A equipe: obscuros nos quadrinhos, mas sucesso nos cinemas.
A equipe: obscuros nos quadrinhos, mas sucesso nos cinemas.

Um fato curioso ocorreu este fim de semana nos cinemas dos EUA. Em sua quarta semana de exibição, Guardiões da Galáxia, adaptação da equipe de super-heróis cósmicos da Marvel Comics, realizado pelo braço cinematográfico da empresa, o Marvel Studios, voltou ao primeiro lugar do ranking de arrecadação nos cinemas neste fim de semana, batendo As Tartarugas Ninjas (que ficaram duas semanas no topo) e o estreante Sin City – A Dama Fatal. Como se não bastasse voltar ao topo do ranking semanal após um mês de estreia, o longa espacial da Marvel acaba de se tornar a maior bilheteria do ano nos EUA, com a marca de US$ 252 milhões, batendo Transformers – A Era da Extinção, que acumulou 243 milhões.

Em termos mundiais, Transformers continua tranquilo na frente, com US$ 1,05 bilhões; enquanto Guardiões da Galáxia acumula 430,7 milhões; mas não estreou ainda em mercados importantes, como Japão e China. Isso quer dizer que os aventureiros espaciais da Marvel têm potencial de bater de frente com os robôs automotivos da Hasbro.

***

Em Guardiões da Galáxia o terráqueo Peter Quill (abduzido da Terra quando tinha 8 anos de idade), também conhecido como Senhor das Estrelas (ou Star-Lord) atua como um ladrão mercenário ao longo da galáxia, associado ao grupo conhecido como Saqueadores (Ravens), liderados pelo canalha Yundu. Ao tomar posse de uma misteriosa orbe esquecida em um planeta desabitado, Quill se envolve em uma frenética procura pelo objeto, que é desejado pelo terrorista Ronan, um desertor do Império Kree, que descorda do pacto de paz realizado com o planeta Xandar, lar da polícia intergaláctica Corporação Nova. Capturado, o Senhor das Estrelas termina forjando uma aliança improvável com a assassina Gamora; a dupla de caçadores de recompensas Rocket e Groot; e o vingativo Drax, o destruidor; que tentarão desesperadamente impedir os planos genocidas de Ronan, que está aliado ao temido Thanos, que cede sua filha adotiva, Nebula, para auxiliar na posse da orbe, numa aliança que envolve também o Colecionador.

Guardiões da Galáxia é dirigido por James Gunn, que também reescreveu o roteiro que antes passou pelas mãos de Nicole Pearlman e Chris McCoy. O elenco traz Chris Pratt  (Star-Lord); Zoe Saldana (Gamora); Bradley Cooper (voz de Rocket Raccoon); o lutador de MMA Dave Bautista (Drax, o destruidor); Lee Pace (Ronan, o acusador); Karen Gillan (Nebula); Vin Diesel(voz de Groot); Michael Rooker (Yundu);  Djimon Hounsou (Korath); Ophelia Lovibond (Carina Tanivan); com participações especiais de Glenn Close (Comandante Irani Rael, líder da Tropa Nova), Benício Del Toro (Colecionador),  John C. Reilly (Agente Nova Rhomann Dey), e Josh Brolin (Thanos). A estreia foi 1º de agosto de 2014. Ele integra a Fase 2 do Marvel Studios e tem conexões com Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, que sai no ano que vem.

Os Guardiões da Galáxia é um time de heróis cósmicos, que atua no Espaço Sideral e surgiu em 1969, na revista Marvel Super-Heroes 18, criados por Arnold Drake e Gene Colan. Coadjuvantes do Universo Marvel e vindos do futuro, participaram de histórias dos Vingadores, Defensores e Thor. Uma nova versão da equipe, com personagens do presente, surgiu na maxissérie Aniquilação: Conquista, em 2008, criada por Dan Abnett e Andy Lanning, trazendo como membros Star Lord, Gamora, Groot, Rocket Racoon e Drax, o destruidor, dentre outros.

Anúncios