Deep Purple: Banda tocará no Brasil em novembro

A formação atual do Deep Purple: no Brasil de novo.

A formação atual do Deep Purple: no Brasil de novo.

Uma das mais clássicas bandas de hard rock de todos os tempos está de volta ao Brasil: os britânicos do Deep Purple farão uma turnê pelo país no mês de novembro, informa o site Destak Jornal. A banda virá divulgar o seu novo trabalho, o álbum Now What?!, lançado em 2013.

O informe apenas diz que serão vários shows no Brasil, mas não há detalhes de quantos nem onde.

Now What?! é o primeiro álbum do conjunto em oito anos e foi produzido por Bob Ezrin, famoso produtor dos anos 1970, que trabalhou com nomes como Alice Cooper, Kiss e Pink Floyd. O disco tenta resgatar o frescor da sonoridade do Deep Purple, que viveu seu auge nos anos 1970 como peça fundamental da tríade britânica de rock pesado, formada por eles, Led Zeppelin e Black Sabbath. (Leia mais sobre o disco aqui).

Segundo levantamento da Folha de São Paulo, o Deep Purple já veio ao Brasil em 10 ocasiões e fez 57 shows em 17 cidades brasileiras. A última turnê da banda em terras tupiniquins foi em 2011 (leia mais aqui no HQRock num informe da época).

A formação atual do Deep Purple contém os membros clássicos Ian Gillan (vocais), Roger Glover (baixo) e Ian Paice (bateria) mais Steve Morse (guitarra, desde 1993) e por Don Airey (teclados, desde 2002).

O Deep Purple se formou em Hertford, na Inglaterra, em 1967, em torno de uma banda de blues rock. A banda não encontrou um rumo certo nos três primeiros discos, lançados entre 1968 e 1969, mas achou sua identidade sonora – o hard rock clássico – com o álbum In Rock, de 1970, na qual apresentava sua formação mais famosa: Ian Gillan (vocais), Roger Glover (baixo), Richie Blackmore (guitarra), Jon Lord (teclados) e Ian Paice (bateria), a tempo de formar uma das bases fundamentais do gênero. Seguiu-se uma fase de bastante sucesso, interrompida em 1974, quando Gillan e Glover saíram e foram substituídos por David Coverdalee Glen Hughes, respectivamente.  A nova formação conseguiu sucesso com o álbum Burn, mas decaiu em seguida. Outras mudanças de formação ocorreram até o fim da banda em 1976.

Porém, o Deep Purple reuniu-se novamente em 1984 com sua formação clássica e lançou dois discos. Apesar de várias outras mudanças entre seus membros, o grupo permanece na ativa até hoje, lançando álbuns e fazendo shows.

Ramones: Martin Scorsese pode dirigir filme sobre a banda

A formação original dos Ramones: maior banda punk dos EUA.

A formação original dos Ramones: maior banda punk dos EUA.

Segundo a revista Billboard, o cultuado diretor Martin Scorsese pode dirigir um documentário sobre a seminal banda punk de Nova York, The Ramones, como parte das comemorações dos 40 anos de surgimento do grupo, a serem celebradas em 2016. A efeméride incluirá ainda livro, uma montagem teatral e muito merchandising.

Famoso por filmes de altíssimo nível, como Táxi Driver, Touro Indomável e Os Infiltrados, Scorsese também já produziu vários documentários sobre rock, sobre artistas como The Band, Rolling Stones e o ex-Beatles George Harrison.

Pioneiros na cena punk dos EUA, os Ramones se formou em Nova York e estourou no lendário CBGB Club, mais célebre palco alternativo do período. O conjunto lançou seu primeiro álbum, homônimo, em 1976 e foi um grande sucesso. A banda teve uma carreira vitoriosa e encerrou as atividades em 1996. De lá para cá, todos os membros originais do grupo – Joey (v0cais), Johnny (guitarra), Dee Dee (baixo) e Tommy (bateria) - já morreram, sobrando nos dias de hoje apenas ex-membros que substituíram alguns dos originais ao longo da carreira.

O baterista e produtor musical, Tommy Ramone faleceu em 11 de junho passado (leia mais aqui).

Liga da Justiça: Warner registra domínio de filme da equipe (e também de Mulher-Maravilha, Shazam e Aquaman!)

A Liga da Justiça nos quadrinhos: transposta para as telas.

A Liga da Justiça nos quadrinhos: transposta para as telas.

O site flickeringmyth percebeu hoje que a Warner Bros. registrou os domínios de internet que revelam que irá produzir, finalmente, Liga da Justiça, filme sobre o supergrupo de heróis da editora DC Comics, que reúne Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde e Flash, levados ao cinema pela Warner Bros., além de também Mulher-Maravilha, Shazam e Aquaman! O site mostra que o estúdio garantiu os seguintes domínios: justiceleaguefilm.com; wonderwomanthemovie.com; shazammovie.com e aquamanmovie.com.

Com isso, apesar de não ter anunciado oficialmente a produção desses quatro filmes – o que a imprensa esperava que o estúdio iria fazer ainda no mês de agosto – o registro dos domínios é praticamente uma confirmação! Anteriormente, o estúdio já havia oficializado um cronograma de lançamentos até 2020, contudo, sem especificar quais filmes ocupariam tais datas de lançamento. O cronograma e os possíveis filmes são os seguintes:

  • Batman v Superman – Dawn of Justice, 25 de março de 2016 (confirmado);
  • Filme não-revelado, 05 de agosto de 2016 / possivelmente, Shazam!
  • Filme não-revelado, 23 de junho de 2017/  possivelmente, Liga da Justiça
  • Filme não-revelado, 17 de novembro de 2017/  possivelmente, Mulher-Maravilha
  • Filme não-revelado, 23 de março de 2018/  possivelmente, Flash/ Lanterna Verde
  • Filme não-revelado, 27 de julho de 2018/  possivelmente, Superman – O Homem de Aço 2
  • Filme não-revelado, 05 de abril de 2019
  • Filme não-revelado, 14 de junho de 2019
  • Filme não-revelado, 03 de abril de 2020
  • Filme não-revelado, 19 de junho de 2020
Batman, Superman e Mulher-Maravilha já se reunirão em Dawn of Justice. Liga da Justiça vem a seguir...

Batman, Superman e Mulher-Maravilha já se reunirão em Dawn of Justice. Liga da Justiça vem a seguir…

Agora, com os domínios, é bem esperado que a Warner deve confirmar os novos filmes em breve.

Lembrando que Batman v Superman – Dawn of Justice irá apresentar além dos dois heróis do título, a Mulher-Maravilha, que deve ter uma participação importante. Os rumores garantem ainda que o Aquaman irá fazer pelo menos uma pequena participação especial.

Liga da Justiça, o filme, aparentemente será escrito por David S. Goyer e Chris Terrio e dirigido por Zack Snyder, trazendo Henry Cavill (Superman/Clark Kent), Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Jason Momoa (Orin/Aquaman) e Ray Fisher (Victor Stone/ Ciborgue). Ele serve como sequência deSuperman – O Homem de Aço e Batman v Superman – Dawn of Justice, que estreia em2016. O lançamento será em maio de 2017.

A Liga da Justiça foi criada por Gardner Fox e Mike Sekowski, em 1960, reunindo heróis previamente criados. Formado pelos maiores heróis da DC Comics – Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Flash, Arqueiro Verde, Aquaman etc. – a equipe sempre teve destaque em sua cronologia. Desde o reboot cronológico e editorial da DC em 2011, a revista Justice League é uma das de maior sucesso do mercado de quadrinhos atuais.

Aquaman na arte de  Ivan Reis e Joe Prado.

Aquaman na arte de Ivan Reis e Joe Prado.

A Mulher-Maravilha foi criada pelo psicólogo norteamericano William Moulton Marston e o desenhista H. G. Peters, aparecendo na revista All-American Comics 08, em 1941. A ideia de Marston era apresentar um arquétipo do força do feminino e, em segredo, explorar tendências sexuais não tradicionais à sociedade da época (como bigamia, lesbianismo e sadomasoquismo). A personagem fez bastante sucesso e se manteve sendo publicada até hoje pela DC Comics. Ela foi uma dos membros-fundadores da Liga da Justiça em 1960. A Mulher-Maravilha continua representando um símbolo da força das mulheres no mundo atual, sendo a mais icônica das super-heroínas.

Surgido com o nome original de Capitão Marvel, o herói mais conhecido por Shazam foi criado pelo escritor Bill Parker e pelo desenhista C.C. Beck e publicado pela primeira vez emWhiz Comics 02, de 1939, da editora Fawcett Comics. Após sofrer um processo de plágio(do Superman) pela editora DC Comics, o Capitão Marvel terminou deixando de ser publicado em 1953 e, ironicamente, voltou às bancas de revistas exatamente 20 anos depois pelas mãos da própria DC Comics. Desde então, Shazam é parte do Universo DC e já foi até membro da Liga da Justiça.

Nos quadrinhos, Aquaman foi criado pelo roteirista Mort Weisinger e o desenhista Paul Norris,estreando em More Fun Comics 73, de 1941. Na trama, ele é Arthur Curry, que descobre ser o filho de um humano com uma atlante, uma raça humanoide que habita secretamente o fundo dos oceanos. Além disso, Curry é o príncipe herdeiro do trono da Atlântida. Todos esses elementos foram plagiados de um personagem já existente: Namor, o príncipe submarino, publicado pela concorrente Marvel Comics desde 1939. Ainda assim, Aquaman prosseguiu sua carreira até hoje e terminou mais famoso do que seu inspirador.

Bob Dylan: Lendárias sessões com The Band serão lançadas na íntegra em box set de seis discos

The Basement Tapes, de Dylan e The Band, finalmente completo!

The Basement Tapes, de Dylan e The Band, finalmente completo!

A gravadora Columbia Records, por meio do selo Legacy Records, irá lançar na íntegra as sessões do cantor e compositor Bob Dylan, um dos nomes mais importantes do rock, com o acompanhamento do grupo The Band, nas lendárias sessões de 1967. Será um box set de seis CDs e 138 canções, intitulado The Basement Tapes Complete: The Bootleg Series vol. 11. As gravações caseiras de Dylan com o The Band estão entre os materiais mais lendários e apreciados da história do rock, unindo a força do compositor norteamericano com a sonoridade relaxada e cativando do conjunto canadense.

As sessões não foram lançadas comercialmente na época em que foram realizadas, mas ficaram tão lendárias que – após anos sendo pirateadas – terminaram chegando ao mercado formal nos anos 1970, com o lançamento do álbum duplo The Basement Tapes, de 1975, que foi um sucesso estrondoso e chegou aos primeiros lugares das paradas dos EUA.

A história das gravações é a seguinte: após ter abandonado a sonoridade acústica do início da carreira para se aproximar do rock, influenciado pelos Beatles, Bob Dylan passou a excursionar com o grupo que seria mais tarde conhecido como The Band, em 1966. Contudo, o compositor sofreu, naquele mesmo ano, um gravíssimo acidente de motocicleta, ficando muitos meses em recuperação longe do público. Quando sua condição ficou melhor, em 1967, Dylan se reuniu ao The Band (formado por Robbie Robertson, Rick Danko, Richard Manuel, Garth Hudson e Levon Helm – todos vocalistas e multiinstrumentistas) no porão de uma pequena casa em West Saugerties, no estado de Nova York, nos EUA.

Bob Dylan e The Band  ao vivo em 1975.

Bob Dylan e The Band ao vivo em 1975.

Ali, gravaram uma série de demos de canções novas, muitas das quais ou ficariam inéditas ou seria gravadas por outros artistas, como This wheels of fire, You ain’t going nowhere, The mighty quinn e I shall be release. O conteúdo das gravações ficou lendário desde o início e começou a ser comercializado de forma pirata.

Em 1968, o the Band lançou o seu primeiro álbum, Music From the Big Pink, que foi um grande sucesso e, desde então, se tornou uma das bandas mais influentes dos EUA no fim dos anos 1960. Dylan lançaria álbuns como John Wesley Harding (1967), Nashville Skyline (1969) e Self Portrait (1970), usando apenas de modo muito casual aquele material, que só veria mesmo a luz do dia com o lançamento posterior de The Basement Tapes.

Contudo, agora, o box set reunirá a totalidade das gravações, incluindo várias canções até agora inéditas. As canções foram restauradas digitalmente dos tapes originais pelo ex-membro do The Band, Garth Hudson, e o arquivista e produtor canadense Jan Haust.

Além da box set de seis discos, a Columbia também lançará o alternativo The Basement Tapes Raw: The Bootleg Series vol. 11, um CD-duplo reunindo “o melhor” do material, para os menos afoitos.

O material chega às lojas em 04 de novembro deste ano. Será o 11º volume da série The Bootleg Series, que reúne material não-lançado de Dylan pela gravadora Columbia, tornando oficial aquilo que já circulava no mercado pirata de discos.

***

Nascido Robert Allen Zimmerman em Duluth, no Estado de Minnesota nos Estados Unidos, em 1941, Bob Dylan iniciou sua carreira profissional em 1962, alçando o sucesso comercial um ano depois. Desde então, é um dos compositores mais importantes e influentes do rock dos EUA.

 

 

X-Men: Processo contra diretor Bryan Singer é arquivado

Bryan Singer: denúncias de abuso sexual arquivadas.

Bryan Singer: denúncias de abuso sexual arquivadas.

O site da revista Variety informou esta semana que foi arquivado na Justiça dos EUA o processo de abuso sexual movido contra Bryan Singer, o diretor de X-Men – Dias de um Futuro Esquecido, sequência de X-Men – Primeira Classe, que mostra as origens do supergrupo de heróis mutantes da Marvel Comics levado aos cinemas pela 20th Century Fox. O processo havia sido aberto por um jovem que afirmava ter sido aliciado sexualmente por Singer e outros executivos de Hollywood no ano de 1999 na ilha do Havaí, nos EUA. Desde o início, o diretor defendeu inocência e, inclusive, acrescentou que, na época da alegada denúncia, estava no Canadá filmando X-Men – O Filme, que chegaria aos cinemas em 2000.

Agora, a acusação retirou o processo da Justiça, livrando Singer da acusação.

Com isso, Singer fica livre para tocar adiante X-Men – Apocalipse, que será o próximo produto da franquia dos mutantes da Marvel no cinema. Apesar do grande sucesso de Dias de Um Futuro Esquecido – ainda o filme de super-heróis de maior sucesso de 2014 – por causa do processo, Singer havia sido retirado do material de divulgação do filme, cabendo ao roteirista Simon Kinberg responder pelo filme na turnê de divulgação. E embora se esperasse que Singer voltasse para Apocalipse, tudo dependia dos rumos do processo.

Com o arquivamento, Singer deve desenvolver o novo produto normalmente.

***

X-Men – Apocalypse terá história de Bryan Singer e Simon Kinberg (de X-Men – O Confronto Final); com roteiro de Kinberg, Dan Harris e Michael Dougherty(de X-Men 2 e Superman – O Retorno); e provavelmente será dirigido por Bryan Singer. O filme será uma sequência de Dias de Um Futuro Esquecido e trará de volta de James McAvoy (Charles Xavier), Michael Fassbender (Erik Lehnsherr/ Magneto), Jennifer Lawrence (Raven/ Mística), Nicolas Hoult (Hank McCoy/ Fera), Evans Peters (Mercúrio). É bem possível que Hugh Jackman (Wolverine) também participe. O lançamento será 27 de maio de 2016.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

Os Vingadores 2: Capitão América pode reunir novo time de heróis no final do filme – incluindo Pantera Negra e Miss Marvel!

Capitão América reunindo novos Vingadores?

Capitão América reunindo novos Vingadores?

Uma das grandes marcas dos Vingadores nos quadrinhos foi sempre ser uma equipe em constante mutação. Pois parece que veremos isso nos filmes também. Segundo o site Badass Digest, que vem jogando uma série de furos sobre os filmes de super-heróis, ao final de Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, a sequência de Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reuniu nos cinemas pela primeira vez a equipe de super-heróis da Marvel Comics formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk, veremos o Capitão América reunir uma novíssima equipe de Vingadores para continuar a levar a tocha da equipe e lavá-los à Fase 3 da Marvel nos cinemas que culminará com o terceiro filme do grupo, em 2019.

O Pantera Negra aparecerá mesmo em A Era de Ultron?

O Pantera Negra aparecerá mesmo em A Era de Ultron?

Segundo o site, além da Feiticeira Escarlate, do Mercúrio e do Visão, que irão ingressar os Vingadores em A Era de Ultron e lutar ao lado da equipe; ao final do filme – após vencerem o vilão – haverá uma janela de tempo que mostrará o Capitão América reunindo outros novos membros a esses já citados, com o Pantera Negra e a Miss Marvel na lista. Seria uma forma, também, de chamar a atenção para esses personagens e lançá-los em filmes no futuro breve.

Há muito tempo os fãs pedem que a Marvel realize um filme do Pantera Negra e os rumores de menções ao personagem em A Era de Ultron são antigos. E talvez tenham fundamento. Além disso, nos últimos dias surgiu um forte boato de que o Pantera Negra também aparecerá em Capitão América 3, já que o codiretor do futuro filme, Anthony Russo (que o comanda junto ao irmão Joe) afirmou numa entrevista que os fãs da Marvel iriam pirar com a presença de um novo personagem na sequência. O diretor também disse que o subtítulo do filme já irá revelar o caminho que a Marvel quer seguir com o personagem e complementou que o estúdio aprendeu com Guardiões da Galáxia que pode ousar mais.

Miss Marvel: vai ou não vai?

Miss Marvel: vai ou não vai?

Isso abre outra possibilidade. Como comentou que o Capitão América está baseado em filmes mais realistas, o ousar seria criar um ambiente mais fantasioso para uma história com o supersoldado? Tipo colocá-lo junto à Miss Marvel, que agora se chama Capitã Marvel nos quadrinhos?

Por outro lado, outra fonte do Badass Digest afirma que a Marvel está insegura com o uso da Capitã Marvel e que a cena em questão – que apresentará os novos heróis (ela e o Pantera Negra. Talvez o Dr. Estranho?) – ainda não foi gravada. Afinal, como não interfere na trama do filme, será filmada bem mais para frente. Talvez até só no ano que vem.

Os Vingadores nos quadrinhos: equipe mutante.

Os Vingadores nos quadrinhos: equipe mutante. Aqui: Fera (embaixo), Gavião Arqueiro, Capitão América, Visão, Magnum, Feiticeira Escarlate e Pantera Negra. 

Independentemente de quem sejam os novos membros, se os rumores forem verdadeiros, fazem todo o sentido. Nos quadrinhos, os Vingadores são uma equipe mutável que troca de membros constantemente. O Capitão América fazer isso ao fim de Os Vingadores 2 seria uma representação simbólica do que as HQs fizeram. Após surgirem em Avengers 01, de 1963, como uma equipe formada por Thor, Homem de Ferro, Hulk, Homem-Formiga e Vespa; logo em seguida o grupo mudou, com o Homem-Formiga se transformando no Gigante logo na edição 2 (!); e o Hulk abandonando a equipe na edição 3; para ser substituído pelo Capitão América na edição 4.

A formação com Capitão América, Thor, Homem de Ferro, Gigante e Vespa foi mais duradoura e se manteve até a edição 15, de 1965. No número seguinte, contudo, todos os outros membros saíram do time, ficando apenas o Capitão América para liderar os jovens recrutas Gavião Arqueiro, Feiticeira Escarlate e Mercúrio.

Podemos ver algo parecido nos cinemas já tão cedo? Não teremos Thor, Hulk e Homem de Ferro em Os Vinagdores 3? Ou é só uma estratégia da Marvel para divulgar novos heróis e franquias?

Vamos demorar a saber…

Os Vingadores – A Era de Ultron será o fechamento da chamada Fase 2 do Marvel Studios, que se desenvolve em Homem de Ferro 3, Thor – O Mundo Sombrio, Capitão América – O Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia. O filme envolverá a ameaça da inteligência artificial Ultron, um dos maiores vilões dos quadrinhos, que constrói para si um corpo robótico indestrutível e quer simplesmente eliminar a humanidade.  No filme, ele criará um exército de drones para auxiliá-lo. A trama envolverá a dificuldade dos Vingadores existirem como equipe, que é potencializada pela chegada dos irmãos Feiticeira Escarlate e Mercúrio, que pelo menos no início não serão muito amigáveis. O andróide Visão também é parte do filme e, nos quadrinhos, é um ser artificial criado por Ultron para destruir os Vingadores, mas desenvolve consciência ese alia a equipe contra seu criador. Além de Ultron, também estará presente a organização terrorista HIDRA e seu líder, o Barão Von Strucker. O supervilão Thanos, que já apareceu brevemente no primeiro filme, também deve aparecer nas sombras, movendo a trama em direção ao fecho da trilogia.

Avengers – Age of Ultron é escrito e dirigido por Joss Whedon. O elenco reúne Robert Downey Jr. (Tony Stark/Homem de Ferro), Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/Viúva Negra), Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate), Aaron Taylor-Johnson (Pietro Maximoff/Mercúrio), James Spader (Ultron), Don Cheadle (Coronel James Rhodes), Cobie Smulder (Agente Maria Hill), Thomas Krestschmann (Barão Wolfgan Von Strucker), Paul Bettany (JARVIS/ Visão) e Kim Soo Hyun (papel não-revelado), com participações especiais de Josh Brolin (Thanos), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão) e Hayley Atwell (Peggy Carter). As filmagens passaram pela África do Sul, Itália, Coreia do Sul e Grã-Bretanha. O lançamento será em 1º de maio de 2015, nos EUA.

Os Vingadores surgiram em 1963, criados por Stan Lee e Jack Kirby, publicados em The Avengers 01, reunindo personagens já criados previamente. Mais importante supergrupo da Marvel Comics, fazer parte da equipe significa ter um status diferenciado de importância no Universo da editora.

 

Capitão América 3: Sequência pode ter participação do Gavião Arqueiro

Gavião Arqueiro e Capitão América em Os Vingadores.

Gavião Arqueiro e Capitão América em Os Vingadores.

Tendo encerrado as filmagens de Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, a sequência de Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reuniu nos cinemas pela primeira vez a equipe de super-heróis da Marvel Comics formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk, o ator Jeremy Renner, que vive o Gavião Arqueiro, deu uma entrevista ao site Collider, enquanto promove o filme O Mensageiro. Na entrevista, revela que já ouviu conversas sobre seu personagem aparecer em Capitão América 3, a sequência de Capitão América 2 – O Soldado Invernal, que foi um dos maiores sucessos deste ano.

Renner causou algum mal estar porque ficou insatisfeito com a pequena participação do Gavião Arqueiro em Os Vingadores, já que o herói passa 2/3 do longa com a mente dominada pelo vilão Loki. De todos os membros dos Vingadores, o agente da SHIELD Clint Barton foi o que teve menos importância até agora, já que além do filme do grupo, realizou apenas uma ponta bem pequena no primeiro Thor, de 2011.

Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk já tiveram filmes solo; Nick Fury apareceu em Homem de Ferro 1 e 2 e Capitão América 2; enquanto a Viúva Negra apareceu em Homem de Ferro 2 e Capitão América 2.

Novo visual para A Era de Ultron.

Novo visual para A Era de Ultron.

O diretor de A Era de Ultron, Joss Whedon, já revelou que o Gavião Arqueiro (assim como a Viúva Negra e o Hulk) tem uma participação destacada no novo filme, que chega aos cinemas no ano que vem.

Apesar de dizer que seu personagem pode aparecer em Capitão América 3, Renner também lembra que está com a agenda muito cheia para os próximos meses, o que inclui as franquias Missão Impossível e Bourne.

Nick Fury, Viúva Negra e o Falcão devem continuar ao lado do herói.

Nick Fury, Viúva Negra e o Falcão devem continuar ao lado do herói.

O site Super-Hero Hype foi atrás dos diretores de Capitão América 3, Joe e Anthony Russo, e questionou diretamente sobre a participação do Gavião Arqueiro no próximo filme do supersoldado da Marvel, que deve chegar aos cinemas em 2016. Os irmãos Russo foram evasivos, mas disseram que há uma gama de heróis que têm vínculos mais fortes com o Capitão e que podem ser usados no filme. Por outro lado, Joe Russo refletiu sobre o fato dizendo que é uma questão difícil, já que isso já foi feito anteriormente (no caso específico da Viúva Negra).

Joe Russo também disse em entrevista ao Site Comic Book que tem interesse em filmar um grande crossover de personagens da Marvel nos cinemas, nos moldes da maxissérie Guerras Secretas, escrita por Jim Shooter e desenhada por Mike Zeck em 1984, que criou um pretexto para reunir os maiores heróis da editora contra os maiores vilões.

Por outro lado, isso pode ser um prenúncio de que Capitão América 3 pode se transformar em um tipo de Os Vingadores 2.5, ao reunir um grande time de heróis, como os já citados Viúva Negra, Nick Fury, Falcão, Maria Hill, Gavião Arqueiro (e o Soldado Invernal?), além do protagonista. Quem eles combateriam? Talvez um time de vilões? Os Mestres do Terror liderados pelo Barão Zemo?

Não há uma trama básica para Capitão América 3 ainda, mas o longa provavelmente irá continuar a explorar o passado do personagem Soldado Invernal e sua jornada da vilania para o heroísmo. É muito provável que a Viúva Negra e o Falcão também participem.

O Soldado Invernal deve continuar a ter destaque na sequência.

O Soldado Invernal deve continuar a ter destaque na sequência.

Nos quadrinhos, o Gavião Arqueiro tem um vínculo especial com o Capitão América. Este foi o responsável por treiná-lo nas habilidades em combate ao liderá-lo numa das primeiras formações dos Vingadores, apesar de Clint Barton sempre questionar a autoridade de Steve Rogers. Com o passar do tempo, contudo, os dois se tornaram muito amigos. (Saiba mais sobre o Gavião Arqueiro clicando aqui).

Capitão América 3 manterá os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely e a direção dos irmãos Joe Anthony Russo. Não há confirmações, mas provavelmente, o elenco terá Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra), Samuel L. Jackson (Nick Fury),  Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão),  Cobie Smulders (Agente Maria Hill), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), dentre outros. A estreia será em 06 de maio de 2016.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

O Gavião Arqueiro surgiu em Tales of Suspense 57, de 1964, criado por Stan Lee e Don Heck, numa das aventuras do Homem de Ferro. Em seguida, ele foi incorporado aos Vingadores em Avengers 16, de 1965, mantendo-se desde então como um dos mais contumazes personagens da equipe.

Morre o quadrinhista Deodato Borges, criador do Flama (e pai de Mike Deodato Jr.)

O Flama: pioneiro no Brasil.

O Flama: pioneiro no Brasil.

Morreu ontem o desenhista brasileiro Deodato Borges, famoso por ter criado um dos primeiros super-heróis brasileiros: o Flama, 1963. A notícia foi vinculada pelo Jornal da Paraíba (via Omelete).

Deodato Borges vivia em João Pessoa, na Paraíba e atuou como jornalista e radialista. Ele criou o Flama para uma radionovela e, depois, o adaptou aos quadrinhos. O Brasil produziu uma série de super-heróis nos anos 1960, que concorriam com seus pares da Marvel e da DC Comics nas bancas de jornais.

O Flama era inspirado no Spirit de Will Eisner e combatia o crime com um revólver, além de capa e máscara. A revista As Aventuras do Flama foi o primeiro gibi da Paraíba.

O desenhista também era famoso por ser pai de Mike Deodato Jr., que é hoje um dos principais artistas da Marvel Comics, já tendo ilustrado personagens como Homem-Aranha e os Vingadores.

Deodato Borges sofreu uma parada cardiorespiratória enquanto fazia uma sessão de hemodiálise, como parte de um tratamento de um câncer nos rins. Ele tinha 80 anos.

Superman: Revista Action Comics 01 bate novo recorde em leilão

O exemplar recordista: 3 milhões!

O exemplar recordista: 3 milhões!

Mais uma vez, uma revista rara atinge um preço recorde em um leilão.  Após ficar alguns dias disponível no site de leilões virtuais Ebay, Action Comics 01, revista que traz a primeira aparição do Superman e foi publicada em 1938, foi arrematada pelo histórico preço de US$ 3,207 milhões!!!! O exemplar em questão é marcado com a nota 9.0 no  CGC, o que quer dizer que está com um estado de conservação excelente, sem amassados, dobras ou riscos.

O recorde anterior de venda de uma revista em quadrinhos rara era da própria Action Comics 01, cujo outro exemplar – também avaliado com a nota 9,0 e que anteriormente pertenceu ao ator Nicholas Cage – foi vendido por US$ 2,19 milhões, em 2011. Há ainda outro exemplar da mesma revista que foi comercializado por 1 milhão em 2010.

Dentre outros casos de revistas raras no mercado de colecionadores, as mais valorizadas são Amazing Fantasy 15, de 1962 (que trouxe a primeira aparição do Homem-Aranha nos quadrinhos), que já foi vendida por US$ 1,1 milhões; Detective Comics 27, de 1939 (com a estreia do Batman), por 1,07 milhões; além de outras revistas como Batman 01 (850 mil), assim por diante.

No passado recente, a descoberta de uma Action Comics (mesmo em um mal estado de conservação) dentro de uma parede (servindo como isolador térmico) chegou a salvar uma família da falência! Portanto, se tiver uma revista em casa, guarde aí.

A compradora da Action Comics recordista foi a empresa Metropolis/ComicConnect, que é especializada em quadrinhos antigos. Portanto, não estranhe se essa mesma revista voltar ao mercado em 2016 quando do lançamento do filme Batman v Superman – Dawn of Justice e ser vendida por um preço ainda maior.

Action Comics 01 traz histórias de vários personagens, dentre os quais a estreia do Superman, numa aventura escrita por Jerry Siegel e desenhada por Joe Shuster, na qual o vigilante uniformizado tenta impedir que um prisoneiro inocente seja condenado à morte. A origem do personagem também é contada rapidamente em alguns poucos quadros de resumo. A pequena história também mostra o primeiro encontro entre o homem de aço e a repórter Lois Lane. Saiba mais sobre o personagem e suas origens clicando aqui.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938 e desde então é publicado pela DC Comics.

Guardiões da Galáxia: Filme já é maior bilheteria do ano nos EUA

A equipe: obscuros nos quadrinhos, mas sucesso nos cinemas.

A equipe: obscuros nos quadrinhos, mas sucesso nos cinemas.

Um fato curioso ocorreu este fim de semana nos cinemas dos EUA. Em sua quarta semana de exibição, Guardiões da Galáxia, adaptação da equipe de super-heróis cósmicos da Marvel Comics, realizado pelo braço cinematográfico da empresa, o Marvel Studios, voltou ao primeiro lugar do ranking de arrecadação nos cinemas neste fim de semana, batendo As Tartarugas Ninjas (que ficaram duas semanas no topo) e o estreante Sin City – A Dama Fatal. Como se não bastasse voltar ao topo do ranking semanal após um mês de estreia, o longa espacial da Marvel acaba de se tornar a maior bilheteria do ano nos EUA, com a marca de US$ 252 milhões, batendo Transformers – A Era da Extinção, que acumulou 243 milhões.

Em termos mundiais, Transformers continua tranquilo na frente, com US$ 1,05 bilhões; enquanto Guardiões da Galáxia acumula 430,7 milhões; mas não estreou ainda em mercados importantes, como Japão e China. Isso quer dizer que os aventureiros espaciais da Marvel têm potencial de bater de frente com os robôs automotivos da Hasbro.

***

Em Guardiões da Galáxia o terráqueo Peter Quill (abduzido da Terra quando tinha 8 anos de idade), também conhecido como Senhor das Estrelas (ou Star-Lord) atua como um ladrão mercenário ao longo da galáxia, associado ao grupo conhecido como Saqueadores (Ravens), liderados pelo canalha Yundu. Ao tomar posse de uma misteriosa orbe esquecida em um planeta desabitado, Quill se envolve em uma frenética procura pelo objeto, que é desejado pelo terrorista Ronan, um desertor do Império Kree, que descorda do pacto de paz realizado com o planeta Xandar, lar da polícia intergaláctica Corporação Nova. Capturado, o Senhor das Estrelas termina forjando uma aliança improvável com a assassina Gamora; a dupla de caçadores de recompensas Rocket e Groot; e o vingativo Drax, o destruidor; que tentarão desesperadamente impedir os planos genocidas de Ronan, que está aliado ao temido Thanos, que cede sua filha adotiva, Nebula, para auxiliar na posse da orbe, numa aliança que envolve também o Colecionador.

Guardiões da Galáxia é dirigido por James Gunn, que também reescreveu o roteiro que antes passou pelas mãos de Nicole Pearlman e Chris McCoy. O elenco traz Chris Pratt  (Star-Lord); Zoe Saldana (Gamora); Bradley Cooper (voz de Rocket Raccoon); o lutador de MMA Dave Bautista (Drax, o destruidor); Lee Pace (Ronan, o acusador); Karen Gillan (Nebula); Vin Diesel(voz de Groot); Michael Rooker (Yundu);  Djimon Hounsou (Korath); Ophelia Lovibond (Carina Tanivan); com participações especiais de Glenn Close (Comandante Irani Rael, líder da Tropa Nova), Benício Del Toro (Colecionador),  John C. Reilly (Agente Nova Rhomann Dey), e Josh Brolin (Thanos). A estreia foi 1º de agosto de 2014. Ele integra a Fase 2 do Marvel Studios e tem conexões com Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, que sai no ano que vem.

Os Guardiões da Galáxia é um time de heróis cósmicos, que atua no Espaço Sideral e surgiu em 1969, na revista Marvel Super-Heroes 18, criados por Arnold Drake e Gene Colan. Coadjuvantes do Universo Marvel e vindos do futuro, participaram de histórias dos Vingadores, Defensores e Thor. Uma nova versão da equipe, com personagens do presente, surgiu na maxissérie Aniquilação: Conquista, em 2008, criada por Dan Abnett e Andy Lanning, trazendo como membros Star Lord, Gamora, Groot, Rocket Racoon e Drax, o destruidor, dentre outros.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 114 outros seguidores