A capa de The Endless River: novo disco depois de 20 anos.
A capa de The Endless River: novo disco depois de 20 anos.

Há pouco mais de de um mês do lançamento do novo álbum The Endless River (o primeiro em 20 anos!), a banda britânica Pink Floyd, revelou hoje (via Quobuz) detalhes dos créditos do disco. Veja abaixo a lista das faixas e alguns detalhes:

SIDE 1
Things Left Unsaid (Gilmour, Wright) – teclados adicionais de Bob Ezrin.

It’s What We Do (Gilmour, Wright)

Ebb and Flow (Gilmour, Wright)

SIDE 2
Sum (Gilmour, Mason, Wright) – teclados adicionais de Damon Iddins, baixo por David Gilmour
Skins (Gilmour, Mason, Wright) – baixo por Andy Jackson
Unsung (Wright) – piano adicional por David Gilmour
Anisina (Gilmour) – backing vocais, baixo e piano de David Gilmour, clarinete e sax tenor de Gilad Atzmon

SIDE 3
The Lost Art of Conversation (Wright)
On Noodle Street (Gilmour, Wright) – baixo de Guy Pratt, sintetizador de Jon Carin
Night Light (Gilmour, Wright)
Allons-y (1) (Gilmour) – baixo de Bob Ezrin, percussão e sintetizador de Jon Carin
Autumn ’68 (Wright) – teclados adicionais de Damon Iddins
Allons-y (2) (Gilmour) – baixo de Bob Ezrin
Talkin’ Hawkin’ (Gilmour, Wright) – backing vocais de David Gilmour e Durga McBrown, voz eletrônica de Stephen Hawking, baixo de Guy Pratt

SIDE 4
Calling (Moore, Gilmour) – teclados de Anthony Moore e David Gilmour
Eyes to Pearls (Gilmour) – baixo de Andy Jackson, teclados adicionais de David Gilmour
Surfacing (Gilmour) – baixo de David Gilmour, backing vocais de David Gilmour e Durga McBrown
Louder Than Words (Gilmour, Samson) – vocais de David Gilmour; baixo de Bob Ezrin, cordas de Chantal Leverton, Helen Nash, Honor Watson, Victoria Lyon; órgão hammond por David Gilmour; backing vocais de Durga McBrown, Louise Marshall, Sarah Brown. Letra de Polly Samson

O Pink Floyd neste álbum é: David Gilmour (guitarra e teclados ocasionais), Richard Wright (teclados, piano, órgão e sintetizador) e Nick Mason (bateria e percussão).

Mason, Gilmour e Wright em 1994: resgatando gravações antigas.
Mason, Gilmour e Wright em 1994: resgatando gravações antigas.

Os créditos trazem informações interessantes como a confirmação de que apenas uma das canções é cantada: Louder than words, a última faixa do álbum. Outras três canções trazem créditos apenas de backing vocais, ou seja, trará vocalizações ou coros, mas não letras ou um canto propriamente dito. O álbum é praticamente todo instrumental.

Também impressiona o maciço peso do tecladista Richard Wright como compositor do álbum. O músico faleceu de câncer em 2008 e o disco funciona como um tributo a ele.

The Endless River é montado a partir de gravações realizadas em 1993 pelo Pink Floyd, como parte da preparação para o álbum The Division Bell, lançado em 1994 e que foi o último disco oficial da banda.

Ano passado, Gilmour e Mason decidiram resgatar o material e retrabalhar as faixas para montar um novo álbum. Mantiveram as gravações de base de 1993, mas acrescentaram sobreposições e edições, bem como alguns vocais e a letra de Louder than words, que é escrita por Polly Samson, a esposa de David Gilmour, uma poetiza que já assinou algumas canções de The Division Bell.

The Endless River chega às lojas em 10 de novembro em vários formatos, incluindo boxes com material extra, fotografias e versões em LP e DVD de áudio.

O Pink Floyd surgiu em Londres, em 1965, e se tornou um dos maiores exponentes do Movimento Psicodélico com seu primeiro disco, em 1967. Era formado por Syd Barrett (vocais e guitarra), Roger Waters (baixo e vocais), Richard Wright (teclados e vocais) e Nick Mason (bateria), mas o primeiro foi substituído por David Gilmour em 1968. Depois, a banda se tornou uma das fundadoras do chamado rock progressivo e após anos na cena underground, alçou à categoria de uma das bandas mais populares do planeta pelo sucesso do disco Darkside of the Moon, de 1973. O grupo viveu várias crises nos anos 1980, que resultou na saída de membros, e encerrou as atividades em 1996. Poucas reuniões ocorreram depois disso.

Anúncios