Mulher-Maravilha: mistérios continuam.
Mulher-Maravilha: mistérios continuam.

Esta semana iniciaram as filmagens de Mulher-Maravilha, filme que adaptará a mais icônica das super-heroínas, publicada nas revistas da DC Comics e levada aos cinemas pela Warner Bros.. Portanto, pode se preparar para um número cada vez maior de informes sobre o longametragem da princesa amazona. As filmagens iniciaram em Londres e a primeira imagem veio à tona: o ator francês Saïd Taghmaoui (de Trapaça) publicou no Twitter uma fotografia dele ao lado de Chris Pine, que vive o principal papel masculino. A imagem causou alguma repercussão, mas depois o ator apagou a postagem.

Imagem aprofundou alguns mistérios do filme, pois Pine e Taghmaoui aparecem claramente com roupas de época. Todos sabem que Mulher-Maravilha é, em parte, um filme de época (sendo a Guerra da Criméia, a I Guerra Mundial e a II Guerra Mundial como o tempo da trama, dependendo da fonte) e que Pine viverá Steve Trevor, que nas HQs é o maior interesse amoroso de Diana Prince e, nas histórias atuais, também é um agente do alto escalão do Governo dos EUA e o principal contato entre a Liga da Justiça e a ONU.

Taghmaoui e Pine: trajes do passado.
Taghmaoui e Pine: trajes do passado.

As maiores apostas, até agora, é que Trevor estaria na seção do presente no filme, ou seja, se passando nos dias atuais. Mas de algum modo ele está na parte do passado. Como? Essa é uma pergunta sem resposta: será que Trevor será um personagem do passado da Mulher-Maravilha? (Tal qual o é Peggy Carter para o Capitão América na concorrente Marvel). Trevor conseguirá de algum modo romper o tempo? (Ficando imortal ou algo assim?). Haverá dois Steve Trevors, um do passado e outro do presente? (Um recurso muito comum no cinema, em que um indivíduo e seu antepassado são retratados pelo mesmo ator, como modo de garantir que são parecidos ou algo do tipo). Chris Pine interpretará dois papeis diferentes, tipo um alguém e Steve Trevor? (Trevor no passado, Hal Jordan no presente 😉 ?).  Respostas só mais tarde…

Quanto a Saïd Taghmaoui, o ator afirmou algo curioso à revista francesa Ultra:

Estou interpretando um super-herói, mas os detalhes são segredo, então, não posso falar muito.

E também comentou o processo de seleção do elenco:

Estive entre centenas de potenciais candidatos e lentamente me tornei o favorito. Não foi fácil e durou três meses. [A preparação] envolveu extenso treinamento físico. As filmagens estão marcadas para começar em novembro e durarão seis meses, em quatro países diferentes.

Taghmaoui vive um super-herói? Qual deles? Outro mistério!

Por fim, sabemos que Mulher-Maravilha terá gravações na Inglaterra e na Itália (em Basilicata, também chamada Lucana), mas o ator afirma que haverá ainda outros dois países. Quais serão?

Antes de seu filme solo, a Mulher-Maravilha faz sua estreia no cinema em Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, que sai em março de 2016.

Wonder-Woman tem roteiro de Jason Fuchs (de Pan) e a direção de Patty Jenkins (de Monster). O elenco traz até agora: Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Chris Pine (Steve Trevor) e Saïd Taghmaoui (papel não-revelado); enquanto Nicole Kidman negocia para viver Hipólita, a mãe da heroína; e Sean Bean e Eva Green são rumorizados para os papeis de Ares, o deus da guerra e a feiticeira Circe, respectivamente. As filmagens já começaram na Inglaterra e devem passar pela Itália e outros países. A data de estreia está marcada para 23 de junho de 2017.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Advertisements