A nova Legião? Retorno aos palcos!
A nova Legião? Retorno aos palcos!

Em seu blog no jornal Estado de São Paulo (o Estadão), Marcelo Rubens Paiva afirmou hoje que a Legião Urbana, a banda de rock de maior sucesso da história do Brasil, irá retomar as atividades e fazer uma turnê. Segundo ele, os vocais ficarão a cargo de Andre Frateschi, cantor do circuito alternativo e de bares de São Paulo, que ocupará o lugar de Renato Russo, lendário cantor e compositor, líder do grupo, falecido em 1996.

A “reunião” da Legião Urbana é fruto do fim da batalha judicial que envolveu o nome do grupo após a morte de Renato Russo. A família dele, liderada pelo herdeiro Guiliano Manfredini, desde então, tenta proibir que Dado Vila-Lobos (guitarra) e Marcelo Bonfá (bateria), os membros remanescentes da banda, usem o nome do conjunto ou tenham qualquer tipo de participação nas decisões artísticas e comerciais em torno da marca.

O litígio se arrastou por quase 20 anos e se resolveu nos tribunais em 2014, com a Justiça dando ganho de causa a Vila-Lobos e Bonfá. Em consequência, a dupla ficou permitida de usar o nome da banda e até excursionar, respeitando 12 meses após a decisão.

A Legião Urbana original, com Vila-Lobos, Russo e Bonfá.
A Legião Urbana original, com Vila-Lobos, Russo e Bonfá.

Segundo o Estadão, a Legião já ensaia em estúdios do Rio de Janeiro e prepara seu retorno. Nas imagens que Bonfá vem publicando no Facebook aparecem, além da dupla remanescente, Andre Frateschi e o baixista do Planet Hemp, Mauro Berman, conhecido como Formigão.

A revista Rolling Stone Brasil já apurou que se planeja uma turnê de 25 datas passando por todo o Brasil até novembro. A direção do espetáculo será de Felipe Hirsch.

A última reunião do grupo foi em um show tributo em 2012, no qual os vocais ficaram com o ator Wagner Moura. Naquele mesmo ano, a dupla também tinha se apresentado no Programa Altas Horas da Rede Globo.

[Atualizado, 01/09: O guitarrista Dado Vila-Lobos deu uma entrevista exclusiva ao site Ligados na Música, esclarecendo alguns pontos da reunião, que causou algumas reações negativas na imprensa e no público pela “pretensa” audácia de “substituir” Renato Russo no grupo.

Vila-Lobos e Bonfá: esclarecimentos.
Vila-Lobos e Bonfá: esclarecimentos.

Ao site, o músico disse:

É apenas uma comemoração dos 30 anos do disco [de estreia da banda, homônimo, de 1985]. O André [Frateschi] será uma espécie de MC cantor. Eu e Bonfá cantaremos algumas [das canções] e haverá ainda convidados, como o Jonnata Doll, Lia Paris e Paulo Miklos. O que houve [a reação negativa] foi um grande ruído de comunicação.

O site ainda informa que a gravadora Universal Music, atual dona do catálogo da EMI no Brasil, está cogitando lançar uma edição especial do álbum Legião Urbana, de 1985, que traz canções clássicas, como Será, Ainda é Cedo e Geração Coca-Cola. Fim da Atualização].

A Legião Urbana se formou em Brasília em 1982 e lançou seu primeiro disco três anos depois, tornando-se o grupo de maior sucesso (e prestígio) do rock brasileiro em toda a sua história. Liderado pelo cantor e compositor Renato Russo, contava com Dado Villa-Lobos (guitarras) e Marcelo Bonfá (bateria). A banda lançou nove álbuns oficiais de estúdio  e encerrou as atividades por causa da morte de Russo, aos 36 anos, em 1996, em decorrência de complicações causadas pelos vírus HIV.

Conheça a Discografia Completa da Legião Urbana clicando aqui!

Anúncios