Homem-Aranha: Marvel lança nova revista com versão adolescente do herói

A capa de Spidey 01: herói adolescente.

A capa de Spidey 01: herói adolescente.

A editora Marvel Comics está dando uma sacudida em sua cronologia com o megaevento Secret Wars (Guerras Secretas), que promove um tipo de releitura de uma velha história dos anos 1980. Na trama, várias realidades diferentes se chocam e ameaçam o tecido espaço-tempo. O que importa disso tudo é que, a partir de setembro, a editora renova sua linha de revistas, mantendo os títulos campeões e trazendo algumas novidades. Uma dessas últimas será uma nova revista mensal do Homem-Aranha chamada apenas Spidey, o apelido carinhoso do personagem. A revista terá como foco as aventuras do herói quando adolescente.

Parte da iniciativa All-New, All-Different da Marvel, Spidey trará roteiros de Robbie Thompson (um dos escritores da série de TV Supernatural) e desenhos de Nick Bradshaw (de Wolverine and the X-Men e Guardians of the Galaxy).

Segundo o editor-chefe Axel Alonso, as aventuras estão localizadas dentro da continuidade do personagem (ou seja, de sua cronologia) e não se trata de recontar velhas histórias, mas explorar outros aspectos da vida estudantil de Peter Parker. Como ele mesmo lembra, os criadores Stan Lee e Steve Ditko produziram apenas 30 edições do personagem situado no Ensino Médio. Em seguida, o herói terminou a escola e ingressou na Universidade Empire State, onde conheceu Harry Osborn, Gwen Stacy e Mary Jane Watson, seus personagens coadjuvantes mais famosos.

Na fase colegial, Parker estudava no Miltown High School, em Queens, e interagia com Flash Thompson, Lizz Allen e uma outra garota chamada Sally. Após os primeiros números como um solteirão deslocado, Peter arranjou uma namorada mais velha: Betty Brant, que como ele trabalhava na redação do Clarim Diário, como secretária do editor J. Jonah Jameson. 

A nova revista, claro, tenta pegar carona no cinema, onde uma nova versão adolescente de Peter Parker estreará no filme Capitão América – Guerra Civil, que estreia em 2016, fazendo uma ponte entre os filmes da Marvel (e o universo dos Vingadores) e os filmes solo produzidos pela Sony Pictures. Depois, o primeiro filme solo do herói aracnídeo na nova configuração chega aos cinemas em 2017.

Spidey 01 não tem uma data certa para chegar às comic shops, mas deve sair entre setembro e novembro deste ano.

O Homem-Aranha foi criado por Stan Lee e Steve Ditko em 1962, na revista Amazing Fantasy 15, da Marvel Comics. Ele é publicado até hoje na revista Amazing Spider-Man e outras e também é membro dos Vingadores.

Gambit: Após boato de que estaria fora, Channing Tatum assina oficialmente para protagonizar filme

Gambit: agora é oficial...

Gambit: agora é oficial…

Por mais que Channing Tatum já esteja há meses falando sobre o filme e o personagem e até tenha participado do painel da Comic-Con de San Diego, até agora (por incrível que pareça!) o ator ainda não havia assinado o contrato para estrelar Gambit, filme solo de um dos membros dos X-Men, a equipe de heróis mutantes da Marvel Comics, levada aos cinemas pela 20th Century Fox. Segundo o site The Hollywood Reporter, Tatum finalmente assinou o papel e é oficialmente o mutante cajun da Marvel nos cinemas. Isso encerra o ciclo de boatos que correram esta semana, afirmando que o ator estaria fora da produção!

Os rumores tinham algum fundamento: o THR diz que as negociações chegaram a ficar mesmo tensas ultimamente por discordâncias entre Tatum e a Fox, mas garante que o ator não cogitou abandonar o filme por causa do tempo já gasto com seu envolvimento. Aparentemente, o debate se deu em torno de compensações financeiras e na participação de Gambit em outros filmes da franquia mutante. O site diz que a Fox quer que Gambit seja a ligação entre os vários (novos) filmes da franquia, que além dos X-Men tradicionais, irão envolver filmes como Deadpool, Novos Mutantes (confirmado, mas sem data) e, possivelmente, X-Force, além do próprio Gambit.

...Channing Tatum será o Gambit.

…Channing Tatum será o Gambit.

Seria uma saída para a Fox, já que o astro Hugh Jackman vai se despedir do personagem Wolverine após o terceiro filme solo dele, que chega aos cinemas em 2017. Até agora, é dele o papel de aparecer em filmes solo e nos outros da franquia. É certo que a Fox escalará um ator mais jovem para viver Wolverine, mas nada garante que o substituto tenha o carisma e aceitação do ator australiano que interpreta Logan há 15 anos.

Com o acerto oficial entre Tatum e Fox, a produção de Gambit deve acelerar agora.

Gambit foi criado por Chris Claremont e Jim Lee na revista Uncanny X-Men 266, de 1990. Ele é um mutante de Nova Orleans, de ascendência francesa, e era um ladrão antes de ingressar nos X-Men. Na década de 1990, Remy LeBeau foi um dos personagens mais populares do time, teve duas minisséries publicadas na época e chegou a ter uma revista solo publicada entre 1999 e 2001, além de algumas outras tentativas posteriores. No cinema, o personagem já apareceu em X-Men Origens – Wolverine, de 2009, interpretado por Taylor Kitsch.

Gambit, o filme, tem roteiro de Josh Zetumer (de Robocop), a partir de uma história escrita por Chris Claremont, o criador do herói nas HQs. A direção será de Rupert Wyatt (de Planeta dos Macacos – A Origem e O Apostador) e o elenco tem até agora Chaning Tatum (Remy LeBeau/ Gambit). O lançamento será em 07 de outubro de 2016.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

Batman vs Superman: Sites dizem que Barbara Gordon e KGBesta estão confirmados no filme. E mais pequenas novidades

Jena Malone não seria  a Robin Carrie Kelley...

Jena Malone não seria a Robin Carrie Kelley…

Ainda longe de sua estreia nos cinemas, Batman vs Superman – A Origem da Justiça, sequência de Superman – O Homem de Aço, o reinício da franquia cinematográfica da Warner Bros. sobre o personagem da DC Comics, que colocará o homem-morcego contra o último filho de Krypton, resultando no primeiro encontro cinematográfico dos dois mais icônicos de todos os super-heróis, causa grande expectativa. E talvez por isso não parem de chegar notícias sobre o longa. Agora, surgem rumores sobre a “confirmação” dos personagens Barbara Gordon e KGBesta no filme e os atores que irão interpretá-los.

Segundo o confiável site Latino Review, a atriz Jena Malone irá interpretar Barbara Gordon, famosa personagem que é a Batgirl, mas também a heroína não-mascarada Oráculo. Os rumores antigos garantiam que ela iria fazer Carrie Kelly, a menina que assume a identidade do Robin na minissérie Batman – O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, lançada em 1986, cuja trama se passa no futuro com um homem-morcego quase idoso, e que serve de inspiração para parte da trama do filme. Até pouquíssimo tempo Carrie Kelly era uma personagem exclusiva daquela história, mas recentemente, foi adicionada nas tramas atuais do universo do Batman.

... mas a Batgirl Barbara Gordon.

… mas a Batgirl Barbara Gordon.

O site diz que ela fará Barbara Gordon, que é uma personagem mais familiar, famosa e querida dos fãs da DC. Será uma versão um pouco mais velha da personagem, tendo em vista a idade da atriz, ao contrário da adolescente da maioria das versões. Contudo, como Bruce Wayne terá 45 anos de idade no filme, ela pode ser, também, um pouco mais velha.

Além disso, a superpopulação de heróis fantasiados também deve impedir que Barbara Gordon seja a Batgirl no filme. Ela pode ser uma versão mais adulta e “aposentada” da heroína ou até mesmo estar paralítica por causa da ação do Coringa, tal qual nos quadrinhos, quando passa a agir como Oráculo, uma hacker que fornece o Batman e a Liga da Justiça de apoio informacional. Seu papel deve ser bem pequeno, talvez apenas uma menção ou um flashback.

Callan Mulvey seria...

Callan Mulvey seria…

Já o site Heroic Hollywood garante que o misterioso papel de Callan Mulvey (que fez um papel pequeno em Capitão América – O Soldado Invernal) é o vilão KGBesta. Rumores antigos já haviam mencionado o vilão, que seria um tipo de capanga de Lex Luthor responsável por supervisionar e perseguir metahumanos no mundo inteiro.

Nas HQs, o KGBesta era um agente secreto soviético (eram tempos de Guerra Fria) que recebeu implantes cibernéticos e estreou em uma grande história chamada Os 10 Dias da Besta, escrita por Jim Starlin e desenhada por Jim Aparo, em Batman 417 a 420, de 1988. Apesar da grande qualidade dessa história, nenhuma outra aparição do personagem foi grande coisa. No filme, aparentemente, o KGBesta não terá nada sobrenatural, e será apenas um agente, usando seu nome civil, Anatoli Kanyazev.

... o vilão KGBesta.

… o vilão KGBesta.

Os dois sites dão as informações como “certas“. Caso sejam verdadeiras, teremos um aprofundamento intenso do Universo DC nesse filme.

De outro lado, o site Batman-News trouxe algumas pequenas novidades sobre o filme:

  • O diretor Zack Snyder tem um quadro branco em seu escritório com um desenho de todo o Universo DC nos Cinemas.
  • A pré-produção de Liga da Justiça, o filme, já começou!

    Ben Affleck como Bruce Wayne no trailer do filme.

    Ben Affleck como Bruce Wayne no trailer do filme.

  • Foi o próprio ator Ben Affleck quem criou o visual do cabelo de Bruce Wayne para o filme, embora a produtora Deborah Snyder não tenha gostado disso no começo. Nas filmagens, o ator usa uma peruca como Bruce Wayne.
  • Em um determinado momento do filme, Batman usará uma metralhadora!!!
  • A produtora Deborah Snyder foi às lágrimas quando viu a atriz Gal Gadot como a Mulher-Maravilha pela primeira vez no set.
  • A Mulher-Maravilha é fundamental, em A Origem da Justiça, para levar a história do filme até Liga da Justiça.
Mulher-Maravilha no trailer: gancho para Liga da Justiça.

Mulher-Maravilha no trailer: gancho para Liga da Justiça.

***

Em Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, um Batman mais experiente irá se contrapor ao recém-surgido Superman, criando algum tipo de conflito entre ambos, mais ou menos nos parâmetros da minissérie Batman: O Cavaleiro das Trevas, escrita e desenhada por Frank Miller, em 1986. Segundo os informes até agora, será um “novo” Batman e não uma sequência da Trilogia Cavaleiro das Trevas, embora a premissa de um homem-morcego mais experiente seja justamente adequada a isso.

Mulher-Maravilha também terá uma participação no filme. Lex Luthor é o vilão principal, mas haverá outro antagonista, provavelmente, mais físico, que pode ser alguém como Doomsday (Apocalypse), Metallo ou Parasita. Outros personagens da DC Comics, como Aquaman e Ciborgue, terão pequenas participações no filme. A cidade de Detroit serve de modelo para Metrópolis e para Gotham City também. As filmagens ocorreram no Estado de Michigan e já se encerraram.

Batman v. Superman – Dawn of Justice  é produzido por Deborah Snyder e Charles Roven, com roteiro de Chris Terrio (de Argo) e David S. Goyer (dos filmes do Batman e O Homem de Aço); e dirigido por Zack Snyder (de 300 Watchmen), funcionando como uma sequência de Superman – O Homem de Aço. O elenco traz Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Henry Cavill (Superman/Clark Kent), Amy Adams (Lois Lane),  Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Diane Lane (Martha Kent), Laurence Fishburne (Perry White), Jeremy Irons (Alfred Pennyworth), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Tao Okamoto (Mercy Graves), além de Holly Hunter (uma senadora), Callan Mulvey (rumores dizem que fará Anatoli Kanyazev, o KGBesta) e Scoot McNairy em papeis não revelados; e a participação especial de Jason Mamoa (Orin/ Aquaman). Rumores também dão papeis a Jena Malone (Barbara Gordon) e Eli Snyder (Robin/ Jason Todd). O lançamento será em 25 de março de 2016.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938, estreando na revista Action Comics 01, e desde então é publicado pela DC Comics.

Batman foi criado pelo cartunista Bob Kane, estreando na revista Detective Comics 27, de 1939 e desde então é publicado pela DC Comics.

Homem de Ferro: Estreia de nova revista bate recorde

O Homem de Ferro na arte de David Marquez: recode.

O Homem de Ferro na arte de David Marquez: recode.

Causou bastante sensação o anúncio, meses atrás, de que o badalado escritor Brian Michael Bendis iria assumir a revista mensal do Homem de Ferro, personagem criado pela editora Marvel Comics. Mas ninguém esperava tanto: segundo o site Comic-Book (via Marvel 616), os pedidos antecipados de The Invencible Iron-Man 01, que chegará às comic shops dos EUA em outubro, já ultrapassam a marca de 200 mil unidades!

Isso é muito no mercado de quadrinhos dos EUA nos dias de hoje, quando raramente uma revista mensal atinge a marca de 100 mil unidades vendidas. Quando o Homem de Ferro passou a ocupar um papel central no universo Marvel, em 2004, o lançamento de Superior Iron-Man rendeu 84 mil unidades, mas a marca veio crescendo nos últimos anos: os dois relançamentos mais recentes do personagem, as revistas The Invencible Iron-Man, em 2008, e Iron-Man, de 2012, bateram cada uma a marca de 116 mil cópias vendidas no número 01.

Bendis é o escritor que transformou os Vingadores em um fenômeno de vendas, nos anos 2000 em diante, e recentemente, estava à frente da franquia dos X-Men nos quadrinhos.

The Invencible Iron-Man 01 inicia uma nova fase para o personagem, dentro da iniciativa All-New, All-Different da Marvel, e terá desenhos de David Marquez.

O Homem de Ferro foi criado por Stan Lee, Larry Lieber, Jack Kirby e Don Heck em 1963, na revista Tales of Suspense 39, e desde então é publicado pela Marvel Comics. O personagem é membro fundador dos Vingadores.

 

Homem-Aranha: Possível descrição do uniforme do herói em Guerra Civil e roteirista falam do próximo filme solo

Versão caeeira da roupa do Homem-Aranha que circula na net.

Versão caeeira da roupa do Homem-Aranha que circula na net.

Há uma grande expectativa em torno do retorno aos cinemas do Homem-Aranha, o mais popular super-herói da Marvel Comics, levado aos cinemas pela Sony Pictures, mas que agora também aparecerá nos filmes do Marvel Studios dentro do universo próprio dos Vingadores, que irá ocorrer em Capitão América – Guerra Civil, sequência de Capitão América 2 – O Soldado Invernal e fecho da trilogia das aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney Company. O site Latino Review trouxe alguns informes sobre o novo visual do herói e os roteiristas do longa falam o que pretendem fazer.

Em primeiro lugar. é preciso saber que o Homem-Aranha terá uma participação pequena em Guerra Civil. Afinal, ele será apenas introduzido no Universo Marvel dos Cinemas como um adolescente que ganhou seus poderes e está iniciando sua jornada como herói. Por isso, o site Latino Review garante que o uniforme usado pelo personagem no filme será do tipo “caseiro“, improvisado. Eles até apontam uma “arte de fã” que circula na internet como sendo algo próximo do que veremos na tela. Veja a imagem ao lado.

Seria a roupa que um adolescente poderia produzir para agir como um herói: com óculos ao invés de lentes; casacos e calças esportivas e os dedos das mãos e dos pés livres para poder escalar as paredes.

De algum modo, Peter Parker será pegue no fogo cruzado da disputa ideológica entre o Capitão América e o Homem de Ferro que move o filme (saiba mais aqui).

Ao mesmo tempo, a dupla de roteirista John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein, que cuidará do filme solo do herói que sairá em 2017, falaram ao USA Today sobre o que pretendem fazer no filme. Primeiramente, adiantaram que não podem falar muito, pois acabaram de ser contratados, mas dão algumas boas dicas. Goldstein diz:

O Homem-Aranha em versão adolescente.

O Homem-Aranha em versão adolescente.

O tom [do filme] será realmente baseado na realidade, sobre um menino de verdade que ganha esses poderes e o que significa para um geek, um rapaz deslocado, ter que lidar com eles. Você não se torna um herói imediatamente, é uma longa jornada. [Peter Parker] estará gastando mais tempo no Ensino Médio. Então, temos tempo para meio que desenvolver os poderes com ele. (…) Não é um cara popular, é um pouco geek e ele tem autoconsciência… como nós mesmos no Ensino Médio, então, queremos meio que contar essa história, e o fato de que ganhar os poderes e virar o Homem-Aranha não resolvem os seus problemas.

No que Daley complementa:

Porque ele tem que manter o segredo de todo mundo, e isto só deixa as coisas piores para ele.

Contudo, apesar de explorar mais os anos de formação do Homem-Aranha e sua vida adolescente no Ensino Médio, o próximo filme solo do personagem não será uma história de origem (já contada duas vezes no cinema). É o que afirma Daley:

Eu não acho que uma história de origem estará lá.

***

O novo Homem-Aranha estreia nos cinemas em Capitão América – Guerra Civil, que já está sendo filmado, e estreia em 06 de maio de 2016; para em seguida ter seu novo filme solo (os títulos The Spectacular Spider-Man e Spider-Man – The New Avenger circulam na net) em 27 de julho de 2017; ganhar um desenho animado em longametragem nos cinemas em 20 de julho de 2018; e ainda estrelar Vingadores – Guerra Infinita Parte 1, em 2018.

Na nova abordagem ao personagem, ele será um adolescente de 15 anos cursando o Ensino Médio que se torna o Homem-Aranha e termina se envolvendo com os Vingadores. Os filmes do personagem serão divididos entre a Sony Pictures e o Marvel Studios.

O novo filme solo do herói será dirigido por Jon Watts, com roteiro de  John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein, e o elenco traz Tom Holland (Peter Parker/ Homem-Aranha), enquanto Marisa Tomei negocia para viver a Tia May.

O Homem-Aranha foi criado por Stan Lee e Steve Ditko em 1962, na revista Amazing Fantasy 15, da Marvel Comics. Ele é publicado até hoje na revista Amazing Spider-Man e outras e também é membro dos Vingadores.

 

Mulher-Maravilha: Chris Pine é confirmado no elenco

Chris Pine é Steve Trevor, não o Lanterna Verde.

Chris Pine é Steve Trevor, não o Lanterna Verde.

Um pequeno balde de água fria para os fãs. Enquanto todos nutriam esperanças de que o ator Chris Pine iria viver o Lanterna Verde Hal Jordan nos novos filmes da DC, foi anunciado oficialmente que está contratado para o papel de Steve Trevor em Mulher-Maravilha, filme que adaptará a mais icônica das super-heroínas, publicada nas revistas da DC Comics e levada aos cinemas pela Warner Bros. Nas HQs, Steve Trevor é o principal interesse amoroso da princesa amazona. Chris Pine é a cara do Lanterna Verde e sua contratação misteriosa meses atrás acendeu a imaginação de todos. Parece que não vai ser.

Nas histórias em quadrinhos originais, Steve Trevor era um militar dos EUA que, acidentalmente, caia com seu avião na Ilha Paraíso, onde viviam ocultas as Amazonas. Este é o gatilho para que a Mulher-Maravilha se revele ao mundo (do patriarcado, como elas chamam) e passe a atuar como uma embaixadora das Amazonas entre nós. O contato com Trevor a leva a se apaixonar por ele. Em histórias mais recentes, a princesa amazona namora o Superman e Trevor é um militar de alto escalão, o principal contato entre a ONU e a Liga da Justiça.

Steve Trevor e a Mulher-Maravilha na arte de Jim Lee.

Steve Trevor e a Mulher-Maravilha na arte de Jim Lee.

Não está claro o que a Warner pretende com o filme solo da princesa amazona. Rumores falam até que o longametragem será ambientado no início do século XX, em meio à I Guerra Mundial. Outros informes dizem que seis uniformes diferentes foram produzidos para o filme. É mais provável que a Warner situe a obra no presente, mas faça exaustivas retrospectivas do passado da personagem, que é imortal, portanto, está na Terra há muito tempo e viveu várias épocas diferentes.

Wonder-Woman tem roteiro de Jason Fuchs (de Pan) e a direção de Patty Jenkins (de Monster). Diana Prince será vivida pela atriz israelense Gal Gadot, que aparece primeiro em Batman vs Superman – A Origem da Justiça, em 2016. As filmagens começam no outono do hemisfério norte deste ano e a data de estreia está marcada para 23 de junho de 2017.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Batman vs Superman: Revista revela interessantes detalhes do filme, inclusive, que Batman botou todo o Esquadrão Suicida na cadeia

A imagem da capa da revista sem os letreiros.

A imagem da capa da revista sem os letreiros.

A revista Empire está dedicando uma capa a Batman vs Superman – A Origem da Justiça, sequência de Superman – O Homem de Aço, o reinício da franquia cinematográfica da Warner Bros. sobre o personagem da DC Comics, que colocará o homem-morcego contra o último filho de Krypton, resultando no primeiro encontro cinematográfico dos dois mais icônicos de todos os super-heróis, e os detalhes da reportagem começam a sair na internet, de modo que estamos soterrados de pequenas novidades sobre o filme. Vamos listar as mais interessantes.

Uma das mais interessantes revelações está justamente na ligação deste filme com Esquadrão Suicida, filme que adaptará as aventuras do grupo de vilões forçados a trabalhar para o Governo dos EUA em troca da redução de pena, publicado nas revistas da DC Comicse levado aos cinemas pela Warner Bros. dentro do mesmo universo ficcional de Batman e Superman, que também estreia em 2016. Já sabíamos que o Batman iria participar deste outro longa (uma participação pequena, até onde se sabe); porém, a revista revela que em Esquadrão Suicida será mostrado que foi o Batman quem pôs todos aqueles criminosos na prisão de Belle Reve, de modo que tem uma ligação próxima com aqueles que irão formar a Força Tática X (o nome oficial do grupo).

Batman terá ligações próximas com o Esquadrão Suicida.

Batman terá ligações próximas com o Esquadrão Suicida.

Isso quer dizer que o homem-morcego não apenas prendeu o Coringa e a Arlequina – como fica claro nas fotos das filmagens e mesmo no trailer do filme – mas também outros nomes, como Pistoleiro, Capitão Bumerangue, Crocodilo e a Enchantress. Isso deverá dar mais peso à importância do cavaleiro das trevas no novo Universo Cinematográfico da DC construído a partir de Esquadrão Suicida e A Origem da Justiça.

Todo o Esquadrão Suicida foi preso pelo Batman.

Todo o Esquadrão Suicida foi preso pelo Batman.

Na reportagem – provavelmente escrita antes do lançamento do último trailer de A Origem da Justiça (veja aqui) – o diretor Zack Snyder confirma que Bruce Wayne terá entre 45 e 46 anos de idade e que já é o Batman há 20 anos quando a história começa. E ainda diz:

Toda a história [do Batman] está lá. Houve uma vez um Robin? Possivelmente! Ele perdeu alguns entes próximos e queridos e não necessariamente de velhice ou doença.

A cena do trailer com o uniforme do Robin.

A cena do trailer com o uniforme do Robin.

Isso claro nos remete ao Robin Jason Todd, que de certo modo já está confirmado no filme, já que no trailer podemos ver o uniforme do Robin (grafado com letras do Coringa) exposto em um tipo de altar na batcaverna, exatamente como nos quadrinhos. (Nas HQs, Jason Todd, o segundo Robin, foi morto pelo Coringa em uma missão). [Saiba mais aqui]. Outra coisa que essa fala pode remeter é ao Comissário Jim Gordon, que rumores afirmam também estar morto quando a história começa.

Rapidamente, outros pontos trazidos pela reportagem:

A Mansão Wayne em ruínas vista no trailer.

A Mansão Wayne em ruínas vista no trailer.

  • Zack Snyder diz que todos os novos filmes da DC Comics se encaixam em uma única e grande história. A revista pôde visualizar uma linha do tempo que precisa quando cada filme se passa e como se conectam entre si, explicada pela produtora Deborah Snyder. Os demais diretores – ele cita nominalmente David Aja de Esquadrão Suicida – têm uma enorme liberdade criativa para realizar seus filmes, mas tem que respeitar determinados limites para que a história fique coesa.
  • Os heróis do filme em versão cartoon: a Liga da Justiça vem aí...

    Os heróis do filme em versão cartoon: a Liga da Justiça vem aí…

    O conceito da Liga da Justiça guia todos esses filmes. (O filme da equipe será dirigido pelo próprio Snyder e lançado em 2017).

  • Em A Origem da Justiça, Batman precisa lidar com o fato de que ele é um vigilante violento que passou anos prendendo bandidos, mas agora, está encarando outra coisa, alguém como o Superman, com poderes divinos. O homem-morcego terá um tipo de crise de consciência, sobre ser apenas um vigilante ou algo mais.
  • Bruce Wayne não vive mais na Mansão Wayne, que aparece em ruínas no trailer já lançado. Os velhos rumores de que o bilionário vive em um tipo de casa de campo supermoderna dentro do terreno da mansão são verdadeiros. Mas é uma casa bastante arrojada.
  • Clark Kent e Lois Lane vivem juntos em um apartamento, mostrando que o relacionamento deles cresceu bastante desde o último filme.
  • Lex Luthor vive em uma casa extravagante – a locação usada foi um museu! – mas sua intimidade não é mostrada, como uma forma de exibir que ele não dá acesso a ninguém sobre sua vida.
  • As cidades de Gotham City e Metrópolis serão tratadas como as duas cidades irmãs que são nos quadrinhos, bastante diferentes uma da outra. Gotham é descrita como ao estilo de Detroit (sombria, meio em ruínas, violenta), enquanto Metrópolis é Toronto com esteroides (iluminada, reluzente, bonita).

***

Capa variante da Empire, com as versões civis de Batman e Superman.

Capa variante da Empire, com as versões civis de Batman e Superman.

Em Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, um Batman mais experiente irá se contrapor ao recém-surgido Superman, criando algum tipo de conflito entre ambos, mais ou menos nos parâmetros da minissérie Batman: O Cavaleiro das Trevas, escrita e desenhada por Frank Miller, em 1986. Segundo os informes até agora, será um “novo” Batman e não uma sequência da Trilogia Cavaleiro das Trevas, embora a premissa de um homem-morcego mais experiente seja justamente adequada a isso.

Mulher-Maravilha também terá uma participação no filme. Lex Luthor é o vilão principal, mas haverá outro antagonista, provavelmente, mais físico, que pode ser alguém como Doomsday (Apocalypse), Metallo ou Parasita. Outros personagens da DC Comics, como Aquaman e Ciborgue, terão pequenas participações no filme. A cidade de Detroit serve de modelo para Metrópolis e para Gotham City também. As filmagens ocorreram no Estado de Michigan e já se encerraram.

Batman v. Superman – Dawn of Justice  é produzido por Deborah Snyder e Charles Roven, com roteiro de Chris Terrio (de Argo) e David S. Goyer (dos filmes do Batman e O Homem de Aço); e dirigido por Zack Snyder (de 300 Watchmen), funcionando como uma sequência de Superman – O Homem de Aço. O elenco traz Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Henry Cavill (Superman/Clark Kent), Amy Adams (Lois Lane),  Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Diane Lane (Martha Kent), Laurence Fishburne (Perry White), Jeremy Irons (Alfred Pennyworth), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Tao Okamoto (Mercy Graves), além de Holly Hunter, Callan Mulvey e Scoot McNairy em papeis não revelados; e a participação especial de Jason Mamoa (Orin/ Aquaman). O lançamento será em 25 de março de 2016.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938, estreando na revista Action Comics 01, e desde então é publicado pela DC Comics.

Batman foi criado pelo cartunista Bob Kane, estreando na revista Detective Comics 27, de 1939 e desde então é publicado pela DC Comics.

Superman: Lois Lane descobre a identidade secreta do herói (de novo) nos quadrinhos

Capa de Superman 42: segredo revelado. De novo.

Capa de Superman 42: segredo revelado. De novo. Arte de John Romita Jr.

Está chegando às comics shops dos Estados Unidos a edição 42 da revista Superman, com as aventuras do mais icônico dos super-heróis, publicado pela editora DC Comics, e o volume traz um efeito (pretensamente) bombástico: a repórter Lois Lane descobre que seu colega de Planeta Diário, Clark Kent, é o homem de aço! A trama é trazida aos leitores pelo escritor Gene Yang e o desenhista John Romita Jr., artista que chegou à revista causando reboliço há alguns meses.

Se você está com uma sensação de deja vu, não estranhe: isso já aconteceu antes. Sim, Lois Lane já descobriu a identidade do Superman em outras histórias em quadrinhos, mas o fato é que a DC Comics, na busca de manter as vendas de suas revistas mensais, promove a cada década uma grande reformulação cronológica, um reboot, que zera a história dos personagens e lhes dá a oportunidade de contar as mesmas histórias de novo, para um novo público.

A atual cronologia do Universo DC está em voga desde 2011 e se chama Os Novos 52. Na empreitada, os heróis da DC são mais jovens do que suas versões anteriores e estão mais ou menos em início de carreira. Assim, enquanto na cronologia anterior – lançada em 1986 em consequência da saga Crise Nas Infinitas Terras – Clark Kent revelou para Lois Lane seu segredo em 1991, os dois ficaram noivos e casaram em 1996, tudo isso foi esquecido para dar lugar a uma nova cronologia, na qual não somente Lois novamente não sabe que seu colega de Planeta Diário e o homem de aço são a mesma pessoa, como sequer a dupla tem um interesse amoroso aberto, como no passado.

Nas histórias atuais, a Mulher-Maravilha é namorada do Superman.

Nas histórias atuais, a Mulher-Maravilha é namorada do Superman. Arte de Jim Lee.

Nas histórias atuais, o Superman namora a Mulher-Maravilha e, embora exista o encantamento de Lois pelo último filho de Krypton, a relação dela com Clark é fria e distante. Bom, talvez, isso comece a mudar agora…

No contexto de suas histórias atuais, o Superman ficou um tempinho sem seus poderes, após esgotá-los em uma grande batalha. (Veja mais aqui). Isso levou ao fato do fotógrafo Jimmy Olsen descobrir a identidade secreta do herói. Nas últimas edições, Clark vem recuperando lentamente seus poderes e agora é alvo de uma grande corporação tecnológica e mafiosa que quer um grande segredo dele. Ao lado de Lois e Jimmy, Clark é atacado por ninjas feitos de luz sólida (não pergunte…) e tem sua identidade descoberta por Lois.

Embora a revelação seja o caminho mais óbvio, as histórias do Superman estão caminhando para a eliminação de sua identidade secreta, algo que provavelmente irá acontecer no cinema também. Afinal, o lance dos óculos de Clark Kent é o maior calcanhar de Aquiles do homem de aço e parece que a DC está disposta a abrir mão disso. Bom, pelo menos até o próximo reboot.

A própria DC já revelou em uma revista especial distribuída gratuitamente no Free Comic Book Day, em abril, qual será o próximo passo: Lois Lane irá revelar ao mundo a identidade secreta do herói. (Noticiamos isso na época, veja aqui). A atual edição é o início desse processo.

Superman 42 já está à venda nos EUA.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938, estreando na revista Action Comics 01, e desde então é publicado pela DC Comics.

Veja a sequência em que a identidade é descoberta...

Veja a sequência em que a identidade é descoberta…

Texto de Gene Yang...

Texto de Gene Yang…

... e arte de John Romita Jr.

… e arte de John Romita Jr.

Superman 42 2015 revelation 5

 

 

HQRock atinge 3 milhões de visualizações

3 milhões!

3 milhões!

Mais um dia para comemorar! Hoje, o HQRock atingiu a marca de 3 milhões de visualizações! É um grande feito para nós e merece muita comemoração.

Por isso, queremos agradecer a você, leitor, que é o grande responsável por tudo isso. Obrigado mesmo!!!

Nos esforçamos para promover o melhor das HQs e Rock para vocês.

E para aqueles que estão chegando agora, não deixem de navegar pelo blog e procurar posts superlegais sobre seus personagens ou artistas favoritos. Para encurtar o caminho, navegue pela aba Especiais, aí no topo do cabeçalho, e mergulhe na diversão!

Yes: Banda anuncia oficialmente que seguirá em frente sem o falecido Chris Squire

Chris Squire (esquerda) e o Yes: banda seguirá em frente.

Chris Squire (esquerda) e o Yes: banda seguirá em frente.

A revista Billboard trouxe a notícia de que a banda britânica Yes, uma das mais significativas representantes do rock progressivo da história, irá prosseguir suas atividades apesar da morte recente do baixista Chris Squire, o único de seus membros que participou de todos os álbuns da longeva carreira do grupo.

Chris Squire morreu aos 67 anos, no último dia 28 de junho, vítima de leucemia. Um dos maiores baixistas da história do rock e coautor de várias das principais canções da banda, além de importante vocalista de apoio, Squire também foi um dos fundadores do grupo e sofreu de uma versão extremamente agressiva da doença, morrendo cerca de um mês após o anúncio de que estava doente.

Em entrevista à Billboard, o baterista Alan White (no grupo desde 1973) disse que Squire expressou explicitamente de que a banda devia seguir em frente “não importa o que acontecesse” com ele. O plano inicial era de que o Yes mantivesse a turnê que se inicia em agosto pela Europa, enquanto o baixista se recupera, com ele retornando à banda na primavera do ano que vem (março, abril, maio, no hemisfério norte) para outra excursão. Quando a situação do músico se deteriorou, ele mesmo comunicou a White de que a banda devia seguir em frente sem ele.

O Yes irá recrutar o baixista Billy Sherwood, amigo pessoal de Squire e da banda, para substituí-lo.

O Yes se formou em Londres em 1968, com membros advindos de várias outras bandas. Após dois álbuns sem sucesso, a banda ganhou notoriedade em 1971 com The Yes Album. No ano seguinte, reuniu a sua formação mais famosa: Jon Anderson (vocais), Chris Squire (baixo e vocais), Steve Howe (guitarras), Rick Wakeman (teclados) e Bill Bruford (bateria). Este último seria logo substituído por Alan White. Com várias trocas na formação, o Yes encerrou as atividades em 1980; mas retornou três anos depois com outro estrondoso sucesso. Desde então, continua na ativa, variando sempre entre um determinado grupo de músicos.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 140 outros seguidores