O Clube do Inferno: vilões dos X-Men.
O Clube do Inferno: vilões dos X-Men.

Uma notícia surpresa chegou no final da noite de ontem: a Marvel Entertainment (o braço multimídia originário da editora Marvel Comics) e o estúdio 20th Century Fox entraram em acordo e irão produzir conjuntamente séries de TV derivadas dos X-Men e já anunciaram dois produtos: Clube do Inferno e Legião.

Clube do Inferno será baseada no clube secreto de milionários vilões, cujo núcleo principal, o chamado Ciclo Interno, é formado de poderosos mutantes, que atuam nas histórias dos X-Men desde o fim dos anos 1970, criados por Chris Claremont, Dave Crockum e John Byrne. O Clube apareceu nos cinemas no filme X-Men – Primeira Classe, representado por dois de seus mais famosos membros: Sebastian Shawn e Emma Frost, respectivamente, o rei negro e a rainha branca (eles usam as peças de xadrez como títulos de hierarquia).

O presidente da Fox Broadcasting, David Madden divulgou uma pequena sinopse da trama:

Clube do Inferno se passará no fim dos anos 1960. A série, que será produzida pela 20th Century Fox e pela Marvel Television, seguirá um jovem Agente Especial que descobre que uma raivosa e poderosa mulher com habilidade estraordinárias está trabalhando com uma sociedade clandestina de milionários – conhecidos como Clube do Inferno – para tomar o controle do mundo!

Repare que a ambientação do programa segue a mesma do filme mencionado, na década de 1960. A série é criada e produzida por Evan Katz, Manny Coto, Patrick McKay e J.D. Payne.

David Haller, o Legião.
David Haller, o Legião.

Legião irá retratar o jovem David Heller, um mutante superpoderoso.

Desde que era um adolescente, David tem que lidar com uma doença mental. Diagnosticado como esquizofrênico, David tem entrado e saído de hospitais psiquiátricos por anos e anos. Mas após um estranho encontro com um colega paciente, ele é confrontado com a possibilidade de que as vozes que ele ouve e as visões que ele têm podem ser reais!

Nos quadrinhos, Legião é nada menos do que filho de Charles Xavier, o Professor X, líder dos X-Men, e além de ser também um poderoso telepata, o jovem sofre de um seríssimo problema de múltiplas personalidades. As série será escrita e produzida por Noah Hawley (de Bones e Fargo).

Ambas as séries terão produção executiva de Lauren Shuler Donner (a produtora dos filmes dos X-Men), Bryan Singer (diretor dos filmes dos X-Men), Simon Kinberg (escritor dos filmes dos X-Men), Jeph Loeb (da Marvel Television), Jim Chory (da Marvel Television) e John Cameron ( de Fargo e O Grande Lebowski).

A produção das séries é um passo importante, já que a Fox não tinha direitos para adaptar os X-Men às telinhas e precisou fazer um acordo com a Marvel, e sabemos que as relações entre as duas empresas não têm andado bem já há muito tempo.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

 

Anúncios