Logo oficial do filme.
Logo oficial do filme.

Capitão América – Guerra Civil, sequência de Capitão América 2 – O Soldado Invernal e fecho da trilogia das aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney Company, encerrou as filmagens no fim da semana passada, sob muito mistério e muita ansiedade dos fãs. Dentre as especulações, estavam como seria a divisão dos times rivais que vão emergir a partir da trama da obra. Alguns dias atrás, uma suposta lista dessas equipes havia sido informada, mas agora, o site Comic Book Movie revela artes promocionais do longametragem que, a despeito de não terem sido divulgadas pela própria Marvel, oficializam quem está ao lado de quem.

Veja nas imagens abaixo, os times de Steve Rogers e Tony Stark que surgiram a partir da Lei de Registro de Superseres, que divide os dois aliados, com o primeiro se opondo à regra e o segundo apoiando-a.

O time do Capitão América.
O time do Capitão América.

Ao lado do Capitão América, estão Homem-Formiga, Gavião Arqueiro, Sharon Carter, Falcão e o Soldado Invernal.

Ao lado do Homem de Ferro, estão Máquina de Combate, Viúva Negra, Pantera Negra e Visão.

O time do Homem de Ferro.
O time do Homem de Ferro.

De cara, chama a atenção duas coisas: as ausências de Homem-Aranha e Feiticeira Escarlate. A lógica supõe que o aracnídeo favorito dos fãs estará ao lado do Homem de Ferro, mimetizando a obra original dos quadrinhos, no qual Tony Stark utiliza do apreço comum pela tecnologia como uma estratégia de “ganhar” Peter Parker para seu lado, inclusive, incrementando seu uniforme e colocando novos recursos à sua disposição. Os fãs até esperam que o cabeça de teia repita a trajetória da HQ, começando o conflito ao lado do vingador dourado, mas depois, decepcionado e alarmado com as atitudes extremas e anti-éticas de Stark, termina virando a casaca e descambando para o time do Capitão América.

Quanto à Feiticeira Escarlate, os rumores anteriores – do site Heroic Hollywood – diziam que ela estará no time do Capitão América. Sua ausência na promo art, contudo, chama a atenção e lança ideias: será que ela será um tipo de carta na manga para um segundo momento da trama?

Além disso, não custa comentar que o Pantera Negra aparece no time de Stark, quando o presidente do Marvel Studios já tinha dito em entrevistas que a figura do Pantera Negra seria uma posição intermediária entre os dois polos opostos e que o personagem teria uma “agenda própria” no filme.

Os times em conflito.
Os times em conflito.

Por fim, é curioso que a figura de Sharon Carter, que não é uma vingadora, mas uma ex-agente da SHIELD, aparece no time do Capitão América. Nenhuma surpresa ela estar ao lado de Steve Rogers (nos quadrinhos eles são namorados e o romance deve até começar neste filme), mas sua posição dá a entender um papel maior da Agente 13 na trama do que se esperava antes.

Em outra notícia relacionada ao filme, rumores afirmam que, dentre as últimas cenas gravadas na semana passada, estava uma batalha entre o Capitão América e o Homem-Aranha. É realmente algo que os fãs esperam ver e que também ocorre na HQ original. Também foi dito que o protagonista do filme irá enfrentar o Homem de Ferro pelo menos duas vezes e que, numa delas, terá a ajuda do Soldado Invernal.

O personagem Bucky Barnes terminou O Soldado Invernal em uma situação indefinida – se se recuperou ou não da lavagem cerebral da HIDRA – mas com certeza sua recuperação total ocorrerá em Guerra Civil, restando saber se ele já inicia o longametragem são ou irá recobrar a consciência ao longo da trama. Também é importante salientar que Tony Stark tem motivos pessoais para caçar Barnes, já que em O Soldado Invernal o vilão Armin Zola diz a Steve Rogers que Barnes é o assassino dos pais do Homem de Ferro, simulando um acidente para encobrir sua ação.

***

Civil War foi publicada como um minissérie em sete partes, entre 2006 e 2007, com roteiro de Mark Millar e arte de Steve McNiven, sendo a história da Marvel mais importante daquela década, mudando o status quo dos personagens por anos.

No filme, uma tragédia fará o Governo dos EUA baixar uma lei que exige o controle dos superhumanos, abrindo um debate acirrado entre o Homem de Ferro (que defenderá a lei) e o Capitão América (que julgará que ela fere dos os direitos civis). O Homem-Aranha terá uma participação importante no filme como alguém que fica dividido entre as duas facções. Além de Tony Stark assumir um papel quase vilanesco, também teremos como vilões o Barão Zemo e Ossos Cruzados. Os personagens dos filmes do Capitão – Soldado Invernal, Falcão, Sharon Carter – e dos outros filmes da Marvel – Viúva Negra, Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate, Visão, Máquina de Combate e o estreante Pantera Negra – participarão do filme e se dividirão entre as duas facções. Guerra Civil também servirá de “abre-alas” para Vingadores – Guerra Infinita Parte 1 e Parte 2, que estreiam em 2018 e 2019, respectivamente.

Captain America – Civil Wartem direção dos irmãos Joe Anthony Russo e roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeelyO elenco tem Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Robert Downey Jr.(Tony Stark/ Homem de Ferro), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra),  Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados) Daniel Brühl (Barão Zemo), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), Jeremy Renner (Clint Barton/ Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/ Feiticeira Escarlate), Paul Bettany (Visão), Paul Rudd (Scott Lang/ Homem-Formiga), Don Cheadle(Coronel Jim Rhodes/ Máquina de Combate), Chadwick Boseman (T’Challa/ Pantera Negra), Martin Freeman (papel não-revelado), com participação especial de Tom Holland (Peter Parker/ Homem-Aranha) e Hayley Atwell (Peggy Carter). O longametragem é o primeiro da Fase 3 do Universo Marvel nos Cinemas. As filmagens estão ocorrendo em Berlim, na Alemanha e a estreia será em 06 de maio de 2016.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Anúncios