David Gilmour: nova turnê e disco.
David Gilmour: nova turnê e disco.

O guitarrista e compositor David Gilmour, ex-membro da lendária banda britânica Pink Floyd, anunciou hoje que irá realizar uma nova turnê solo, na Europa, no mês de setembro próximo. A excursão irá promover o vindouro álbum solo do músico, que ainda não teve título revelado, mas deve chegar às lojas no verão do hemisfério norte, ou seja, a partir de julho ou agosto.

De concreto, temos apenas o intinerário da turnê:

Imagem oficial de Gilmour para a turnê.
Imagem oficial de Gilmour para a turnê.
  • Pula Arena, na Croácia, dia 12 de setembro;
  • Verona Arena, em Verona, na Itália, dia 14;
  • Florence Teatro Le Mulina, em Florença, na Itália, dia 15;
  • Orange Theatre Antique, em L’Orange, na França, dia 17;
  • Oberhausen Konig-Pilsener Arena, em Oberhausen, na Alemanha, dia 19;
  • London Royal Albert Hall, em Londres na Inglaterra, dias 23, 24 e 25.

Como curiosidade, a turnê envolverá concertos em sítios históricos de grande beleza, o que deve render um visual fantástico aos shows.

O novo álbum sem-título de Gilmour será o sucessor de On a Island, disco de 2006, que foi bem recebido por crítica e público e também rendeu uma turnê. Não se sabe nada sobre o novo disco, nem sua temática, mas o produtor e tecladista Phil Manzanera garantiu em uma entrevista recente que “o som é fantástico”.

Será o quarto álbum solo de Gilmour, depois de David Gilmour (1976), About a Face (1984) e On a Island (2006).

Ano passado, o guitarrista lançou aquele que deve ser o último álbum do Pink Floyd, The Endless River, com conteúdo majoritariamente instrumental.

David Gilmour nasceu em Grantchester, na Inglaterra, e cresceu em Cambridge, cidade na qual conheceu Syd Barrett e Roger Waters ainda na adolescência. Estes dois formariam, em Londres, em 1964, a banda Pink Floyd. Após estourarem com um disco de sucesso, Barrett apresentou problemas mentais e Gilmour terminou substituindo o amigo na banda a partir de 1968. A partir de então, Gilmour se transformou na voz, a guitarra e no rosto da banda, enquanto Waters era a grande força criativa nas composições. Depois de anos como uma das mais importantes bandas do underground do Reino Unido, o Pink Floyd estourou para o sucesso mundial em 1973, com o álbum Darkside of the Moon.

Com o passar dos anos, a tensão entre Waters e Gilmour foi aumentando até Waters abandonar o grupo em 1985. Gilmour comandou a última encarnação do Pink Floyd até 1996, quando encerraram as atividades. Depois disso, ocorreram apenas algumas reuniões rápidas e o lançamento do álbum The Endless River, ano passado, formado a partir de sessões de gravação dos anos 1990.

Anúncios