Quarteto Fantástico: cancelado pela Marvel?
Quarteto Fantástico: cancelado pela Marvel?

A distribuidora norteamericana de revistas em quadrinhos Hachette divulgou as sinopses de lançamentos da editora Marvel Comics para os próximos meses e, dentre eles, está a informação de que a editora irá cancelar a revista Fantastic Four, com as aventuras do Quarteto Fantástico. O anúncio diz que iremos testemunhar “o último ato da família fantástica”. A informação vem em soma há um rumor que correu há alguns meses atrás de que a Marvel iria simplesmente cancelar as histórias do Quarteto Fantástico e deixar de publicá-los. O motivo seria uma represália contra o estúdio de cinema 20th Century Fox, que detém os direitos de adaptação dos personagens. Será?

A Marvel nunca se pronunciou oficialmente sobre a questão e chegou no passado recente a negar os rumores de que cancelaria a revista do Quarteto Fantástico.

Tudo pode ser apenas um golpe publicitário, como são as muitas mortes dentro dos quadrinhos. O próprio Tocha Humana foi “morto” em 2011 em meio às comemorações dos 50 anos de lançamento do grupo.

Contudo, o que é estranho nessa história é que realmente houve um problema entre a Marvel e a Fox pelos direitos dos personagens ao cinema. A Marvel os queria de volta para usá-los dentro do Universo Marvel nos Cinemas junto aos Vingadores. Como o estúdio não cedeu, a Marvel propôs em 2013 um acordo: prorrogaria o prazo de adaptação de um projeto de filme para o Demolidor (cujos direitos de adaptação também pertencentes à Fox venceriam em 2013), caso a Fox cedesse à Marvel dois personagens específicos do universo do Quarteto Fantástico: o Surfista Prateado e Galáctus.

Galactus e Surfista Prateado: barganha falha com a Fox.
Galactus e Surfista Prateado: barganha falha com a Fox.

O Marvel Studios queria usar ambos dentro da ambientação de Guardiões da Galáxia. Mas a Fox se negou a abrir mão da dupla. Então, a Marvel fez cumprir o contrato e tomou os direitos do Demolidor (que agora ganhará uma série para a TV pela Marvel Television).

Essa briga faz os especuladores acharem que a Marvel Comics decidiu encerrar a publicação das aventuras do Quarteto Fantástico como maneira de atingir a Fox.

Não é impossível, embora seja um tiro no pé da própria editora. Afinal, o que eles ganham boicotando seus próprios personagens?

Entretanto, também não dá para negar que o Quarteto Fantástico não tem uma temporada de histórias realmente empolgante desde os anos 1990 e amargam vendas baixas há décadas.

De qualquer modo, onde há fumaça há fogo e essa história é toda muito estranha. Vejamos como as notícias se comportam daqui para frente e se a Marvel vai mesmo interromper definitivamente a carreira do Quarteto Fantástico nos quadrinhos.

Ou se tudo não passa de mais um golpe…

***

Nos quadrinhos, muito mais do que super-heróis, o Quarteto Fantástico é uma família de aventureiros. Reed Richards, o Sr. Fantástico, é a mente mais brilhante do Universo Marvel e, por meio de suas invenções mirabolantes, envolve sua família – sua namorada/esposa Susan Storm, a Mulher-Invisível; o irmão dela, Johnny Storm, o Tocha Humana; e o melhor amigo Ben Grimm, o Coisa – em grandes aventuras, que vão das profundezas da Terra (e os monstruosos habitantes que lá residem); ao fundo do mar (com a Atlântida, sempre disposta a invadir a superfície); ao espaço sideral; e outras dimensões, como a Zona Negativa.

O filme Quarteto Fantástico, o reinício da franquia da Fox com os personagens, estreia em 07 de agosto de 2015.

O Quarteto Fantástico foi criado por Stan Lee e Jack Kirby em Fantastic Four 01, de 1961, dando início à era moderna da Marvel Comics. Por isso, a equipe é apelidada de “a primeira família”. Maior sucesso dos anos iniciais da década de 1960, o grupo perdeu importância nas últimas décadas para outros – como Homem-Aranha, Vingadores, X-Men etc. – mas continua sendo uma parte essencial do Universo Marvel.

 

Anúncios