Patty Jenkins irá dirigir Mulher-Maravilha.
Patty Jenkins irá dirigir Mulher-Maravilha.

A vacância do cargo não durou dois dias. Após o anúncio de que a diretora Michelle MacLaren (de Games of Thrones e Breaking Bad) teria se desligado de Mulher-Maravilha, filme que adaptará a mais icônica das super-heroínas, publicada nas revistas da DC Comics e levada aos cinemas pela Warner Bros., por causa de diferenças criativas com o estúdio, já foi anunciado ontem sua substituta: Patty Jenkins (de Monster).

Segundo rumores, MacLaren simplesmente discordava de tudo o que a Warner queria fazer com o filme, desde a representação da personagem à ambientação. No intervalo de tempo chegou-se a rumorizar que Angelina Jolie seria sondada para o cargo, mas isto parece mera especulação. A nova comandante do filme, Patty Jenkins é ligeiramente conhecida dos fãs de quadrinhos, pois chegou a assumir o filme Thor – O Mundo Sombrio, antes de se desligar, ironicamente, por desavenças criativas com a Marvel.

A Mulher-Maravilha  de Gal Gadot.
A Mulher-Maravilha de Gal Gadot.

Não está claro o que a Warner pretende com o filme solo da princesa amazona. Rumores falam até que o longametragem será ambientado no início do século XX, em meio à I Guerra Mundial. Outros informes dizem que seis uniformes diferentes foram produzidos para o filme. É mais provável que a Warner situe a obra no presente, mas faça exaustivas retrospectivas do passado da personagem, que é imortal, portanto, está na Terra há muito tempo e viveu várias épocas diferentes.

Este seria um elemento que a aproxima do Thor da Marvel, contudo, este estúdio ainda não explorou essa longevidade em relação ao nosso passado. De qualquer modo, a existência da Mulher-Maravilha no passado teria que ser tomada como lenda ou mito e/ou estar coberta de segredo, já que Superman – O Homem de Aço sugere que não existiam superseres conhecidos do público até o surgimento do Superman em Metrópolis.

Wonder-Woman tem roteiro de Jason Fuchs (de Pan) e a direção de Patty Jenkins. Diana Prince será vivida pela atriz israelense Gal Gadot, que aparece primeiro em Batman vs Superman – A Origem da Justiça, em 2016. As filmagens começam no outono do hemisfério norte deste ano e a data de estreia está marcada para 23 de junho de 2017.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Anúncios