Supergirl no belo traço de Al Rio.
Supergirl no belo traço de Al Rio.

O sempre certeiro site Bleeding Cool afirmou hoje que há uma movimentação no canal The CW para levar ao ar uma adaptação da Supergirl, a heroína da DC Comics que é prima do Superman. Segundo o site, a encomenda caiu sobre o colo do escritor e produtor Michael Green, que tem em seu currículo a nova Gotham, além de Smallville, Heroes e o filme Lanterna Verde. Green também já escreveu para os quadrinhos, inclusive, a revista da própria Supergirl, logo no início da empreitada dos Novos 52, em 2011, a reformulação cronológica e editorial da DC.

O canal The CW exibiu Smallville no passado (que teve 10 temporadas!) e hoje exibe Arrow, mas estreará este ano The Flash e Constantine, adaptando outros dois personagens da DC Comics. O prelúdio de Batman, Gotham – série de TV que mostrará a juventude do Comissário James Gordon e a infância de Bruce Wayne, ao mesmo tempo em que mostra a ascensão do crime organizado na cidade do homem-morcego – também estreia este ano no canal Fox.

A Supergirl Laura Vandervoolt em "Smallville".
A Supergirl Laura Vandervoolt em “Smallville”.

A Supergirl já ganhou um filme próprio em 1984, estrelada por Helen Slater, pelos mesmo produtores da franquia do homem de aço com Christopher Reeve; e também apareceu em Smallville em duas versões: uma falsa (vivida por Adrianne Palicki na 3ª temporada) e a versão oficial (vivida por Laura Vandervoolt a partir da 7ª temporada).

No filme Superman – O Homem de Aço, de 2013, há um pequeno easter egg que aponta a existência da Supergirl: quando Clark Kent encontra a nave kryptoniana enterrada no gelo, no início do filme, o telespectador percebe que uma das cápsulas está vazia, deixando a possibilidade de que um kryptoniano saiu dali (e, portanto, pode estar vivo). A partir disso, poderia-se criar um gancho para a existência de Kara Zor-El na Terra. Por outro lado, a cronologia do filme coloca que a nave está lá há 20 mil anos, de modo que Kara não poderia ser prima do Superman como nos quadrinhos, mas no máximo uma antepassada distante.

Muita gente ainda acredita que o(a) misterioso(a) kryptoniano da cápsula vazia terá alguma ligação com a origem da Mulher-Maravilha e as amazonas (raça de mulheres com superpoderes que vive escondida na Terra), já que a personagem será introduzida em Batman v Superman – Dawn of Justice, filme que sairá em 2016 e servirá como sequência de O Homem de Aço.

A nova Supergirl de Os Novos 52.
A nova Supergirl de Os Novos 52.

De qualquer modo, não é estranho pensar a Supergirl numa série própria na TV, já que esse feito não deverá ser realizado por seu primo mais famoso tão cedo, agora que o Universo DC está sendo adaptado aos cinemas. Colocá-la como uma adolescente descobrindo suas habilidades tem tudo a ver com a ambientação teen típica do The CW.

Nos quadrinhos, a Supergirl foi criada em Action Comics 252, de 1959, numa história de Otto Binder e Al Plastino. Na trama, o Superman encontra sua prima Kara Zor-El, que sobreviveu à explosão de Krypton junto a cidade de Argo. A partir de então, a Super-Moça, como foi chamada no Brasil, passou a ser personagem constante das aventuras do homem de aço, até ganhar as suas próprias, em Adventure Comics. Bastante popular, a Supergirl permaneceu décadas sendo publicada até ser morta na maxissérie Crise nas Infinitas Terras, de 1985, por Marv Wolfman e George Perez.

Nos anos seguintes, vários escritores tentaram trazer a personagem de volta, mas sem sucesso duradouro. Uma nova versão da personagem emplacou a partir de Superman/ Batman 07, de 2004, por Jeph Loeb e Michael Turner, quando o Batman descobre a existência da moça na Terra e a kryptoniana é sequestrada pelo vilão Darkseid para se tornar uma força do mal, num arco de histórias que foi adaptado como longametragem de animação em Superman & Batman – Apocalipse.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938 e desde então é publicado pela DC Comics.

Anúncios