O Superman dos Novos 52. Arte de Jesus Marino.
O Superman dos Novos 52. Arte de Jim Lee.

O jornalista Rich Johnston, do site Bleeding Cool e um dos maiores especialistas em quadrinhos da mídia dos EUA, afirmou em sua coluna que a editora DC Comics, que publica Superman, Batman e a Liga da Justiça, está preparando um grande evento para o ano de 2015 que irá reunir seus personagens em várias versões diferentes, inclusive, em versões pré e pós-Os Novos 52, a reformulação cronológica e editorial que a DC iniciou em 2011.

Johnston chama a iniciativa de The DC Band-Aid Project e afirma que consistirá de uma saga que transcorrerá em 24 revistas da editora e mais uma publicação semanal por duas semanas, totalizando 48 edições no todo. Ou seja, é um evento de grande porte – algo que editoras como a DC fazem uma ou duas vezes por ano. A ideia fundamental é baseada no jogo Injustice: Gods Among Us, que parte da mesma premissa: versões diferentes de heróis e vilões da DC em combate.

Por isso, o colunista afirma que haverá a colisão entre versões de personagens – como o Superman – entre suas versões pré e pós-Os Novos 52.

E o Superman pré-Novs 52. Arte do brasileiro Ed Benes.
E o Superman pré-Novs 52. Arte do brasileiro Ed Benes.

Em Os Novos 52, a DC criou um novo universo cronológico para seus personagens, na qual os heróis são mais jovens (do que as versões anteriores) e que surgiram há apenas cinco anos atrás. Assim, Batman e Superman, por exemplo, possuem grandes diferenças em suas origens e em suas biografias. A personalidade do Superman, por exemplo, também é um pouco diferente: o homem de aço é mais destemperado e impulsivo e retratado quase como um garoto, em vez do “homem maduro” pelo qual é conhecido.

A cronologia geral de Os Novos 52 estabelece que o Batman foi o primeiro dos heróis a agir, mas sempre escondido nas sombras, era tido como uma lenda urbana. O Superman é, de fato, o primeiro super-herói a aparecer ao público e é por causa dele que surge a palavra “super-herói” no vocabulário do povo. Inicialmente, a reação ao Superman e outros – como o Lanterna Verde e Flash – é desconfiada e eles são perseguidos pelas forças policiais. Isso só muda após o surgimento da Liga da Justiça, que se une para derrotar a invasão de Darkseid à Terra.

O nome Band-Aid usado por Johnston, contudo, passa a imagem de “conserto“. Será que a DC aproveitará a oportunidade para fazer uma “revisão” de sua nova cronologia e trazer velhos elementos de volta?

Não seria a primeira vez, a grande reformulação anterior da DC – Crise nas Infinitas Terras, de 1985 – ganhou várias revisões ao longo do tempo (Zero Hora, 1994; Crise Infinita, 2005; Crise Final, 2007).

É esperar para ver.

 

Anúncios