criação de um novo exército para a República, para auxiliar os Cavaleiros Jedi, mas sofre um atentado. Os Jedi designam Obi-Wan e Anakin para garantir sua segurança e no encalço do agressor, descobrem que um caçador de recompensas está envolvido. Obi-Wan parte rumo aos confins da galáxia para investigar o mandante do crime, ao mesmo tempo em que a Anakin é dada a missão de transportar Padmé em segurança até seu planeta Naboo. No percurso, os dois jovens se percebem apaixonados, mas se deixar seduzir pelas emoções é algo proibido aos Jedi.

Obi-Wan e Mance Windu: tensão no Conselho Jedi.
Obi-Wan e Mance Windu: tensão no Conselho Jedi.

Obi-Wan descobre que, secretamente, um exército de clones está sendo produzido, usando o caçador de recompensas Jango Fett como matriz genética. O Jedi sabe que Jango é um dos agressores do atentado e os dois saem em batalha, com Fett fugindo e ele saindo em seu encalço. A busca leva até o desértico planeta de Geonosis, onde Kenobi descobre a articulação entre a Confederação de Comércio e Dooku na produção de um novo exército de androides para lutar contra a República. O Jedi consegue avisar Anakin do que está acontecendo, mas é capturado.

Enquanto isso, após passar um tempo com Padmé, Anakin é atormentado por uma premonição de que sua mãe está sofrendo. O casal vai até Tatooine, onde o jovem Jedi conhece seu meio-irmão Owen Lars e o novo marido de sua mãe, Cliegg Lars. Eles explicam que Shmi Skywalker foi capturada por Caçadores do Povo da Areia e que já deve estar morta. Ainda assim, Anakin parte ao encalço de sua mãe, só para descobri-la às portas da morte. Tomado de fúria, Anakin simplesmente mata toda a tribo do Povo da Areia, incluindo mulheres e crianças.

Yoda em ação pela primeira vez!
Yoda em ação pela primeira vez!

Em Coruscant, o Senado aprova emergencialmente poderes amplos ao Chanceler Palpatine para declarar guerra à Confederação do Comércio e a Geonosis. Interceptando a mensagem de Obi-Wan, Anakin e Padmé também vão a Geonosis e também são capturados. Condenados à morte, são resgatados por uma armada do exército de clones liderada pelos Cavaleiros Jedi, como Yoda e Mance Windu. Na batalha, este último mata Jango Fett.

Kenobi e Skywalker vão atrás de Dooku e saem em uma grande batalha, na qual são derrotados e Anakin tem seu braço decepado pelo Sith. Mas Yoda chega para ajudá-lo (vemos o velho mestre em ação de luta pela primeira – e impressionante! – vez) e vence a batalha, embora Dooku consiga fugir. Enquanto os Cavaleiros Jedi veem a iminência da guerra civil – que serão as Guerras Clônicas – em segredo, Anakin e Padmé se casam em Naboo.

Episódio III

A VINGANÇA DOS SITH, 2005.

Dirigido e escrito por George Lucas.

Elenco: Ewan McGregor (Obi-Wan Kenobi), Natalie Portman (Padmé Amidala), Hayden Christensen (Anakin Skywalker/ Darth Vader), Ian McDiarmid (Senador Palpatine), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Franz Oz (Yoda), Samuel L. Jackson (Mance Windu), Christopher Lee (Conde Dooku), Matthew Wood (voz do General Grievous), Ahmed Best (Jar Jar Binks), Sirlas Carson (Nute Gunray), Jimmy Smits (Senador Bail Organa), Joel Edgerton (Owen Lars), Bonnie Piesse (Beru Whitesun), Temuera Morrison (Comandante Cody e clones), James Earl Jones (voz de Darth Vader).

Obi-Wan versus Anakin.
Obi-Wan versus Anakin.

Melhor dos filmes da Nova Trilogia, A Vingança dos Sith ainda mantém muitos dos erros desta parte da saga, mas pelo menos é um filme mais sombrio, embora a “queda” de Anakin seja rápida demais na história.

Na trama, estamos no fim das Guerras Clônicas, e os Jedi lutam contra os separatistas liderados pelo Conde Dooku e o cibernético General Grievous. Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker interceptam a nave dos dois vilões, que sequestraram o Chanceler Palpatine, e saem em batalha. Anakin mata Dooku incentivado por Palpatine, que age como um conselheiro do jovem Jedi.

De volta a Coruscant, Palpatine recomenda à Ordem dos Cavaleiros Jedi que Skywalker seja seu segurança particular, mas o Conselho Jedi nega a Anakin o título de Mestre por causa de seu temperamento. Tal ação faz o jovem perder a confiança nos Jedi.

De volta para casa, Anakin vive secretamente casado com a Senadora Padmé Amidala, e ela anuncia que está grávida. Inicialmente feliz, não custa muito para Anakin começar a ter premonições de que ela irá morrer no parto e isso começa a atormentá-lo. Buscando apoio em Palpatine, este revela para Anakin que é Lorde Sith conhecido como Darth Sidious, lhe fala do Lado Negro da Força e de como é possível até enganar a morte, o que lhe ajudaria com Padmé. No começo, Skywalker rejeita a proposta e chega a ameaçar Palpatine, mas quando Mance Windu chega para prender o chanceler e o jovem Jedi vê a possibilidade de sua única salvação ir embora, entra em desespero e protege Palpatine, matando Windu. Sidious encara isso como um ato de alta lealdade e confere Anakin como seu novo discípulo, rebatizando-o de Darth Vader.

A queda de Anakin.
A queda de Anakin.

Enquanto isso, Obi-Wan parte em uma arriscada missão para deter o General Grievous, parando no planeta Utapau, onde consegue a vitória nas Guerras Clônicas com a ajuda do exército dos clones e a raça de wookies.

Em Coruscant, Palpatine convence Anakin a eliminar a Ordem Jedi e, auxiliado por um batalhão de clones, Darth Vader simplesmente mata todos os Cavaleiros Jedi, inclusive, as crianças. Yoda e Obi-Wan chegam ao Templo Jedi e descobrem que Anakin os traiu e caiu ao Lado Negro. Kenobi vai até Padmé para alertá-la do que aconteceu e ela entra em desespero, pegando uma nave e indo para o planeta vulcânico de Mustafar, onde o jovem foi eliminar os últimos líderes dos Separatistas. Obi-Wan vai escondido na nave.

No Senado, o Chanceler Palpatine conta sua versão da história – de que os Jedi traíram a República a atentaram contra a sua vida, deixando-o terrivelmente deformado, e o Senado lhe dá plenos poderes, fazendo com que se torne Imperador. Em seguida, Darth Sidious é confrontado por Yoda, mas o Jedi é derrotado e precisa fugir.

Palpatine se torna o Imperador.
Palpatine se torna o Imperador.

Em Mustafar, Anakin é confrontado por Padmé, mas ao perceber que Obi-Wan estava na nave, o jovem acha que ela o traiu e usa seus poderes para estrangulá-la. Kenobi impede o ex-aprendiz de matar a própria esposa, e os dois saem em uma batalha furiosa. Obi-Wan é o vencedor, deixando Anakin mutilado e todo queimado de lava vulcânica para trás. Mas Palpatine ainda consegue salvar seu novo aprendiz e por meio de uma série de implantes cibernéticos, termina a transformação do jovem Skywalker em Darth Vader.

Escondidos, Obi-Wan e Yoda conseguem manter Padmé viva até o momento do parto, onde nasce um casal de gêmeos. A pequena Leia é entregue ao Senador Bail Organa, que a leva para o planeta Alderaan, enquanto o pequeno Luke é levado por Kenobi de volta para Tatooine e entregue ao jovem casal Owen Lars e Beru.

A resposta a A Vingança dos Sith foi muito melhor do que aos dois anteriores e o filme foi um grande sucesso, embora o gosto amargo dos Episódios I e II também tenha pesado sobre si.

***

Clone Wars: sucesso na TV.
Clone Wars: sucesso na TV.

Ainda assim, a boa repercussão do Episódio III rendeu dois bons frutos que serviram para manter viva a saga Star Wars e conquistar as novas gerações: as animações Clone Wars e Rebels.

  • Star Wars – Clone Wars: esta animação ganhou até um longametragem para o cinema, em 2008, e mostra em detalhes as Guerras Clônicas das quais vemos o início no Episódio II e o fim no Episódio III. Focada em Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi, o programa é de boa qualidade, foi realizado em 3D e exibido no canal Cartoon Network, ao longo de 06 temporadas e 121 capítulos, entre 2008 e 2014.
  • Star Wars – Rebels: a animação foca nos eventos que levam ao surgimento da Aliança Rebelde, preenchendo o longo espaço entre os Episódios III e IV. Iniciou sua exibição em de 2015 e, em 2017, está na sua terceira temporada. É um programa de qualidade e apresenta uma série de novos personagens interessantes.

[Daqui para baixo, começa a Atualização do Post]

Com a Compra da LucasFilm pela Disney Company, Star Wars virou uma franquia mais expansiva, de modo que vemos agora a ampliação do universo criado por George Lucas, mas sem seu envolvimento direto, pois o produtor se aposentou.

STAR WARS – O DESPERTAR DA FORÇA, 2015

Dirigido por J.J. Abrams. Escrito por Lawrence Kashdan e J.J. Abrams.

Elenco: John Boyega (Finn), Daisy Ridley (Rey), Adam Driver (Kylo Ren), Oscar Isaac (Poe Dameron), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Leia Morgana), Andy Serkis (Supremo Líder Snoke), Domhnall Gleeson (General Hux), Lupita Nyong’o (Maz Kanata), Gwendoline Christie (Capitã Phasma), Anthony Daniels (C3PO), Peter Mayhew (Chewbacca), Kenny Baker (R2D2), com participações especiais de Max von Sydow (Lor San Tekka) e Mark Hamill (Luke Skywalker).

Star-Wars-VII official poster oct-15
O novo filme: legado.

A tão sonhada Terceira Trilogia finalmente vira realidade. Trinta anos após a queda do Império, a Galáxia não vive exatamente um paraíso: a Nova República sofre resistência de vários sistemas; a antiga Aliança Rebelde se transformou na Resistência, uma organização paramilitar de combate aos insurgentes; e os resquícios do Império se agruparam na Primeira Ordem. Porém, a República subestimou a força e o tamanho da Primeira Ordem, que liderada pelo misterioso Líder Supremo Snoke, está prestes a lançar um ataque mortal.

Star-Wars-VII official kylo ren and lightsabre
Kylo Ren: o perturbado novo vilão.

Somos apresentados aos representantes desse novo mundo. O stormtrooper conhecido apenas como Finn resolve desertar em meio a uma importante missão, na qual o mascarado Kyle Ren busca o rebelde Lor San Tekka em busca de um drive que contém pistas sobre o paradeiro do lendário Cavaleiro Jedi Luke Skywalker, há 15 anos desaparecido. Ren é o líder dos Cavaleiros de Ren e parece ser um Sith, pois tem bom uso da Força e posse de um sabre de luz. Em sua missão, faz como prisioneiro o piloto da Resistência Poe Dameron, que vinha buscar o drive para entregar à irmã do Jedi, a General Leia Organa.

Star-Wars-VII official finn and rey running
Rey e Finn fogem dos stormtroopers.

Decidido a escapar, Finn resolve libertar Dameron em troca desse o ajudar a fugir. A dupla é perseguida e cai no desértico e isolado planeta de Jakur. O stormtrooper pensa que o piloto morreu e parte em busca de uma cidade, onde tenta se passar por um rebelde, quando encontra a catadora de lixo Rey, que vive de coletar sobras de velhas naves e vender na sucata em troca de comida. Perseguidos pela Primeira Ordem, a dupla embarca em uma nave abandonada – a Millenium Falcon – e parte rumo ao espaço profundo. Mas ao ativarem a nave, permitem que o velho dono dela a rastreie: o contrabandista Han Solo e seu parceiro Chewbacca. Solo está separado de Leia por causa de alguma tragédia relacionado ao filho deles. Quando descobre que Finn e Rey possuem informações que podem levar ao paradeiro de Luke, Han decide levá-los até o covil da Resistência.

Star-Wars-VII official han solo and chewie
Chewbacca e Han Solo de volta.

Com todos reunidos, descobrem que a Primeira Ordem está construindo outra super-arma no estilo da velha Estrela da Morte, mas agora chamada de Starkiller, e traçam um plano para impedi-los usando Finn. Ao mesmo tempo, descobrimos que Kylo Ren é ninguém menos do que Ben Solo, o filho de Leia e Han, e que caiu para o Lado Negro da Força, seduzido por Snoke quando Luke tentou treinar uma nova geração de Jedi.

star-wars-force-awakens-leia-in-the-base
A General Leia Organa.

Enquanto tentam realizar seu plano, Han, Finn e Rey vão em busca de informações na catina de Maz Kanata, porém, Rey ouve um “chamado” e termina encontrando um velho sabre de luz guardado em um depósito. Ao tocá-lo, a jovem é bombardeada por vozes e lembranças que não são suas, promovendo um despertar da Força nela. Kanata explica que aquela arma tinha pertencido a Anakin Skywalker (o pai de Luke e também secretamente Darth Vader) e tinha sido herdada (e perdida) por Luke. O despertar, contudo, também é sentido por Snoke e Ren, que conseguem capturar Rey.

star wars the force awekens rey and ren torture scene
Kylo Ren tenta seduzir Rey ao Lado Negro da Força.

Kylo Ren tenta seduzir Rey para o Lado Negro da Força, mas a moça se mostra incrivelmente poderosa e resiste às tentativas, conseguindo hipnotizar um stormtrooper e fugir. Ainda assim, a Primeira Ordem usa a Starkiller e destrói todos os planetas que formam a Capital da República.

Na busca de resgatar Rey e destruir a Starkiller ao mesmo tempo, há o reencontro entre Han Solo e seu filho. Embora aparentemente tocado pela tentativa do pai em regenerá-lo, Kylo Ren opta por matar o próprio pai e abraçar o Lado Negro. Enquanto Chewie consegue armar as bombas que irão destruir a Starkiller (e com isso o próprio planeta onde estão), Finn tenta deter Ren usando o sabre de luz, mas não é páreo para o uso da Força de Ben Solo, sendo quase morto. Mas Rey consegue chegar a tempo de impedir entrando em furiosa batalha com Ren. Apesar da moça não ter nenhum tipo de treino com o sabre de luz, a Força é tão forte nela que é capaz de vencer o líder dos Cavaleiros de Ren com certa facilidade.

star wars the force awekens rey and ren in battle 2
Ren versus Rey.

Ren consegue fugir, embora bastante machucado; enquanto de volta ao lar da Resistência o drive resgatado por Poe é conectado no R2D2, que projeta o mapa da galáxia finalmente desvendando o paradeiro de Luke. O filme termina com Rey e Chewie indo ao tal planeta e a jovem encontrando o velho mestre Jedi e entregando o sabre de luz de volta para ele.

O Despertar da Força criou uma expectativa enorme dos fãs no mundo todo e, claro, foi um sucesso esmagador de bilheteria, ultrapassando a marca de US$ 1 bilhão e sendo o maior sucesso da história da franquia sem as correções da inflação. A maior parte da crítica gostou do longa, elogiando os novos personagens e a fotografia limpa e bonita do filme, que aposta mais em efeitos práticos do que apenas no digital. No lado negativo, alguns se queixaram do excesso de paralelismo entre o novo capítulo e o Episódio IV – Uma Nova Esperança; pois a estrutura (e algumas situações) de ambos são muito parecidos.

ROGUE ONE – UMA HISTÓRIA DE STAR WARS, 2016

Dirigido por Gareth Edwards, com história de John Knoll e Gary Whitta e roteiro de Chris Weitz e Tony Gilroy.

Elenco: Felicity Jones (Jyn Erso), Diego Luna (Capitão Cassian Andor), Mads Mikkelsen (Galen Erso), Ben Mendelsohn (Diretor Orson Krennic), Forest Whitaker (Saw Guerrera), Donnie Yen (Chirrut Imwe), Jiang Wen (Baze Malbus), Riz Ahmed (Bohdi Rook), Alan Tudyk (K-2SO), Genevieve O’Reilly (Senadora Mon Mothma), Guy Henry (Grand Moff Tarkin), Valene Kane (Lyra Erso), Beau Gadsdon e Dolly Gadsdon (jovem Jyn Erso), Ian McElhinney (General Dodonna), com participação especial de James Earls Jones (voz de Darth Vader), Spencer Wilding e Daniel Naprous (físico de Darth Vader), Jimmy Smits (Senador Bail Organa), Ingvil Deila (Princesa Leia).

rogue onde banner with caracters
Poster de Rogue One.

Rogue One marca o início da experimentação dentro da franquia Star Wars em sua nova casa, a Disney. É a estreia da linha de filmes chamados Star Wars Anthology, que irá reunir histórias derivadas da saga principal, podendo ser prelúdios, juventudes de personagens ou contos de origem. A premissa de Rogue One é sensacional e um ótimo ponto para começar: Episódio IV – Uma Nova Esperança inicia com um texto de abertura informando que uma arriscada missão da Aliança Rebelde conseguiu roubar os planos da Estrela da Morte e o filme começa com Darth Vader atacando a nave da Princesa Leia, que está de posse dos planos para entregar aos seus aliados.

Rogue One conta justamente como foi essa missão arriscada.

rogue-one-cassian-and-jyn
Cassian e Jy Enso

A trama começa com um longo flashback na qual vemos o cientista Galen Erso, a esposa Lyra e a pequena filha Jyn vivendo escondidos em um planeta remoto, quando são localizados por uma esquadra imperial liderada pelo Diretor Orson Krennic. Ficamos sabendo que os dois trabalharam juntos no passado e que Erso fugiu por não concordar mais com a ideologia do Império. Na tensão que se segue, Lyra termina morta ao tentar atacar os stormtroopers e Galen é levado de volta, mas a pequena Jyn consegue fugir, pondo em prática um plano pré-estabelecido de fuga. A menina é resgata por Saw Guerrera, um graduado membro da Aliança Rebelde (e um personagem advindo da animação Rebels).

rogue-one-erso
Galen Erson é o cientista rebelde infiltrado no Império.

Cerca de dez anos depois, Jyn Erso está prisoneira do Império em um campo de trabalhos forçados, usando um nome falso, mas é resgatada pela Aliança na figura do Capitão Cassian Andor e o robô imperial reprogramado K-2SO. Embora criada na Aliança, Jyn se mostra cética em relação à guerra civil e finge não ter um lado, mas Andor lhe informa sua missão: o pai dela estava envolvido na criação de uma superarma do Império, mas enviou por meio de um piloto de cargas renegado uma mensagem demonstrando uma falha importante, para ser entregue a Saw Guerrera, que agora não está mais ligado à Aliança, mas comanda um grupo de extremistas no sagrado planeta de Jedda, antigo ponto de peregrinação ao culto da Força.

rogue-one-deathstar
A Estrela da Morte.

Enquanto isso, Krennic está no comando das obras da estação orbital conhecida como Estrela da Morte, que está quase finalizada, depois de 20 anos para desenvolver a tecnologia necessária. A arma utiliza os cristais kyber como combustível aos raios de energia, os mesmos usados na fabricação dos velhos sabres de luz, e que são abundantes em Jedda. Com isso, as rajadas da estação têm o potencial de destruir um planeta inteiro. O filme dá indicativos de que os cristais estão, de algum modo, vinculados à Força e à crença nela, de modo que Jyn usa um colar com um pedaço deles dado por sua mãe, que cria na Força.

rogue-one-vfx-moff-tarkin-1200x675-c
Tarkin é recriado digitalmente para Rogue One.

O Império está insatisfeito com a demora nas obras e exige um teste imediatamente. O Grand Moff Tarkin, um dos mais graduados oficiais do Império, vai supervisionar pessoalmente a ação e Krennic decide atacar a capital de Jedda para demonstrar o poder da estação orbital e ao mesmo tempo eliminar os extremistas que lá atuam.

rogue-one-saw-gerrera-2
Saw Guerrera.

Ao mesmo tempo, a equipe de Cassian está em Jedda em busca de Saw Guerrera. Eles vão ao Templo Jedi em busca de informações e presenciam o ataque dos extremistas aos imperiais que ocupam pesadamente a cidade. Em meio à confusão Cassian, Jyn e K2 são auxiliados por dois Defensores do Templo: Chirrut Imwe e Baze Malbus, o primeiro um cego que consegue lutar guiado pela Força e o segundo um brutamontes armado de uma bazuca.  Após se envolverem na batalha, eles terminam se rendendo aos extremistas e são levados até Guerrera, que se surpreende ao ver Jyn com eles. (Ficamos sabendo que a menina foi criada por ele até os 16 anos, quando fugiu para seguir seu próprio rumo desapontada com seu mentor; enquanto ele se justifica que ela se tornou a melhor dos soldados dele e isso estava criando problemas na organização).

rogue-one-darth-vader-and-krennic-2
Diretor Krennic: ótimo vilão.

Enquanto a Estrela da Morte dispara contra a capital e cria uma reação em cadeia que irá arrasar a maior parte da superfície do planeta, Jyn consegue assistir à mensagem holográfica de seu pai, que explica que na impossibilidade de lutar contra o Império por fora, decidiu fazê-lo por dentro, construindo a superarma, mas deixando uma grande falha nela e as instruções de usá-la: uma abertura central, pequena o suficiente para ser confundida com um tubo de ventilação que liga a superfície da estação ao reator central e que se atingido por um torpedo de prótons irá destruir toda a instalação imediatamente. Com muito custo, a equipe de Cassian foge de Jedda, levando os dois templários e o piloto renegado, Bohdi Rook.

rogue-one-jyn-prisioneer-by-k2so
Jyn e K-2SO em Jedda.

Com o sucesso do teste, o almirante Tarkin decide tomar para si o comando da Estrela da Morte, destituindo Krennic por sua maior falha: uma misteriosa mensagem que foi enviada do “canteiro de obras” da estação e chegou à Jedda e aos Rebeldes. Enquanto isso, Cassian leva todos a Yavin IV, onde está escondida a principal base rebelde para que Jyn Erso informe sobre a falha da superarma. Enquanto boa parte do Conselho da Aliança cogita se render, Jyn vê crescer em si o desejo de completar a missão de seu pai, fazendo as pazes com seu passado rebelde.

Em vista da relutância da Aliança, Jyn decide ir completar a missão ela mesma, no que consegue a adesão do Capitão Andor e todo o seu esquadrão. A missão é ir até o planeta Scariff, onde está o centro de comunicações do Império e encontrar os arquivos físicos com os planos da Estrela da Morte. A líder da Aliança, Mom Mothma também designa o aliado Senador Bail Organa, do planeta Alderan, de organizar o apoio da missão, no que ele envolverá sua própria filha (a Princesa Leia) e o seu “amigo Jedi” (Obi-Wan Kenobi) – explicando como esses importantes personagens se envolvem nesta trama.

rogue-one-darth-vader-and-krennic
Krennic se encontra com Darth Vader.

O Diretor Krennic vai ao planeta Mustafar encontrar o braço direito do Imperador, o Lorde Sith Darth Vader, para apresentar a queixa por ter sido destituído e o Lorde Sith lhe informa que o vazamento da informação precisa ser contido para ele recuperar seu prestígio. Então, Krennic se dirige às instalações científicas na qual Galen Erso trabalha. Ao mesmo tempo, a Aliança ordenou um ataque mortal às instalações e a missão de Cassian é – secretamente – matar Galen. Porém, o vínculo com Jyn e o fato dele ter ajudado a Aliança fazem o Capitão hesitar, embora Galen termine sendo morto pelo ataque das naves X-Wing.

rogue-one-battle-on-the-beach-1
Batalha em Scariff.

O grupo vai a Scariff e usa uma nave imperial de carga para passar pelo escudo que protege o planeta de um ataque. A missão consiste em roubar os drives e transmiti-los ao espaço, de onde seriam levados em segurança. Usando táticas de guerrilha, o batalhão apelidado de Rogue One se infiltra no planeta e vai silenciosamente ganhando espaço até ter sua presença percebida. Krennic também está no planeta, pois precisa do backup de todas as mensagens enviadas pelo Império nos últimos tempos para localizar o conteúdo da mensagem de Galen. O pelotão dele também se junta à batalha, o que põe o Rogue One em sério perigo, pois mesmo com uma frota inteira de Rebeldes atacando os Imperiais no Espaço, apenas poucas naves X-Wing conseguem penetrar no planeta por causa do escudo.

rogue-one-battle-on-the-beach-2
Filme de guerra.

A batalha segue encarniçada e os membros do Rogue One – Imwee, Malbus, Rook, K2 – vão morrendo um a um, enquanto Cassian e Jyn estão no Centro de Comunicação tentando roubar os arquivos. A dupla é interceptada pelo próprio Krennic, mas Cassian consegue detê-lo há tempo de Jyn enviar a mensagem com os dados a uma das naves rebeldes no Espaço. Sabendo do ataque, Tarkin movimenta a Estrela da Morte até Scariff e decide usar a mesma estratégia de Jedda, disparando um raio que eliminará a todos em superfície, incluindo Jyn, Cassian e Krennic, que morrem na explosão. 

rogue-one-storm-troopers-on-the-beach
Stormtroopers.

No espaço, a nave rebelde tenta transferir os dados para um drive, mas é atacada diretamente por Darth Vader e seu pelotão. O Lorde Negro vai eliminando os rebeldes no meio do caminho, mas um golpe de sorte permite que o drive seja entregue a outra nave, do planeta Alderan, comandada pela Princesa Leia Organa, que recebe o disco e parte em fuga. Assim, Rogue One termina apenas alguns minutos antes do início de Episódio IV: Uma Nova Esperança.

Embora uma pequena parcela dos fãs tenha ficado confusa com o filme – que tem um clima muito mais sombrio, pesado e violento do que uma obra-padrão de Star Wars – a maioria gostou e a crítica também, o que rendeu um grande sucesso e outra bilheteria na casa do US$ 1 Bilhão.

Além disso, é preciso anotar que um elemento de Rogue One chamou bastante a atenção: como o ator Peter Cushing que fez o vilão Tarkin em Uma Nova Esperança (de 1977) faleceu em 1994, a LucasFilm recriou digitalmente a face dele e sobrepôs à atuação de Guy Henry, que faz o corpo e voz do personagem no filme. Nunca antes um ator foi ressuscitado digitalmente dessa forma para fazer parte de um personagem importante em um filme. (O mais próximo disso foi o Jor-El de Marlon Brando, morto em 2004, usado em Superman – O Retorno, de 2006, como um tipo de projeção holográfica e repetindo falas que tinha dito originalmente para o Superman – O Filme, de 1978).

A nova LucasFilm passou no teste com Rogue One e, enquanto Os Últimos Jedi (o Episódio VIII) chega aos cinemas em dezembro dando sequência à saga principal, o próximo Anthology trará a juventude de Han Solo, em 2018.

Anúncios