AC/DC: Guitarrista abandona banda por doença

Malcolm (esq.) e Angus (dir.) Young: o primeiro deixa a banda após 40 anos.

Malcolm (esq.) e Angus (dir.) Young: o primeiro deixa a banda após 40 anos.

Uma notícia triste para o rock foi lançada ontem: o guitarrista Malcolm Young está deixando a banda AC/DC após 40 anos de serviços prestados. Os rumores já vinham correndo a alguns dias. A causa é uma doença debilitante. O restante do grupo, contudo, vai continuar na ativa, já que havia planos para um álbum e uma turnê mundial próximos.

O vocalista Brian Johnson disse ao jornal britânico The Telegraph que a banda segue ativa, mas não descarta a possibilidade da próxima turnê mundial ser a última.

Embora escoceses, os guitarristas Malcolm e Angus Young cresceram na Austrália e lá formaram o AC/DC em 1973. A banda ganhou impulso com a entrada do vocalista Bon Scott no ano seguinte. De sucesso imediato na Austrália, o AC/DC ganhou projeção internacional em 1977 e virou uma das principais bandas do cenário do rock pesado com o lançamento do álbum Highway to Hell, em 1979, o último gravado com o Bon Scott, que morreu vítima de excesso de álcool no ano seguinte.

Brian Johnson foi o seu substituto e permanece na banda até os dias de hoje. O AC/DC ganhou uma nova leva de fãs nos últimos anos, com suas canções servindo como trilha sonora para os filmes do Homem de Ferro da Marvel Comics.

 

X-Men: Ator Channing Tatum fala em viver o Gambit no cinema. E Mística também pode ter seu filme

Channing Tatum fala em viver Gambit no cinema.

Channing Tatum fala em viver Gambit no cinema.

Alguns dias atrás, a produtora Laura Shuler Donner, responsável por todos os filmes da franquia dos X-Men na 20th Century Fox, voltou a falar sobre filmes derivados da equipe, citando, por exemplo, os casos de Deadpool (que já tem um projeto na Fox há cinco anos!) e Gambit. Logo em seguida, correram rumores de que o ator Channing Tatum (de G.I. Joe) estaria envolvido em levar este último aos cinemas. Pois é verdade e em uma entrevista à MTV, Tatum fala sobre seu desejo de viver o mutante cajun:

Gambit é o único X-Men que eu realmente amei. Quero dizer, eu amo a todos, todos são ótimos, mas eu não sei, acho que é por ser do sul [dos EUA]… Meu pai é da Louisiana, eu sou do Mississippi, Alabama e Flórida. Não sei, acho que me identifico com ele. Ele é meio agradável, é o menos X-Men dos X-Men que já esteve nos X-Men, além do Wolverine. Ele é meio que um anti-herói, um ladrão. Nem chega a ser como um herói: anda em uma linha meio cinza. Ama as mulheres, bebidas e cigarros. É um cara legal que tem uma boa moral interna.

Gambit nos quadrinhos, na arte do brasileiro Ed Benes.

Gambit nos quadrinhos, na arte do brasileiro Ed Benes.

O mutante norteamericano de origem francesa Gambit, Remy LeBeau, surgiu em Uncanny X-Men 266, de 1990, criado por Chris Claremont e Jim Lee, e se tornou bastante popular nos anos 1990, particularmente pela divulgação no desenho animado da equipe, em meados daquela década. Nas HQs sempre foi tratado como alguém de moralidade dúbia, já que era originalmente um ladrão.

As histórias dos anos 1990 exploravam Gambit como parte de uma guerra de dois clãs em Nova Orleans, na Lousiana. Uma sequência de histórias de 1991 – escrita por Jim Lee e John Byrne – dava a entender que, no futuro, Gambit seria um traidor dos X-Men. Mais tarde, em uma história retrospectiva, foi criada uma vinculação do personagem com o vilão Sr. Sinistro, de modo que Gambit esteve envolvido – mesmo que inadvertidamente – nos eventos de O Massacre de Mutantes, uma saga que ocorreu em 1988, portanto, dois anos antes de sua introdução nos quadrinhos.

Gambit também ficou famoso por fazer par romântico com Vampira, embora não pudesse concretizar seu amor, já que os poderes dela não permitiam que os dois se tocassem.

Apesar de ganhar até uma revista própria, Gambit foi pouco usado dos anos 2000 em diante.

Gambit em X-Men Origens - Wolverine.

Gambit em X-Men Origens – Wolverine.

O personagem já apareceu nos cinemas em X-Men Origens – Wolverine, de 2009, interpretado por Taylor Kitsch.

Além de Gambit e Deadpool – que também apareceu naquele filme, interpretado por Ryan Reynolds – outro personagem do universo dos X-Men que pode ganhar um filme solo é a Mística, vivida atualmente por Jennifer Lawrence. O fato da atriz ser hoje extremamente famosa, premiada com o Oscar de Melhor Atriz e outras indicações e estrelando a franquia Jogos Vorazes, deve motivar a Fox a fazê-lo.

Mística também pode ganhar filme solo.

Mística também pode ganhar filme solo.

A personagem tem uma mitologia que pode ser explorada nos cinemas, como o fato de ser a mãe adotiva de Vampira; a mãe biológicade Noturno e ex-mulher do vilão Dentes de Sabre. Todos já apresentados nos cinemas.

Outro fator interessante é que Chris Claremont concebeu a personagem como lésbica – a primeira do gênero nas HQs – deixando isso bem claro nas tramas que envolviam a Irmandade de Mutantes liderada por ela e sua parceira Sina. Os escritores subsequentes, contudo, ignoraram isso.

Na Trilogia dos X-Men da Fox, Mística é uma aliada ferrenha de Magneto, embora seja traída por ele em X-Men – O Confronto Final de 2007. Já em X-Men – Primeira Classe, a jovem Mística de Jennifer Lawrence é apresentada como um tipo de irmã de criação de Charles Xavier, fato jamais mostrados nos filmes anteriores ou nas HQs.

Mística foi criada por Chris Claremont e Dave Crockum em Ms. Marvel 16 e 17, de 1978, como uma vilã nas aventuras da heroína Miss Marvel. Mais tarde, ela foi incorporada ao universo dos X-Men como líder de uma nova versão da Irmandade de Mutantes.

Mística aparecerá de novo em breve em X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido, que estreia este ano nos cinemas.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.

Quarteto Fantástico: Toby Kebbell confirma que viverá o Dr. Destino

Toby Kebbell é o novo Dr. Destino.

Toby Kebbell é o novo Dr. Destino.

Já faz algumas semanas de que os rumores apontavam o ator Toby Kebbell (de Fúria de Titãs) como o escolhido para viver o vilão Dr. Destino em Quarteto Fantástico, filme sobre o mais antigo supergrupo de heróis da Marvel Comics, levado aos cinemas pela 20th Century Fox, e que é um reboot dos dois filmes já realizados na década passada. Agora, o próprio ator confirma via Twitter sua escalação.

Nos quadrinhos, o Dr. Destino é Victor Von Doom, um filho de ciganos que se torna um dos maiores gênios de nosso tempo, alguém capaz de misturar a ciência e a tecnologia. Após abandonar sua terra-natal, a nação do leste europeu Latvéria, Von Doom foi estudar Física nos EUA, onde conheceu o único ser humano mais inteligente do que ele: seu colega de classeReed Richards. Após ter o rosto desfigurado em um acidente, Von Doom abandona a universidade, culpa Richards e volta a Latvéria, onde irá percorrer um longo percurso que resultará nele assumindo a identidade do despótico Dr. Destino, usando uma armadura e máscara para esconder o rosto, ao mesmo tempo em que um golpe de Estado lhe dá o poder absoluto como rei de seu país.

Dr. Destino: ditador, rei, mágico e cientista.

Dr. Destino: ditador, rei, mágico e cientista.

novo Quarteto Fantástico será dirigido por Josh Trank (de Poder Sem Limites). O roteiro passou por uma revisão final de Simon Kinberg (o mesmo da franquia dos filmes dos X-Men), depois de versões de Jeremy Slater,  Seth Grahame-Smith e T.S. Nowlin. A produção-executiva é de Matthew Vaughn (de X-Men – Primeira Classe). O elenco traz até agora: Michael B. Jordan (Johnny Storm/ Tocha Humana), Kate Mara (Susan Storm/ Mulher-Invisível), Milles Teller (Reed Richards/ Sr. Fantástico) e Jaime Bell(Ben Grimm/ O Coisa). As filmagens iniciam no dia 31 de março próximo no Estado da Louisiana, nos EUA, e o lançamento está previsto para 19 de julho de 2015.

O Quarteto Fantástico foi criado por Stan Lee e Jack Kirby em Fantastic Four 01, de 1961, dando início à era moderna da Marvel Comics. Por isso, a equipe é apelidada de “a primeira família”. Maior sucesso dos anos iniciais da década de 1960, o grupo perdeu importância nas últimas décadas para outros – como Homem-Aranha, Vingadores, X-Men etc. – mas continua sendo uma parte essencial do Universo Marvel.

Os Vingadores 2: Paul Bettany confirma que viverá o Visão no filme

O Visão na arte de Mike Deodato Jr.

O Visão na arte de Mike Deodato Jr.

Numa entrevista na TV dos EUA neste domingo, o ator Paul Bettany (de O Código Da Vince) confirmou os rumores de que viverá o herói Visão em Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, a sequência de Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reuniu nos cinemas pela primeira vez a equipe de super-heróis da Marvel Comics formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk. Vários rumores apontavam para isso e até chegaram informes de que o ator teria sido visto nos estúdios e sets da Inglaterra onde ocorrem as gravações. Mas agora é a primeira vez em que há uma confirmação oficial. O apresentador Jimmy Kimmel sequer perguntou o tema, já afirmou “você está interpretando o Visão em Os Vingadores 2″, exibindo um desenho do personagem feito pelo desenhista brasileiro Mike Deodato Jr. (o mesmo desta postagem). Kimmel perguntou se ele teria os mesmos poderes das HQs e Bettany disse:

Oh, ele [Visão] faz todo o tipo de coisa, mas eu não estou mesmo autorizado a falar sobre isso e o que está acontecendo, porque pode ser que aja um agente da Marvel nesta sala que, na verdade, vai me derrubar no chão e me despedir. Mas eles selecionam alguns poderes.

Paul Bettany confirma o papel de Visão.

Paul Bettany confirma o papel de Visão.

Em seguida, Kimmel pergunta como é a experiência (já que Bettany é meio averso a filmes do gênero):

É muito animador para mim, mas na verdade, é uma faca de dois gumes, porque estive interpretando JARVIS por anos. Meu trabalho consistia em ir a um estúdio de gravação por 45 minutos, fazer todas as minhas coisas, ganhar uma sacola cheia de dinheiro e ir para casa. Agora, tudo mudou e eles me descobriram e me queriam para, você sabe, fazer alguma coisa. Isto não é certo (risos).

O Visão ataca uma falsa Feiticeira Escarlate.

O Visão ataca uma falsa Feiticeira Escarlate.

Para aqueles que ainda não sabem, Paul Bettany fez a voz da Inteligência Artificial JARVIS nos três filmes do Homem de Ferro e em Os Vingadores. Provavelmente, JARVIS terá uma relação direta com o surgimento do Visão e, talvez, do vilão Ultron. No filme, é provável que ambas as inteligências artificiais (Visão e Ultron) se apossem de armaduras do Homem de Ferro para constituírem seus corpos. Deve haver também alguma ligação entre Ultron e a HIDRA, em consequência aos eventos de Capitão América 2 – O Soldado Invernal.

Ultron no traço de seu criador visual: John Buscema.

Ultron no traço de seu criador visual: John Buscema.

As filmagens de A Era de Ultron chegaram à Inglaterra e já há relatos de uma gravação em Londres em que vemos Steve Rogers e militares trajados como nos anos 1940, o que dá a entender que será um flashback do passado do Capitão América na II Guerra Mundial. O que intrigou todos é a presença de Paul Bettany no set. O que o Visão tem a ver com isso? Ou será o verdadeiro Jarvis?

Nas HQs, Edwin Jarvis é o mordomo que serve Tony Stark e, depois, é cedido para auxiliar os Vingadores, permanecendo desde os primórdios das revistas dos personagens.

Ultron: um dos maiores vilões da equipe.

Ultron: um dos maiores vilões da equipe.

Nos quadrinhos, Ultron apareceu em Avengers 54, de 1968, criado por Roy Thomas e John Buscema. Na trama, ele se passa pelo misterioso Manto Rubro para liderar uma nova versão dos Mestres do Terror contra a equipe e aproveita-se de um momento de fragilidade de Edwin Jarvis para usá-lo como um traidor infiltrado. Algumas edições depois, em Avengers 57, os Vingadores são atacados por outro robô: o Visão, que porém, cria consciência e resolve se aliar à equipe. Logo, também descobrimos que o Visão foi criado por Ultron para derrotar os heróis.

A Era de Ultron de algum modo usará esse plot adaptando-o a uma nova realidade.

Os poderes do Visão são vastos: ele pode controlar a densidade de seu corpo artificial, o que pode deixá-lo quase intangível ao ponto de voar e duro como metal, quase invulnerável. Também é superforte e pode disparar rajadas de calor ocasionais de uma gema (bateria) solar em sua testa. O Visão é um sintozóide, um ser humano artificial, um tipo avançadíssimo de androide que imita todas as funcionalidades humanas. É bem diferente do Ulton, portanto, que é fundamentalmente uma Inteligência Artificial que usa um corpo robótico.

Os Vingadores – A Era de Ultron será o fechamento da chamada Fase 2 do Marvel Studios, que se desenvolve em Homem de Ferro 3, Thor – O Mundo Sombrio, Capitão América – O Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia. O filme envolverá a ameaça da inteligência artificial Ultron, um dos maiores vilões dos quadrinhos, que constrói para si um corpo robótico indestrutível e quer simplesmente eliminar a humanidade.  A trama envolverá a dificuldade dos Vingadores existirem como equipe, que é potencializada pela chegada dos irmãos Feiticeira Escarlate e Mercúrio, que pelo menos no início não serão muito amigáveis. Além de Ultron, também estará presente a organização terrorista HIDRA e seu líder, o Barão Von Strucker. O supervilão Thanos, que já apareceu brevemente no primeiro filme, também deve aparecer nas sombras, movendo a trama em direção ao fecho da trilogia.

Avengers – Age of Ultron é escrito e dirigido por Joss Whedon. O elenco reúne Robert Downey Jr. (Tony Stark/Homem de Ferro), Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/Viúva Negra), Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate), Aaron Taylor-Johnson (Pietro Maximoff/Mercúrio), James Spader (Ultron), Don Cheadle (Coronel James Rhodes), Cobie Smulder (Agente Maria Hill), Thomas Krestschmann (Barão Wolfgan Von Strucker), Paul Bettany (JARVIS/ Visão) e Kim Soo Hyun (papel não-revelado). As filmagens já passaram pela África do Sul, Itália e Coreia do Sul, estando agora na Grã-Bretanha, onde ocorrerão as filmagens principais. O lançamento será em 1º de maio de 2015, nos EUA.

Os Vingadores surgiram em 1963, criados por Stan Lee e Jack Kirby, publicados em The Avengers 01, reunindo personagens já criados previamente. Mais importante supergrupo da Marvel Comics, fazer parte da equipe significa ter um status diferenciado de importância no Universo da editora.

Resenha de Capitão América 2 – O Soldado Invernal

O Soldado Invernal: melhor filme do Marvel Studios até agora.

O Soldado Invernal: melhor filme do Marvel Studios até agora.

Espetacular! É isso o que se pode dizer de Capitão América 2 – O Soldado Invernal (Captain America – The Winter Soldier), sequência de Capitão América – O Primeiro Vingador e de Os Vingadores, com as aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney. Se a Marvel já acertou bastante com seus filmes anteriores, com este, então, é um alvo mais do que certeiro. Não duvide: O Soldado Invernal é provavelmente o melhor filme do Marvel Studios!!!!

Totalmente diferente de O Primeiro Vingador em estilo (embora aquele fosse também um bom filme), O Soldado Invernal é um Thriller de suspense impressionante, com uma teoria da conspiração se revelando rapidamente e um trio (ou quinteto?) de heróis lutando desesperadamente para impedir uma catástrofe enorme. Apesar de ser vendido como um thriller político, este não é bem o caso: é um suspense de teoria da conspiração.

Capitão América: qual seu papel no mundo de hoje?

Capitão América: qual seu papel no mundo de hoje?

Em termos de ação, é o filme mais “duro” da Marvel. Há um grau de violência superior a O Primeiro Vingador e Os Vingadores. As lutas são animais, as perseguições de carros são ótimas. (Já tem crítico dizendo que a perseguição de carros envolvendo Nick Fury no início do filme é uma das melhores do cinema!!).

E precisamos dizer: nenhum outro herói foi mais ágil no cinema do que o Capitão América neste filme. Lembra quando você lia as histórias em quadrinhos (ou assistia aos desenhos animados na TV) e via aquele herói ágil, lutando de modo espetacular e usando seu escudo com maestria malabarística, como um maldito bumerangue infernal que sempre vai e vem em suas mãos? Pois O Soldado Invernal traduz tudo isso para a tela do cinema de uma maneira fantástica. Viu os trailers? Pois não viu nada…

As acrobacias de luta são impressionantes e o uso do escudo é algo difícil de superar. Por isso mesmo, o longa tem um grande impacto visual. E é uma ação mais realista, calcada em coisas comuns, mas feito de um modo muito bonito plasticamente.

Clima de conspiração é ótimo no filme.

Clima de conspiração é ótimo no filme.

As lutas são duras e o Capitão América luta muito, batendo os adversários com muita força. A representação do Soldado Invernal também é excelente, com destaque ao duelo de faca entre ele e o herói no meio do filme.

O humor típico da Marvel também está presente, embora agora mais diluído e colocado apenas em alguns momentos, sem comprometer a seriedade da trama e dos personagens. Mas um dos destaques do humor é a cena em que Steve Rogers anota em seu caderninho coisas que precisa conhecer no presente para entender o mundo. A lista envolve coisas como Star Wars, Guerra Fria e a banda Nirvana. Porém, num gesto simpático, a Marvel está criando uma versão personalizada para cada país em que o filme é exibido! Na Inglaterra, a lista inclui os Beatles e a Final da Copa do Mundo de 1966. Já no Brasil, a lista tem Xuxa e Wagner Moura. Algo discreto, simpático e engraçado.

Drama dos personagens também é relevante.

Drama dos personagens também é relevante.

A trama de O Soldado Invernal também é interessante. Vemos Steve Rogers ainda se questionando sobre seu papel neste novo mundo, ao mesmo tempo em que precisa lidar com uma situação em que a SHIELD pode estar excedendo os seus limites, com vigilância exacerbada e drones para todos os lados. O roteiro também é inteligente o suficiente para não entregar tudo, deixando espaço para o expectador supor coisas e pensar no que assistiu.

Também há um grande evento no final que muda completamente o status quo do Universo Marvel nos Cinemas e que deve ter grandes consequências nos próximos filmes, especialmente com Os Vingadores 2 – A Era de Ultron. A grande ameaça que emerge em meio ao filme também é algo muito interessante que irá permanecer nos filmes seguintes.

Viúva Negra tem destaque: descobrimos mais sobre ela.

Viúva Negra tem destaque: descobrimos mais sobre ela.

Falando nisso, o filme está recheado de (grandes) referências a outros personagens da Marvel – inclusive alguns que não apareceram ainda! – mantendo a conectividade do universo nos cinemas.

Em termos de fidelidade, O Soldado Invernal não é uma tradução literal do arco de histórias de mesmo título que inspirou o filme e foi escrito por Ed Brubaker e desenhado por Steve Epting em 2005, constituindo na melhor HQ do Capitão América de todos os tempos. Mantém-se a essência e o arco do personagem-título, mas o filme insere isso em outro contexto, com uma trama de conspiração e corrupção. Mas algumas cenas e falas são tiradas diretamente da revista. O escritor, inclusive, aparece no filme, discretamente como um cientista que auxilia o vilão principal.

Alexander Pierce e Nick Fury: suspense e rede de intrigas.

Alexander Pierce e Nick Fury: suspense e rede de intrigas.

Quanto ao elenco, os atores estão ótimos em seus papeis. Chris Evans faz sua abordagem mais profunda até agora com Steve Rogers e segura o filme nas costas. Scarlett Johansson está bem mais a vontade com sua Viúva Negra e acrescenta várias camadas à sua personagem, inclusive, com não-ditos, o que é muito bom. O novato Anthony Mackie está ótimo como Sam Wilson, o Falcão, sendo uma ótima adesão ao universo Marvel. Robert Redford e Samuel L. Jackson também têm participações significativas na trama, engrandecendo o filme. Embora lacônico – por causa de seu papel – Sebastian Stan também aparece intimidador com seu Soldado Invernal. Por fim, Cobie Smulders e Emily VanCamp surpreendem com participações pequenas, mas importantes.

A direção dos irmãos Anthony e Joe Russo parece segura e, com certeza, é deles a mão pesada que conduz o filme, especialmente nas cenas de ação. A dupla se mostra, assim, ideal para conduzir um herói mais “pé no chão” como o Capitão América. A humanidade e a limitação de seu poder (apenas físico: força e velocidade) terminam sendo grandes aliadas no tipo de ação que se optou por mostrar.

Steve Rogers versus o Soldado Invernal...

Steve Rogers versus o Soldado Invernal…

Outro ponto interessante que queria ressaltar nessa resenha é a experiência de assisti-lo. Fui a uma sessão de pré-estreia, à meia noite, e foi muito interessante: sala cheia, apenas jovens (a maioria com menos de 30 anos), muitos usando camisetas do Capitão América e duas crianças com máscaras e escudos do herói. Além disso, antes do filme começar, os grupinhos discutiam as tramas do Universo Marvel nos Cinemas e as relações com os quadrinhos originais.

Isso mostra o sucesso dos filmes da Marvel e sua contribuição para a formação de uma nova geração de fãs de seus heróis. Infelizmente, é difícil conseguir atrair todo esse público para a leitura das HQs que deram origem a tudo isso. Mas existe potencial.

O público reagiu o tempo inteiro ao que via nas telas, impressionados – como eu fiquei – com a excelência das cenas de ação e a agilidade do Capitão América. Além disso, viam seus sonhos nerds se realizarem em movimento e com atores. Por fim, ao final do filme, a plateia aplaudiu! Há quanto tempo eu não via isso?

Falcão: outro destaque do filme.

Falcão: outro destaque do filme.

Assim, O Soldado Invernal deve trilhar um caminho de sucesso e aumentar ainda mais a expectativa em torno de A Era de Ultron. Que vai ter que se esforçar para superar este capítulo sensacional da Marvel nos cinemas.

E não se esqueça. Não saia mais cedo do cinema, pois há duas cenas pós-créditos que abrem janelas para os filmes futuros.

***

As lutas com o Soldado Invernal são espetaculares.

As lutas com o Soldado Invernal são espetaculares.

O Soldado Invernal mostra o Capitão América tentando se adaptar ao mundo contemporâneo depois de passar 70 anos congelado; e lidando com as consequências dos eventos mostrados em Os Vingadores. Agora, como operador da SHIELD lida com as contradições éticas e morais dos tempos atuais, o que leva a embates com o Diretor do órgão, Nick Fury, mas também com o responsável maior pela agência, Alexander Pierce. Enquanto isso, irá descobrir que seu velho amigo Bucky Barnes não apenas sobreviveu ao tempo da Guerra, mas é agora um vilão assassino chamado Soldado Invernal; mas haverá outros oponentes emergindo das sombras, como Ossos Cruzados, em uma grande conspiração que está à espreita. Agindo ao lado da Viúva Negra, o supersoldado também ganhará novos aliados, nas figuras da Agente 13 da SHIELD, Sharon Carter, e do Falcão.

O Soldado Invernal: implacável.

O Soldado Invernal: implacável.

Capitão América 2 – O Soldado Invernal mantém os mesmos roteiristas da primeira parte: Christopher Markus e Stephen McFeely e a direção é dos irmãos Joe Anthony Russo. O elenco tem Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra), Samuel L. Jackson (Nick Fury),  Robert Redford (Alexander Pierce), Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão),  Cobie Smulders (Agente Maria Hill), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados) e Georges St. Pierre (Baltroc, o saltador), além de participações de Hayley Atwell (Peggy Carter), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), Toby Jones (Armin Zola), Dominic Cooper (Howard Stark), Maximiliano Hernandez (agente Jasper Sitwell), Callan Mulvey (agente Jack Rollins), além de Chin HanJenny Agutter,Alan Dale e Bernard White, como agentes da SHIELD. A estreia no Brasil será em 10 de abril de 2014.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Agente 13 da SHIELD: grata surpresa.

Agente 13 da SHIELD: grata surpresa.

Com Capitão América 2 Marvel se torna a maior franquia da história do cinema nos EUA

Capitão América: impulsionando a Marvel para o topo.

Capitão América: impulsionando a Marvel para o topo.

O lançamento nos EUA na semana passada de Capitão América 2 – O Soldado Invernal (Captain America – The Winter Soldier), sequência de Capitão América – O Primeiro Vingador e de Os Vingadores, com as aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney, já trouxe muitos dividendos ao estúdio e à marca. Já ultrapassando os US$ 100 milhões de bilheteria no país em meros cinco dias, o filme colocou a Marvel como a maior franquia da história do cinema nos EUA. É o que diz reportagem do site brasileiro Omelete.

Segundo o site, com O Soldado Invernal, a Marvel atinge US$ 2,45 bilhões com seus nove filmes (Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor, Capitão América – O Primeiro Vingador, Os Vingadores, Homem de Ferro 3, Thor – O Mundo Sombrio e Capitão América 2 – O Soldado Invernal), batendo a franquia Harry Potter, com 2,39 bilhões em oito filmes.

Considerando os números globais, Harry Potter ainda ganha a parada: 7,7 bilhões disparado em primeiro lugar; tendo a franquia James Bond em segundo lugar (6,1 bilhões) e a Marvel chegando em terceiro com US$ 5,9 bilhões.

Lembrando que Capitão América 2 sequer estreou em muitos mercados, inclusive, no gigante brasileiro, onde só chega aos cinemas amanhã.

São números para serem comemorados. Também é importante salientar que se trata apenas dos filmes do Marvel Studios, ou seja, aqueles licenciados pela própria Marvel. Se considerarmos os personagens da Marvel adaptados por outros estúdios (o que inclui o Homem-Aranha via Sony e os X-Men via 20th Century Fox), então, a Marvel se torna a maior marca do cinema dos EUA, com US$ 5,87 bilhões em 32 filmes, à frente da Dreamworks com 4,44 bilhões.

Tendo em vista que não haverá – pelo menos no futuro breve – novos filmes de Harry Potter e que a Marvel recentemente revelou planos para filmes até 2028 (!), parece que os super-heróis da casa das ideias irão mesmo dominar o mundo.

 

 

Batman Vs. Superman: David S. Goyer discute possibilidades da DC Comics criar um universo integrado nos cinemas como o da Marvel

Superman e Batman: união não significa unificação do universo DC nos cinemas.

Superman e Batman: união não significa unificação do universo DC nos cinemas.

Com Batman Vs. Superman, título de trabalho da sequência de Superman – O Homem de Aço, o reinício da franquia cinematográfica da Warner Bros. sobre o personagem da DC Comics, que colocará o homem-morcego contra o último filho de Krypton, resultando no primeiro encontro cinematográfico dos dois mais icônicos de todos os super-heróis, atualmente em seus estágios iniciais de produção, continuam as especulações sobre se a Warner/ DC irá seguir o caminho da concorrente Marvel Comics e criar um universo integrado nos cinemas ou mesmo multimídia. Isso ganha força porque além do homem-morcego e do homem de aço, o filme trará também a Mulher-Maravilha fazendo sua estreia no cinema e abrindo o caminho para a formação da Liga da Justiça em um filme próximo, que rumores apontam começar a ser gravado concomitante ao atual.

Os Vingadores da Marvel: franquias individuais e coletivas...

Os Vingadores da Marvel: franquias individuais e coletivas…

Deve-se lembrar o que a Marvel está fazendo: além das franquias individuais (Capitão América, Homem de Ferro, Thor) e a união de todas elas na franquia Os Vingadores, há uma plataforma multimídia que integra curtametragens (Item 47, Agent Carter, Hail to the King) e séries de TV (além da atual Agents of SHIELD, em breve estreia um pacote com quatro outras séries, incluindo Demolidor), todos integrados no mesmo universo ficcional; o que é algo inédito na história do cinema e um passo revolucionário em termos artísticos que deveria ter mais reconhecimento do que tem atualmente.

O curioso é que apesar disso, a Marvel sequer detém os direitos de todos os seus personagens, que estão divididos em outros estúdios além do Marvel Studios, como a Sony (com o universo do Homem-Aranha) e a 20th Century Fox (que tem as franquias X-Men e Quarteto Fantástico).

... veremos o mesmo na Liga da Justiça? Parece que não.

… veremos o mesmo na Liga da Justiça? Parece que não.

O mais interessante é que ao contrário da Marvel, o conglomerado Warner/ DC detém os direitos nos cinemas de todos os personagens da editora. Todos! Portanto, seria muito mais simples e fácil criar o riquíssimo Universo DC nos cinemas ou em multimídias. O mais próximo que se chegou disso foi com Smallville, a série de TV que narrou as aventuras do jovem Clark Kent antes de se tornar o Superman, e que durou 10 temporadas entre 2001 e 2011, e trouxe literalmente dezenas de personagens da DC criando um miniuniverso nas telinhas, com direito a Liga da Justiça, Sociedade da Justiça, Esquadrão Suicida, Legião dos Super-Heróis e muito mais.

O Arqueiro Verde de Arrow...

O Arqueiro Verde de Arrow…

e o Flash: da TV para o cinema? Parece que não!

e o Flash: da TV para o cinema? Parece que não!

Outra série de TV atual, Arrow, que narra as aventuras do Arqueiro Verde, segue o mesmo caminho, inclusive, já rendendo um spin-off, ou seja, uma série derivada, The Flash, com as aventuras do maior velocista da editora, que está atualmente na gravação de seu Episódio Piloto.

Isso significa que a Warner/ DC irá integrar Batman Vs. Superman com o já adiantado universo da TV de Arqueiro Verde e Flash? (Isso pouparia ter que criar novas versões desses personagens e apresentá-los ao grande público em um filme, pegando algo já consolidado). Entretanto, a resposta parece ser: NÃO!

David S. Goyer: roteirista de Batman e Superman também na Liga.

David S. Goyer: roteirista de Batman e Superman também na Liga.

Em entrevista ao IGN, o roteirista David S. Goyer – responsável pela Trilogia Cavaleiro das Trevas do Batman e por O Homem de Aço e Batman Vs. Superman – não parece nada otimista quanto à possibilidade da Warner encampar um universo integrado como o da Marvel. Questionado sobre o tema, ele diz:

É algo ainda muito inicial. Eu sei que a Warner Bros. adoraria fazer seu universo mais coeso. Há um monte de conversas em geral sobre isso, mas na verdade, é algo muito, mas muito inicial. Não tenho certeza. A Marvel tem tido um sucesso enorme, mas não estou certo de que todo mundo deveria tentar imitar eles, também. São apenas conversas vagas até agora.

Em seguida, o site pergunta explicitamente se seria proibitivo simplesmente pegar Arqueiro Verde e Flash da TV e incluí-los em um filme da Liga da Justiça (junto ao Batman, Superman e Mulher-Maravilha, já tendo cinco personagens!). A resposta de Goyer não é animada:

Eu acho que não. Você sabe, Smallville estava ocorrendo quando Bryan Singer chegou [com o filme Superman - O Retorno em 2006] e ninguém teve um ataque do coração por isso. Eu não sei.

Aparentemente, a Warner tem muitas dúvidas ou temores de fazer algo arriscado como a Marvel. Ou ainda não quer ser taxada de imitadora (quando poderia ter feito o que a Marvel fez desde sempre…).

O jovem Clark Kent antes de ser o Superman em Smallville...

O jovem Clark Kent antes de ser o Superman em Smallville…

... ao mesmo tempo de "Superman - O Retorno" e não conectados.

… ao mesmo tempo de “Superman – O Retorno” e não conectados.

O fato é que com o desânimo de Goyer – que aparentemente também seria o roteirista do filme da Liga da Justiça – é bem provável que mesmo que o estúdio reúna seus heróis em um filme de equipe, ainda desconsidere seus universos da TV e traga outros atores para os papéis.

E nem seria a primeira vez que a Warner faria isso: em 2008, enquanto Smallville ainda era exibida (cheia de personagens da DC) e o filme Batman – O Cavaleiro das Trevas estava prestes a ser lançado, o estúdio iniciou a produção de um filme da Liga da Justiça dirigido por George Miller, que traria novos atores nos papeis de Superman e Batman (ou seja, um homem-morcego paralelo a Christian Bale ao mesmo tempo no cinema), embora a produção tenha sido cancelada literalmente às vésperas das filmagens.

É esperar para ver se a história vai se repetir.

Leslie Thompkins e Batman nos quadrinhos...

Leslie Thompkins e Batman nos quadrinhos…

Enquanto isso, o site Latino Review (que costuma acertar esse tipo de rumor) aposta que a recém contratada atriz Holly Hunter irá fazer a Dra. Leslie Thompkins ou uma personagem substituta a ela em Batman Vs. Superman. Nos quadrinhos, a personagem é uma colega de faculdade de medicina do pai do Batman, Thomas Wayne, portanto, uma amiga da família, alguém que dá um apoio ao jovem Bruce Wayne após a morte dos pais. Em algumas versões da história, ela conhece a identidade secreta do herói, cura seus ferimentos, dá algum tipo de suporte e até vive um romance com o mordomo e aliado Alfred Pennyworth.

O comunicado oficial da contratação, todavia, informa que ela fará uma personagem criada exclusivamente para o filme.

Holly Hunter viverá Leslie Thompkins?

Holly Hunter viverá Leslie Thompkins?

Em Batman Vs. Superman, título de trabalho do novo filme, um Batman mais experiente irá se contrapor ao recém-surgido Superman, criando algum tipo de conflito entre ambos, mais ou menos nos parâmetros da minissérie Batman: O Cavaleiro das Trevas, escrita e desenhada por Frank Miller, em 1986. Segundo os informes até agora, será um “novo” Batman e não uma sequência da Trilogia Cavaleiro das Trevas, embora a premissa de um homem-morcego mais experiente seja justamente adequada a isso.

Mulher-Maravilha também terá uma (pequena?) participação no filme. Lex Luthor deve ser o vilão principal, mas haverá outro antagonista, provavelmente, mais físico, que pode ser alguém como Doomsday (Apocalypse), Metallo ou Parasita. A cidade de Detroit será o modelo para Metrópolis e para Gotham City também. As filmagens já começaram no Estado de Michigan.

Batman Vs. Superman será produzido por Deborah Snyder, com história de David S. Goyer (dos filmes do Batman e O Homem de Aço), roteiro de Chris Terrio (de Argo) e dirigido por Zack Snyder (de 300 Watchmen), funcionando como uma sequência de Superman – O Homem de Aço. O elenco trará de volta  Henry Cavill (Superman/Clark Kent), Amy Adams (Lois Lane), Laurence Fishburne (Perry White) e Diane Lane (Martha Kent), maisos novatos Ben Affleck (Batman/Bruce Wayne), Gal Gadot (Diana Prince/ Mulher-Maravilha), Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Jeremy Irons (Alfred Pennyworth), além de Holly Hunter, Callan Mulvey e Tao Okamoto em papeis não revelados. As filmagens já começaram e o lançamento é em 06 de maio de 2016.

Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1938 e desde então é publicado pela DC Comics.

Batman foi criado pelo cartunista Bob Kane em 1939 e desde então é publicado pela DC Comics.

Capitão América 2 estreia com recorde nos EUA

O uniforme do novo filme: baseado no Supersoldado dos quadrinhos.

O uniforme do novo filme: baseado no Supersoldado dos quadrinhos.

Capitão América 2 – O Soldado Invernal (Captain America – The Winter Soldier), sequência de Capitão América – O Primeiro Vingador e de Os Vingadores, com as aventuras-solo do herói criado pela Marvel Comics, levado aos cinemas pelo Marvel Studios e Disney, estreou na sexta-feira nos Estados Unidos e, cumprindo as expectativas (e as superando) quebrou recordes de bilheteria, arrecadando no fim de semana nada menos do que US$ 96,2 milhões. Com isto, a nova aventura do herói é a maior abertura da história no mês de abril.

O Soldado Invernal também bateu seu sucessor do Marvel Studios, Thor – O Mundo Sombrio, que fez US$ 85,7 milhões no ano passado.

Além disso, a sequência de O Primeiro Vingador já obteve US$ 207,1 milhões em bilheterias internacionais, ou seja, outros países que não os EUA, já que estreou em lugares como a Inglaterra uma semana antes. Com isso, totaliza até agora US$ 303,3 milhões de bilheteria no mundo todo, o que é uma marca muito expressiva e quase a arrecadação inteira do primeiro filme!

E olha que vários mercados grandes sequer estrearam o filme, como é o caso do Brasil, onde o longa passa a ser exibido apenas nesta quinta-feira, 10.

O Soldado Invernal mostra o Capitão América tentando se adaptar ao mundo contemporâneo depois de passar 70 anos congelado; e lidando com as consequências dos eventos mostrados em Os Vingadores. Agora, como operador da SHIELD lida com as contradições éticas e morais dos tempos atuais, o que leva a embates com o Diretor do órgão, Nick Fury, mas também com o responsável maior pela agência, Alexander Pierce. Enquanto isso, irá descobrir que seu velho amigo Bucky Barnes não apenas sobreviveu ao tempo da Guerra, mas é agora um vilão assassino chamado Soldado Invernal; mas haverá outros oponentes emergindo das sombras, como Ossos Cruzados, em uma grande conspiração que está à espreita. Agindo ao lado da Viúva Negra, o supersoldado também ganhará novos aliados, nas figuras da Agente 13 da SHIELD, Sharon Carter, e do Falcão.

Capitão América 2 – O Soldado Invernal mantém os mesmos roteiristas da primeira parte: Christopher Markus e Stephen McFeely e a direção é dos irmãos Joe Anthony Russo. O elenco tem Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/ Viúva Negra), Samuel L. Jackson (Nick Fury),  Robert Redford (Alexander Pierce), Sebastian Stan (Bucky Barnes/Soldado Invernal), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcão),  Cobie Smulders (Agente Maria Hill), Frank Grillo (Brock Rumlow/ Ossos Cruzados) e Georges St. Pierre (Baltroc, o saltador), além de participações de Hayley Atwell (Peggy Carter), Emily VanCamp (Sharon Carter/ Agente 13), Toby Jones (Armin Zola), Dominic Cooper (Howard Stark), Maximiliano Hernandez (agente Jasper Sitwell), Callan Mulvey (agente Jack Rollins), além de Chin HanJenny Agutter,Alan Dale e Bernard White, como agentes da SHIELD. A estreia no Brasil será em 10 de abril de 2014.

O Capitão América foi criado por Jack Kirby e Joe Simon em 1941 e foi o maior sucesso dos anos iniciais da Marvel Comics. Após décadas sem ser publicado, foi resgatado para as histórias modernas em Avengers 04, de 1964, por Stan Lee e Jack Kirby, numa história dos Vingadores, grupo que passou a liderar a partir de então.

Guardiões da Galáxia: Descrição de cena sugere participação de Thanos

Thanos: presente em Guardiões da Galáxia.

Thanos: presente em Guardiões da Galáxia.

O site Bloomberg visitou os estúdios de gravação da Inglaterra onde estavam sendo filmadas as cenas de Guardiões da Galáxia, adaptação da equipe de super-heróis cósmicos da Marvel Comics, realizado pelo braço cinematográfico da empresa, o Marvel Studios. Em uma postagem do fim da semana, o site descreveu uma pequena cena, por meio de um debate entre o presidente do Marvel Studios, Kevin Feige, e o diretor do longa, James Gunn. A descrição sugere claramente a presença de Thanos no filme, embora seu nome não seja citado.

Na ocasião, Gunn e Feige assistiam a uma animação de storyboards para ajudar a visualizar as cenas antes delas serem filmadas com atores. Segue o que o site viu:

Gunn pausa a tela na cena de um vilão bem imponente, que qualquer fã dos quadrinhos reconheceria imediatamente. Ele senta em um tipo de trono voador com jatos.

Segue-se, então, uma pequena discussão entre os dois sobre aspectos estéticos do trono em questão e do enquadramento.

Thanos em Os Vingadores: quem irá interpretá-lo?

Thanos em Os Vingadores: quem irá interpretá-lo?

Não há um nome, mas a informação é clara: é Thanos. Não pode ser outro.

Na verdade, os fãs já esperam que o titã louco apareça no filme. Mas não se sabe como. Kevin Feige já disse em uma entrevista tempos atrás que a participação de Thanos no filme não seria apenas uma virada de olhar e sorriso como em Os Vingadores.

De fato, vários personagens ligados diretamente a Thanos, como Drax, Gamora e Nebula, estão em Guardiões da Galáxia. A grande questão é: como se dará essa participação. Thanos aparece, mas não tem falas? Isso é importante, já que não há um ator escalado para o filme que estreia em agosto próximo.

Contudo, já aprendemos que o Marvel Studios é muito bom com segredos. E Thanos com certeza será um tipo de surpresa dentro do filme. E deve ter falas. Mas quem interpretará o titã louco? Esta é a grande questão!

Vin Diesel fará Thanos?

Vin Diesel fará Thanos?

Particularmente, o HQRock acredita que a Marvel reservou um grande ator para interpretar Thanos. Alguém famoso. Muito famoso mesmo. Afinal, é o vilão mais importante da editora; uma editora que tem atores como Anthony Hopkins, Glenn Close e Robert Redford em seus filmes!

Quem seria? O HQRock diria que a Marvel está fazendo uma “pegadinha” e que ou Vin Diesel ou Benício Del Toro farão o vilão.

Em primeiro lugar, é muito estranho achar que a Marvel faria todo o estardalhaço de contratar o astro de ação Vin Diesel apenas para dizer a frase “Eu sou Groot” em um filme. (Isso é tudo o que seu personagem fala. Sério!). Portanto, além disso, ele pode estar secretamente fazendo a voz e a captura de movimentos para Thanos. E é muito provável.

Benício Del Toro como o Colecionador em Guardiões da Galáxia: papel duplo?

Benício Del Toro como o Colecionador em Guardiões da Galáxia: papel duplo?

Mas como Vin Diesel não é exatamente famoso por suas excepcionais capacidades de interpretação, outra possibilidade, seria de que Benício Del Toro faria um papel duplo, como o Colecionador e como Thanos. Afinal, Del Toro é um dos atores mais prestigiados de sua geração e o Colecionador parece um papel pequeno para ele. Tendo em vista que Thanos deverá ser gerado por computação gráfica, não duvidaria de Del Toro modificar sua voz e também fazer o titã louco. Isso municiaria os boatos antigos, na época de sua contratação, de que ele iria interpretar aquele vilão.

São possibilidades. O que você acha?

***

Os Guardiões no filme.

Os Guardiões no filme.

Thanos é o maior, mais importante e principal vilão cósmico da Marvel Comics. A grande criação do escritor e desenhista Jim Starlin, que fez um trabalho memorável nos anos 1970 na editora. Thanos é membro da raça alienígena dos titãs, que são descendentes dos deuses da mitologia grega e vivem na Lua de Titã, que orbita o planeta Saturno. O titã louco se tornou o maior serial killer do universo e sua meta é simples: eliminar metade dos seres vivos do cosmos, para agradar sua amada, a entidade Morte em pessoa. Isso o levou a ser inimigo dos grandes impérios galáticos, como Skrulls, Kree e Badoons; e a enfrentar heróis como os Vingadores, Adam Warlock e o Capitão Marvel.

Guardiões da Galáxia terá ligações com os outros filmes do Marvel Studios. A Tropa Nova, força de manutenção da paz no Espaço, terá papel importante no filme. O vilão Thanos (já apresentado em Os Vingadores) também terá alguma importância na trama, mas não será o oponente principal, que será Ronan, o acusador. Também será apresentado o Colecionador, auxiliado pela pirata Nebula. A Marvel diz que a trama se focará no arco do personagem Star-Lord (ou Senhor das Estrelas), o líder da equipe, que é meio terráqueo, meio alien. Os demais membros da equipe são: Gamora, Rocket Raccoon, Groot e Drax, o destruidor. O personagem Yundu – que nos quadrinhos já foi membro do grupo – também está no filme, mas aparentemente não na equipe.

Guardiões da Galáxia é dirigido por James Gunn, que também reescreveu o roteiro que antes passou pelas mãos de Nicole Pearlman e Chris McCoy. O elenco traz Chris Pratt  (Star-Lord); Zoe Saldana (Gamora); o lutador de MMA Dave Bautista (Drax, o destruidor); Glenn Close (Comandante Rael, líder da Tropa Nova), Benício Del Toro (Colecionador), Bradley Cooper (voz de Rocket Raccoon), John C. Reilly (Rhomann Dey), Michael Rooker (Yundu);  Lee Pace (Ronan, o acusador); Karen Gillan (Nebula); Vin Diesel (Groot); Djimon Hounsou (Korath); Ophelia Lovibond (Carina Tanivan). A data de lançamento do filme é 1º de agosto de 2014. Ele integra a Fase 2 do Marvel Studios e terá conexões com Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, que sai no ano seguinte.

Os Guardiões da Galáxia é um time de heróis cósmicos, que atua no Espaço Sideral e surgiram em 1969, na revista Marvel Super-Heroes 18, criados por Arnold Drake e Gene Colan. Coadjuvantes do Universo Marvel e vindos do futuro, participaram de histórias dos Vingadores, Defensores e Thor. Uma nova versão da equipe, com personagens do presente, surgiu na maxissérie Aniquilação: Conquista, em 2008, criada por Dan Abnett e Andy Lanning, trazendo como membros Star Lord, Gamora, Groot, Rocket Racoon e Drax, o destruidor.

Os Vingadores 2: Detalhes do novo uniforme do Capitão América nos sets de Seul

Chris Evans toma um cafezinho nos intervalos de A Era de Ultron e revela em detalhes o novo uniforme do Capitão América.

Chris Evans toma um cafezinho nos intervalos de A Era de Ultron e revela em detalhes o novo uniforme do Capitão América.

Continuam as gravações em Seul, capital da Coreia do Sul, de Os Vingadores 2 – A Era de Ultron, a sequência de Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reuniu nos cinemas pela primeira vez a equipe de super-heróis da Marvel Comics formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Hulk. Hoje, após vários dias de gravações com dublês de seu personagem, o ator Chris Evans chegou aos sets de filmagem pela primeira vez, o que motivou a captura das primeiras imagens em boa resolução do novo uniforme do Capitão América! Veja as imagens ao lado.

A nova roupa combina elementos das versões II Guerra Mundial (usada em Capitão América – O Primeiro Vingador) e Stealth (usada na parte inicial de Capitão América – O Soldado Invernal) e deve agradar aos fãs, já que é bastante original ao visual mais arrojado utilizado nas histórias em quadrinhos nos últimos anos.

Gravações da cena com Chris Evans estreando nos sets de A Era de Ultron.

Gravações da cena com Chris Evans estreando nos sets de A Era de Ultron.

As gravações de hoje, em Seul, também introduziram pela primeira vez a Viúva Negra: um dublê gravou cenas pilotando uma motocicleta. A personagem também usa um uniforme diferente, embora desta vez, apenas em pequenos detalhes.

Na cena em questão, gravada desde o fim de semana passado na capital da Coreia do Sul, aparentemente, o Capitão América persegue um caminhão de uma empresa de engenharia genética, pendurando-se no veículo e caindo em cima de um carro de passeio que vem atrás. Pelo o que dá a entender, o supersoldado irá ser auxiliado pela Viúva Negra, que surge pilotando uma moto no mesmo cenário.

Dublê da Viúva Negra estreia a personagem nos sets de filmagem.

Dublê da Viúva Negra estreia a personagem nos sets de filmagem.

Capitão América e Viúva Negra estão juntos em O Soldado Invernal, que estreia hoje nos cinemas dos EUA e na próxima semana no Brasil.

Os Vingadores – A Era de Ultron será o fechamento da chamada Fase 2 do Marvel Studios, que se desenvolve em Homem de Ferro 3, Thor – O Mundo Sombrio, Capitão América – O Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia. O filme envolverá a ameaça da inteligência artificial Ultron, um dos maiores vilões dos quadrinhos, que constrói para si um corpo robótico indestrutível e quer simplesmente eliminar a humanidade.  A trama envolverá a dificuldade dos Vingadores existirem como equipe, que é potencializada pela chegada dos irmãos Feiticeira Escarlate e Mercúrio, que pelo menos no início não serão muito amigáveis. Além de Ultron, também estará presente a organização terrorista HIDRA e seu líder, o Barão Von Strucker. O supervilão Thanos, que já apareceu brevemente no primeiro filme, também deve aparecer nas sombras, movendo a trama em direção ao fecho da trilogia.

Chris Evans e seu novo uniforme na Coreia do Sul.

Chris Evans e seu novo uniforme na Coreia do Sul.

Avengers – Age of Ultron é escrito e dirigido por Joss Whedon. O elenco reúne Robert Downey Jr. (Tony Stark/Homem de Ferro), Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Bruce Banner/Hulk), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/Viúva Negra), Jeremy Renner (Clint Barton/Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate), Aaron Taylor-Johnson (Pietro Maximoff/Mercúrio), James Spader (Ultron), Don Cheadle (Coronel James Rhodes), Cobie Smulder (Agente Maria Hill), Thomas Krestschmann (Barão Wolfgan Von Strucker), Paul Bettany (JARVIS/ Visão) e Kim Soo Hyun (papel não-revelado). As filmagens já passaram pela África do Sul e na Itália, estão atualmente na Coreia do Sul e a maior parte será realizada em estúdios na Grã-Bretanha. O lançamento será em 1º de maio de 2015, nos EUA.

Os Vingadores surgiram em 1963, criados por Stan Lee e Jack Kirby, publicados em The Avengers 01, reunindo personagens já criados previamente. Mais importante supergrupo da Marvel Comics, fazer parte da equipe significa ter um status diferenciado de importância no Universo da editora.

 

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 110 outros seguidores