Ciclope e Destrutor nos quadrinhos: irmãos?
Ciclope e Destrutor nos quadrinhos: irmãos?

O diretor Bryan Singer usa – espertamente – sua conta no Twitter para criar hype em cima de seus filmes  e hoje trouxe mais uma pequena revelação sobre X-Men – Apocalipse, sequência de X-Men – Dias de um Futuro Esquecido, terceiro filme da série que mostra as origens do supergrupo de heróis mutantes da Marvel Comics levado aos cinemas pela 20th Century Fox. Ao postar uma fotografia dos sets de filmagem hoje, ele colocou a legenda: “pais de Ciclope e Destrutor assistem ao fim do mundo que eles conhecem pela tela da TV”. Isso confirma que Scott e Alex Summers, respectivamente, são mesmo irmãos no cinema.

Este pequeno detalhe – bastante importante aos fãs – é algo que até hoje não tinha sido esclarecido. Afinal, Alex Summers, o Destrutor aparece como um jovem adolescente em 1962 em X-Men – Primeira Classe e um soldado na Guerra do Vietnã em 1973 em X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido. Como Apocalipse se passa em 1983 e Scott Summers é apenas um adolescente no novo filme, sempre ficou parecendo um lapso de tempo muito grande entre os dois irmãos. Pela lógica, Alex teria idade para ser pai de Scott nesses filmes.

O Ciclope do presente e o Destrutor de 1962. Como explicar a diferença de idade?
O Ciclope do presente e o Destrutor de 1962. Como explicar a diferença de idade?

Mas pelo jeito, Bryan Singer vai encontrar alguma maneira de explicar como isso é possível. E ainda nos preocupa como, pois o casal não parece tão velho assim para ser pai de um Alex Summers que era adolescente em 1962. O que a Fox está fazendo? Talvez, nem ela saiba.

Briga de irmãos.
Briga de irmãos.

Nos quadrinhos, as idades dos irmãos são invertidas: Scott Summers é o mais velho, enquanto Alex é dois ou três anos mais novo. A origem das HQs portanto não será usada: nas revistas, o pai deles, Christopher Summers é um piloto de aviões (filho de donos de uma pequena empresa de táxi aéreo) e, em meio a um acidente com a nave, coloca os dois filhos no único paraquedas disponível. Enquanto o casal aparentemente morre no acidente, os irmãos despencam com o paraquedas, que é avariado pelas chamas do avião.

Como consequência, a queda ao chão é mais brusca do que deveria, e Scott bate fortemente a cabeça em uma pedra. Ele passará vários meses em coma, enquanto os irmãos, por serem órfãos, são enviados a um orfanato. A lesão de Scott afetou parte de seus cérebro e será a responsável pelo fato dele jamais poder controlar seu futuro poder mutante de soltar rajadas ópticas. Enquanto Scott está em coma, Alex, por ser mais novo, consegue ser adotado e vai viver com outra família. Já Scott, mesmo depois de recuperado, jamais terá a mesma sorte e ficará no orfanato até os 18 anos de idade.

Veremos o líder dos X-Men? De verdade?
Veremos o líder dos X-Men? De verdade?

No orfanato, Scott desenvolve fortes dores de cabeça – e os médicos pensam que é por causa do acidente, mas é apenas a primeira manifestação de seus poderes mutantes. Após intensa pesquisa, um médico descobre que lentes de quartzo de rubi aliviam as dores e, de fato, esse mineral é o único material capaz de conter as rajadas ópticas que ele se torna capaz de liberar. Por isso, ele precisa usar os óculos o tempo inteiro.

Ao sair do orfanato, Scott vai viver sozinho e termina se envolvendo em encrenca e em crimes, até ser resgatado pelo professor Xavier como o primeiro dos X-Men, sob a alcunha de Ciclope, virando o líder de campo do time. Alex, por sua vez, também desenvolve um poder semelhante ao irmãos – só que rajadas liberadas pelas mãos – e mais tarde terminará ele mesmo ingressando no time também, como Destrutor.

Claro que tudo isso não tem nada a ver com o que a Fox vem desenvolvendo nos filmes até agora.

Um Ciclope adolescente (e problemático, aparentemente) é mostrado em X-Men Origens – Wolverine, inclusive, no momento em que encontra Xavier, mas isso deve ter sido “mudado” pela alteração da linha temporal ocorrida em Dias de Um Futuro Esquecido. Veremos em breve.

E para não perder o costume: mais uma vez o HQRock levanta a bandeira para que a Fox finalmente mostre o verdadeiro Ciclope, aquele cara que é o líder dos X-Men, um estrategista frio e preciso, alguém muito poderoso, um comandante que todos respeitam e não um saco de pancadas coadjuvante do Wolverine como em todos os filmes até agora!

Apocalipse se passará em 1983 e trará a ameaça do vilão homônimo, um dos maiores das HQs originais, e mostrará a real fundação dos X-Men, quando Charles Xavier reúne o time formado por Ciclope, Tempestade, Jean Grey e Fera para atuarem como uma equipe paramilitar que luta pela causa mutante. Outros heróis devem participar do filme, como Wolverine e Gambit.

X-Men – Apocalypse tem história de Bryan Singer e Simon Kinberg (de X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido); com roteiro de Kinberg, Dan Harris e Michael Dougherty (deX-Men 2 e Superman – O Retorno); e é dirigido por Bryan Singer. O filme é uma sequência de Dias de Um Futuro Esquecido e traz de volta de James McAvoy (Charles Xavier/ Professor X), Michael Fassbender (Erik Lehnsherr/ Magneto), Jennifer Lawrence (Raven/ Mística), Hugh Jackman (Logan/Wolverine), Nicolas Hoult (Hank McCoy/ Fera), Evans Peters (Peter Maximoff/ Mercúrio), Tye Sheridan (Scott Summers/ Ciclope),Sophie Turner (Jean Grey), Alexandra Shipp (Ororo Monroe/ Tempestade), Ben Hardy (Warren Worthington III/ Anjo), Kodi Smit-McPhee (Kurt Wagner/ Noturno), Lana Condor (Jubileu),Olivia Munn (Betsy Braddock/ Psylocke), além da provável participação de Channing Tatum(Gambit). Aparentemente, Ian McKellen (Magneto idoso) e Halle Berry (Tempestade adulta) também farão pequenas participações especiais. O lançamento será 27 de maio de 2016.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

Ciclope foi criado por Stan Lee e Jack Kirby, aparecendo logo em X-Men 01, de 1963, como o líder da equipe.

Anúncios