Homem de Ferro e Capitão América irão se confrontar no próximo filme!
Homem de Ferro e Capitão América irão se confrontar no próximo filme!

Atenção, este artigo está escrito com uma grande quantidade de possíveis spoilers, portanto, só leia se não se importar em ver segredos revelados!

Um grande bomba explodiu ontem na mídia: o site da revista Variety revelou que o ator Robert Downey Jr. está prestes a assinar um contrato para coprotagonizar Capitão América 3, a sequência de Capitão América 2 – O Soldado Invernal, adaptando as aventuras do herói da Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney Company. Tudo isso deixa muito claro que o filme irá adaptar a saga Guerra Civil que abalou os alicerces do Universo Marvel alguns anos atrás e terá, também, grandes implicações no Universo Cinematográfico da Marvel, inclusive, em Os Vingadores 3 e 4!

Guerra Civil: marco moderno do Universo Marvel será levada aos cinemas.
Guerra Civil: marco moderno do Universo Marvel será levada aos cinemas.

Guerra Civil é uma das melhores histórias da Marvel em todos os tempos e o HQRock supôs há algumas semanas que este poderia ser o subtítulo de Capitão América 3 (leia mais aqui). Civil War foi publicada como um minissérie em sete partes, entre 2006 e 2007, com roteiro de Mark Millar e arte de Steve McNiven. Na trama, um grupo de heróis de segunda causam sem querer uma grande tragédia e mais de 600 pessoas, a maioria crianças, morrem em uma explosão. Como resultado, o Governo dos EUA aprova a Lei de Registro de Super-Humanos, que obriga a todos aqueles que tenham poderes a se registrar: revelar seus nomes e endereços e receber um treinamento do Governo. Na época, Tony Stark, o Homem de Ferro,era o Secretário de Defesa dos EUA e o Diretor da SHIELD, de modo, que aprova a lei e torna-se o seu maior defensor público. Por outro lado, toda uma facção de super-heróis, liderada pelo Capitão América, se coloca contra a lei, por entendê-la que ofende aos Direitos Civis dos cidadãos. Mas lei é lei e o Homem de Ferro quer obrigar todos a segui-la, o que transforma o racha em uma guerra civil entre super-heróis.

captain America x iron man civil war 3 captain America x iron man civil war 2captain america x iron man civil war 5captain America x iron man civil war 4Guerra Civil termina com o lado legalista de Tony Stark vitorioso e o Capitão América é preso. Isso desemboca no arco A Morte do Sonho, na revista própria do Capitão América, com textos de Ed Brubaker (o mesmo de O Soldado Invernal) e arte de Steve Epting. Na trama, Steve Rogers é levado a julgamento por se opor à Lei de Registros Super-Humanos e, simplesmente, é alvejado nas escadarias do tribunal, sendo morto em um plano arquitetado pelo Caveira Vermelha e seu braço-direito, Ossos Cruzados.

É esta história que Capitão América 3 quer adaptar aos cinemas!!!!

Robert Downey Jr. ganhará 40 milhões para estrelar Capitão América 3. Homem de Ferro como vilão!
Robert Downey Jr. ganhará 40 milhões para estrelar Capitão América 3. Homem de Ferro como vilão!

O acordo entre o Marvel Studios e Robert Downey Jr. é gigantesco: o ator receberá US$ 40 milhões, mais participação nos lucros e bonificação caso Capitão América 3 ultrapasse a bilheteria de O Soldado Invernal. A Variety informa que, inicialmente, o ator faria apenas uma pequena participação especial no filme, mas o próprio Downey Jr. queria aparecer mais, de modo que o acordo foi criado. Com isso, para todos os efeitos, o Homem de Ferro é o vilão do próximo longa!!!!!

Esse era o tal projeto que Robert Downey Jr. tanto falou nas entrevistas dessa semana – para promover seu novo filme O Juiz – mas que terminou revelando que não seria o tão esperado Homem de Ferro 4. (Veja aqui).

Capitão América é assassinado em "Captain America 25", de 2007.
Capitão América é assassinado em “Captain America 25”, de 2007.

Outros heróis devem engrossar o caldo de personagens em meio à batalha dos legalistas e dos fora da lei, como o Soldado Invernal, Falcão, Viúva Negra e, talvez, o Gavião Arqueiro. Outros como o Máquina de Combate ou pelo menos sua versão civil, o coronel James Rhodes, devem participar também. Isso faria Capitão América 3 ser um tipo de Os Vingadores 2,5. De verdade.

Obviamente, uma trama desse tipo terá grandes implicações no Universo Cinematográfico da Marvel. E isso já começa em Os Vingadores 2 – A Era de Ultron. Em complemento à bomba da Variety, o site Badass Digest afirma que isso começa com a cena final do filme, na qual – como já noticiamos antes – o Capitão América irá apresentar uma nova equipe de Vingadores. Segundo o site, o Homem de Ferro irá deliberadamente se afastar da equipe, porque ele foi o grande responsável pela criação de Ultron, o vilão do filme. E não somente isso, ele também deixará de ser o Homem de Ferro.

Os Vingadores nos quadrinhos: mudanças também no cinema.
Os Vingadores nos quadrinhos: mudanças também no cinema.

Outros motivos – ligados à trama, provavelmente – farão Thor, Hulk e Gavião Arqueiro se afastarem também. Assim, a nova equipe apresentada no fim será Capitão América, Viúva Negra, Máquina de Combate, Falcão, Mercúrio, Feiticeira Escarlate e (provavelmente) o Visão. (Bem ao estilo da Marvel, a tal cena ainda não foi filmada – mesmo que A Era de Ultron já esteja na pós-produção – o que pode fazer os membros mudarem. Até o Homem-Aranha pode entrar no time!!!! [veja como aqui]).

Talvez a criação de Ultron (diferenciando dos quadrinhos) será o estopim para a criação da Lei de Registro de Super-Humanos. A cena pós-créditos de O Soldado Invernal (que se conecta diretamente a A Era de Ultron) dá a entender a noção da emergência de um mundo cheio de super-humanos, o que deve complementar a “necessidade” da lei. O peso da culpa pela destruição causada por Ultron deve ser o que irá fazer Tony Stark apoiar a lei de modo enérgico, colocando-o contra o Capitão América.

E o site continua: a Guerra Civil no cinema terá grandes implicações, já que os heróis passarão a ser combatidos e perseguidos nos filmes futuros da Marvel. E isso nos leva a Os Vingadores 3, claro. Os rumores afirmam até que a Marvel estaria negociando com os irmãos Joe e Anthony Russo (de O Soldado Invernal e Capitão América 3) para dirigir Os Vingadores 3 e 4! Esta é a parte estranha do rumor. Porque isso? Porque não seguir com Joss Whedon (de Os Vingadores 1 e 2)?

Reservas nesta parte específica…

No plano geral, teríamos então o seguinte quadro para o Universo Marvel nos Cinemas nos próximos anos (lembramos de novo: grandes spoilers à frente, cuidado!):

  • Os Vingadores 2 – A Era de Ultron (2015): Homem de Ferro, Hulk e Thor deixam os Vingadores; o Capitão América forma uma nova equipe; Tony Stark se sente culpado pela destruição causada por Ultron.
  • Capitão América 3 (2016): O Governo dos EUA vota a Lei de Registro de Super-Humanos; Tony Stark apoia a lei; o Capitão América se opõem, os dois combatem; possivelmente, Steve Rogers é morto no final (!);
  • Os Vingadores 3 (2019): Um filme sem Capitão América, Thor e Homem de Ferro. Que heróis estariam? Que trama?
  • Os Vingadores 4 (2022): Aqui, mera especulação da minha parte – a ameaça de Thanos faria os Vingadores principais se reunirem e, talvez, a opinião pública se voltar a favor deles de novo. Mas Steve Rogers estará morto? Teremos um novo Capitão América? O Soldado Invernal assumirá o papel do Capitão América tal qual fez nos quadrinhos?
Thanos no filme Guardiões da Galáxia.
Thanos no filme Guardiões da Galáxia.

Esse plano é bastante razoável e a Marvel é ousada o suficiente para executá-lo. A maior problemática que penso nesse tipo de esquema é adiar por sete anos (!) o confronto entre os Vingadores e Thanos. Josh Brolin foi contratado para viver o vilão em Guardiões da Galáxia este ano e a Marvel o deixará preso ao papel por todo esse tempo?

Podemos também enxugar o esquema e pensar que, tal qual parecia ser o plano original da Marvel (e de Joss Whedon) de fazer Os Vingadores 3 uma adaptação da Saga da Manopla do Infinito, na qual Thanos se apossa de um poder incomensurável e precisa ser detido desesperadamente pelos Vingadores e todo o Universo Marvel. Porém, a Marvel também poderia fazer essa trama em um filme do tipo Vingadores e Guardiões da Galáxia na qual a união das duas equipes seria necessária para deter o vilão. E um rumor sobre esse filme já surgiu há alguns dias.

Thanos e a Manopla do Infinito: veremos isso em Os Vingadores 3, Os Vingadores 4 ou em Vingadores e Guardiões da Galáxia?
Thanos e a Manopla do Infinito: veremos isso em Os Vingadores 3, Os Vingadores 4 ou em Vingadores e Guardiões da Galáxia?

Voltando à Capitão América 3, o filme começará a ser filmado em abril do ano que vem. Apesar do subtítulo poder ser Guerra Civil, os sites de notícias apostam também em outras possibilidades, como Fallen Son (Filho Caído, que é o nome de uma minissérie que mostra as consequências da morte do Capitão América); A Morte do Sonho (título do saga em que ocorre o óbito); ou mesmo o mais simples e direto Capitão América vs. Homem de Ferro, que arrebataria o grande público. A desvantagem com este último é que no mesmo 2016 em que este estreará haverá Batman v Superman – Dawn of Justice. Irá a Marvel manter um título semelhante?

De qualquer modo, a Marvel parece que vai continuar tensionando e revolucionando o cinema de ação nos próximos anos.

Capitão América 3 manterá os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely e a direção dos irmãos Joe Anthony Russo. Não há confirmações, mas provavelmente, o elenco terá Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra), Samuel L. Jackson (Nick Fury),  Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão),  Cobie Smulders (Agente Maria Hill), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), dentre outros. As filmagens iniciam em abril de 2015. O longametragem será parte da Fase 3 do Universo Marvel nos Cinemas, que deve culminar em Os Vingadores 3, em 2019. A estreia será em 06 de maio de 2016.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Anúncios