Joss Whedon (dir.) dirige Jeremy Renner em Era de Ultron.
Joss Whedon (dir.) dirige Jeremy Renner em Era de Ultron.

A revista Empire deste mês está dedicando sua capa a Vingadores – Era de Ultron, a sequência de Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reuniu nos cinemas pela primeira vez a equipe de super-heróis da Marvel Comics formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk. Na longa matéria que acompanha o filme (20 páginas), há entrevistas com vários membros do elenco e com o diretor Joss Whedon. E a primeira grande revelação vem deste último: à publicação, o diretor diz que não voltará para Vingadores 3 e 4, oficialmente chamados Vingadores – Guerra Infinita Parte 1 e 2, que serão produzidos juntos e lançados em 2018 e 2019.

Na entrevista, Whedon foi direto e sincero:

Não consigo me imaginar fazendo isso de novo [um novo filme dos Vingadores]. É enormemente duro e tem sido, por agora, uns cinco anos desde que não crio nada que seja completamente meu. Então, duvido muito que assumirei o filme em duas partes Guerra Infinita, que iriam consumir os próximos quatro anos da minha vida. É óbvio que eu ainda quero ser parte do Universo Marvel – eu amo esses caras – mas não é fácil. Este ano tem sido como comandar três shows [programas de TV] ao mesmo tempo do que qualquer outro ano da minha vida. É doido!

Thanos e a Manopla do Infinito: sem Whedon?
Thanos e a Manopla do Infinito: sem Whedon?

O comentário de Whedon apenas confirma os rumores – já antigos – de que ele não dirigiria Guerra Infinita, que terminaria nas mãos da dupla Anthony e Joe Russo, os responsáveis por Capitão América 2 – O Soldado Invernal e o vindouro Capitão América – Guerra Civil.

Apesar de Whedon ter feito bonito em Os Vingadores (a terceira maior bilheteria da história do cinema) e se esperar o mesmo por Era de Ultron, o diretor tem um bom argumento. Afinal, vem de uma carreira de obras autorais e ficar 10 anos na locomotiva de uma franquia é exaustivo. O esquema “rápido” da Marvel – de pouco tempo entre os filmes – impede a boa estratégia de Christopher Nolan que, no intervalo entre os filmes do Batman, produziu O Grande Truque e A Origem.

O que podemos esperar é que, pelo menos, Joss Whedon possa escrever a história/argumento de Guerra Infinita para manter sua linha nos próximos filmes dos Vingadores e atue como Produtor Executivo (leia-se, consultor) no filme em duas partes.

Vingadores – Guerra Infinita Parte 1 e Parte 2 mostrarão a batalha dos heróis contra o supervilão Thanos, que se apossará das Joias do Infinito, artefatos cósmicos de vasto poder que vêm sendo apresentados paulatinamente nos filmes da Marvel, como o Tesseract, o Cedro de Loki, o Éter e o Orbe.

***

A capa da Empire com os heróis reunidos.
A capa da Empire com os heróis reunidos.

Vingadores – Era de Ultron será o fechamento da chamada Fase 2 do Marvel Studios, que se desenvolveu em Homem de Ferro 3, Thor – O Mundo Sombrio, Capitão América – O Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia. O filme envolverá a ameaça da inteligência artificial Ultron, que constrói para si um corpo robótico indestrutível e quer eliminar a humanidade.  No filme, ele criará um exército de drones para auxiliá-lo. A trama envolverá a dificuldade dos Vingadores existirem como equipe, que é potencializada pela chegada dos irmãos Feiticeira Escarlate e Mercúrio, que no início serão opositores ao grupo. O andróide Visão também será introduzido, um ser artificial que se alia à equipe. Além de Ultron, também estará presente a organização terrorista HIDRA e seu líder, o Barão Von Strucker. O supervilão Thanos, que apareceu brevemente no primeiro filme, também deve aparecer nas sombras, movendo a trama em direção ao capítulo seguinte da equipe, que será o filme duplo Vingadores – Guerra Infinita, Parte I e Parte II, que sairão em 2018 e 1019, respectivamente.

Avengers – Age of Ultron é escrito e dirigido por Joss Whedon. O elenco reúne Robert Downey Jr. (Tony Stark/Homem de Ferro), Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/Viúva Negra), Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate), Aaron Taylor-Johnson (Pietro Maximoff/Mercúrio), James Spader (Ultron), Don Cheadle (Coronel James Rhodes), Cobie Smulder (Agente Maria Hill), Thomas Krestschmann (Barão Wolfgan Von Strucker), Paul Bettany (JARVIS/ Visão), Andy Serkis (Ulysses Klaw) e Kim Soo Hyun (Dra. Cho), com participações especiais de Josh Brolin (Thanos), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão) e Hayley Atwell (Peggy Carter). As filmagens passaram pela África do Sul, Itália, Coreia do Sul e Grã-Bretanha. O lançamento será em 1º de maio de 2015, nos EUA.

Os Vingadores surgiram em 1963, criados por Stan Lee e Jack Kirby, publicados em The Avengers 01, reunindo personagens já criados previamente. Mais importante supergrupo da Marvel Comics, fazer parte da equipe significa ter um status diferenciado de importância no Universo da editora.

Anúncios