Olivia Munn: Psylocke.
Olivia Munn: Psylocke.

A atriz Olivia Munn (de Homem de Ferro 2) foi contratada para viver a heroína Psylocke em X-Men – Apocalipse, sequência de X-Men – Dias de um Futuro Esquecido, terceiro filme da série que mostra as origens do supergrupo de heróis mutantes da Marvel Comics levado aos cinemas pela 20th Century Fox. É mais uma adesão ao já gigantesco elenco do filme.

Tendo em vista não ser uma atriz famosa e o fato de haver já muitos personagens, Apocalipse deve manter a tradição da franquia de personagens inexpressivos que servem apenas de figuração para Wolverine. Embora, verdade seja dita, não está claro se este mutante estará mesmo no filme e se está qual será a dimensão de seu papel.

Psylocke em sua versão original.
Psylocke em sua versão original.

Nos quadrinhos, Psylocke é a britânica Elizabeth “Bettys” Braddock, irmã do herói conhecido como Capitão Britânia. Ela surgiu como personagem coadjuvante das aventuras do irmão, dotada dos poderes de telepatia, criada por Chris Calremont e Herb Trimpe, em Captain Britain 08, de 1976, na linha de revistas da Marvel UK, ou seja, séries de HQs publicadas exclusivamente para o mercado do Reino Unido. Dez anos mais tarde, Claremont resgatou a personagem e a incluiu no universo dos X-Men, que comandava na época.

Reintroduzida em New Mutants Annual 02, de 1986, Psylocke terminou ingressando nos X-Men oficialmente em Uncanny X-Men 213, de 1987, em meio à saga O Massacre de Mutantes. Mais tarde, num arco apresentado em Uncanny X-Men 256 a 258, de 1989, Claremont e o desenhista Jim Lee causaram uma grande transformação na personagem: na trama, ela é sequestrada pela organização secreta Tentáculo e sofre um processo místico-científico no qual deixa de ter a aparência britânica para se parecer uma mulher oriental. Sob o efeito de uma lavagem cerebral, Braddock pensa ser a Lady Mandarim, a maior assassina do Tentáculo, mas é salva pela ação de Wolverine e Jubileu.

Psylocke em sua antiga versão britânica.
Psylocke em sua antiga versão britânica.

Desde então, Psylocke mantém a aparência oriental e se tornou uma personagem mais obscura do que antes, com um lado sombrio. Também desenvolveu a habilidade de concentrar sua energia telepática num tipo de adaga psíquica que derruba seus oponentes. Braddock também foi membro importante da equipe X-Force, de missões secretas e violentas dos X-Men.

Apocalipse se passará em 1983 e trará a ameaça do vilão homônimo, um dos maiores das HQs originais, e mostrará a real fundação dos X-Men, quando Charles Xavier reúne o time formado por Ciclope, Tempestade, Jean Grey e Fera para atuarem como uma equipe paramilitar que luta pela causa mutante. Outros heróis devem participar do filme, como Wolverine e Gambit.

X-Men – Apocalypse tem história de Bryan Singer e Simon Kinberg (de X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido); com roteiro de Kinberg, Dan Harris e Michael Dougherty (deX-Men 2 e Superman – O Retorno); e é dirigido por Bryan Singer. O filme é uma sequência de Dias de Um Futuro Esquecido e traz de volta de James McAvoy (Charles Xavier/ Professor X), Michael Fassbender (Erik Lehnsherr/ Magneto), Jennifer Lawrence (Raven/ Mística), Hugh Jackman (Logan/Wolverine), Nicolas Hoult (Hank McCoy/ Fera), Evans Peters (Peter Maximoff/ Mercúrio), Tye Sheridan(Scott Summers/ Ciclope), Sophie Turner (Jean Grey), Alexandra Shipp (Ororo Monroe/ Tempestade), Ben Hardy (Warren Worthington III/ Anjo), Kodi Smit-McPhee(Kurt Wagner/ Noturno), além da provável participação de Channing Tatum (Gambit). Aparentemente, Ian McKellen (Magneto idoso) e Halle Berry (Tempestade adulta) também farão pequenas participações especiais. O lançamento será 27 de maio de 2016.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

Anúncios