Batman versus Superman no traço original de Frank Miller. Visual é replicado no trailer.
Batman versus Superman no traço original de Frank Miller. Visual é replicado no trailer.

A Comic-Con em San Diego também trouxe um painel sobre Batman v. Superman – Dawn of Justice, sequência de Superman – O Homem de Aço, o reinício da franquia cinematográfica da Warner Bros. sobre o personagem da DC Comics, que colocará o homem-morcego contra o último filho de Krypton, resultando no primeiro encontro cinematográfico dos dois mais icônicos de todos os super-heróis, e exibiu um teaser trailer do longa. A prévia é curta e não mostra muita coisa, afinal, as filmagens ainda não estão tão adiantadas assim. Vários sites descreveram a cena e alguns vídeos vazaram na internet, embora rapidamente sejam apagados do Youtube pela Warner.

A cena mostra o Batman sob chuva num telhado escuro. O homem-morcego encontra o batsinal e o liga. Sob a luz, vemos que o herói usa a armadura de combate da HQ Batman: O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller. A luz do batsinal aponta o céu e revela o Superman. Ele parece furioso e seus olhos brilham em vermelho. A câmera retorna ao Batman, cujos os olhos brilham brancos de energia e encara o homem de aço sobre si.

Nos vídeos apresentados, vemos como o público vibra empolgadamente com a cena, que dá um tom sombrio e raivoso a Dawn of Justice.

O visual da Mulher-Maravilha: guerreira.
O visual da Mulher-Maravilha: guerreira.

Aqueles que seguem o HQRock no Facebook também já viram desde ontem o novo visual da Mulher-Maravilha, que foi revelado ontem pelo twitter pelo diretor Zack Snyder.

Como já se havia comentado antes, é um visual sóbrio, escuro, que remete muito mais a uma guerreira grega, uma amazona, do que a uma heroína, ao mesmo tempo em que é extremamente fiel aos quadrinhos em geral. Ficou realmente um visual muito bonito.

Em Batman v. Superman – Dawn of Justice, um Batman mais experiente irá se contrapor ao recém-surgido Superman, criando algum tipo de conflito entre ambos, mais ou menos nos parâmetros da minissérie Batman: O Cavaleiro das Trevas, escrita e desenhada por Frank Miller, em 1986. Segundo os informes até agora, será um “novo” Batman e não uma sequência da Trilogia Cavaleiro das Trevas, embora a premissa de um homem-morcego mais experiente seja justamente adequada a isso.

Mulher-Maravilha também terá uma (pequena?) participação no filme. Lex Luthor é o vilão principal, mas haverá outro antagonista, provavelmente, mais físico, que pode ser alguém como Doomsday (Apocalypse), Metallo ou Parasita. A cidade de Detroit será o modelo para Metrópolis e para Gotham City também. Pretensamente, as filmagens principais já começaram no Estado de Michigan.

Batman v. Superman – Dawn of Justice  é produzido por Deborah Snyder, com história de David S. Goyer (dos filmes do Batman e O Homem de Aço), roteiro de Chris Terrio (de Argo) e dirigido por Zack Snyder (de 300 Watchmen), funcionando como uma sequência de Superman – O Homem de Aço. O elenco traz Henry Cavill (Superman/Clark Kent), Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Amy Adams (Lois Lane),  Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Laurence Fishburne (Perry White), Diane Lane (Martha Kent), Jeremy Irons (Alfred Pennyworth), Tao Okamoto (Mercy Graves), além de Holly Hunter, Callan Mulvey e Scoot McNairy em papeis não revelados; e a participação especial de Jason Mamoa (Orin/ Aquaman). O lançamento é em 06 de maio de 2016.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938 e desde então é publicado pela DC Comics.

Batman foi criado pelo cartunista Bob Kane em 1939 e desde então é publicado pela DC Comics.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista AllAmerican Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Anúncios